22
MAR
Os outros ajudam, mas o Guarani não faz a sua parte

Quase todos os ventos sopraram favoravelmente ao Guarani, mas ele não se ajudou. Desperdiçou enorme oportunidade de se aproximar dos postulantes à classificação à segunda fase do Campeonato Paulista da Série A2, ao ficar apenas no empate por 1 a 1 com o modesto Velo Clube de Rio Claro, em jogo disputado na noite desta quarta-feira no Estádio Brinco de Ouro.

Se o Guarani não estivesse ‘durango’ diriam que teria enviado o homem da mala preta para providencial visitinha aos adversários dos concorrentes diretos às vagas, para estimulá-los a arrancar ponto(s) em jogos desta quarta-feira.

Claro que a citação do homem da mala preta é apenas figurativa.

Parece mentira, mas aquilo tido como inacreditável ocorreu na rodada. Aquele acaso do futebol poderia ter provocado reviravolta na situação do Guarani na competição, não fosse o tropeço em casa.

Mais um jogo sem televisionamento. Logo, não o assisti. Assim, transfiro a você, caro bugrino, o comentário dos motivos que levaram o seu time a não vencer esse jogo em que era tido como favorito, até porque as explicações dadas pelo treinador Maurício Barbieri não convenceram e soaram como deboche.

BRAGA, TAUBATÉ E BATATAIS

Vejam que o Bragantino perdeu em seus domínios para o fraco União Barbarense por 2 a 0.

O Taubaté caiu em casa diante do Sertãozinho por 2 a 1, em jogo que ficou paralisado 23 minutos.

Com a lesão preocupante no tornozelo de Rafael Silva, do Taubaté, a ambulância precisou transportá-lo ao hospital, e assim a arbitragem teve que aguardar o retorno dela.

Por sinal, foi um jogo com constatação do tradicional folclore do rádio interiorano, pois um dos integrantes da equipe de esporte da Rádio Comunitária FM de Sertãozinho esqueceu que estava com microfone nas mãos e vestiu a camisa de torcedor do clube, quando vencia por 1 a 0: “Quem tem que ter tranquilidade somos nós”, disse ele.

O Batatais, atuando em seu campo e na condição de favoritíssimo, também fez o favor de perder para o pobre Votuporanguense por 1 a 0.

PENAPOLENSE

Quem soube aproveitar desses fracassos foi o Penapolense. ao passar pelo Rio Preto por 2 a 0. Com a vitória ele subiu para a sexta colocação, agora com 20 pontos.

Nesta quinta-feira, na hipótese de o Rio Claro vencer o Água Santa, a diferença hoje de três pontos do Guarani do Bragantino, que ainda está no G4, aumenta. O Rio Claro pode subir para 23 pontos e, caso isso ocorra, quem passaria a fechar o G4 seria o Batatais, com 22 pontos, distanciando-se cinco pontos do Bugre.

  • De Tozin p/ Ari
    23/03/2017 19:47

    Valeu Ari... vez ou outro entro aqui pra ler.. mas pela distancia nao tenho mto o que falar, afinal, sou tipo vc.. nao opino em jogo que não.. mas ontem até pelo radio dava pra perceber... Só discordo do fumagalli... Só acho que ele nao precisa ser titular.. se for, que jogue mais recuado, tipo o D'Alessandro no inter que virou 3o. volante... que arma a jogada de tras e deixa quem tem gas correr na frente... Mas a pior contrataçao foi esse Luis Henrique... Bota o Passareli...

  • De Tozin p/ Ari
    23/03/2017 19:47

    E pensar que o Guarani ja botou mulecada pra jogar e deu certo... Saudades de quando tinham coragem de botar um gléguer novinho pra jogar no gol, sem precisar correr atras de outro goleiro "mais experiente". NArciso acho que ta com medo de revelar goleiro... No mais to achando que tem mais coisa errada do que falta de padrao... Leandro Santos, Denis Neves, tudo entrando e saindo do DM... sei não...

  • João da Teixeira
    23/03/2017 19:46

    Opa, saiu da garrafa? E o seu comentário sobre o seu time? Tem ou não tem competência para fazer? Até o momento não lemos nada! O Ari, eu e galera estão sedentos em ouvir o seu comentário, supra sumo!

  • João da Teixeira
    23/03/2017 19:45

    Ari, vou escrever em post à parte sobre o novo técnico, pois tem bugrinos que já estão apelando devido a gente palpitar em coisas deles. É a crise, que deixa todo mundo nervoso. Escolher técnico para o time não cair, seria realmente demais. Agora achar um técnico para trabalhar com esse elenco e ainda com salvaguardas ou garantias de o time subir, também é muita hipocrisia. Se cobrarem isso do novo técnico, o que vai aparecer de técnico salvador da pátria, não estará no gibi.

  • DE ARI PARA TOZIN (1)
    23/03/2017 12:44

    Prezado Tozin, seja bem-vindo à nossa roda. Cabe a explicação de que não comento jogo pelo rádio, pois assim estaria priorizando o ‘ouvir dizer’. Se vejo, digo que é, é; não é, não é. Sem não vejo transfiro para os bugrinos que lá estiveram a função de comentarista do jogo...

  • DE ARI PARA TOZIN (2)
    23/03/2017 12:40

    ... Tozin, como pretender velocidade no time com um ex-jogador em atividade como o meia Fumagalli? Houve erro no planejamento do elenco. Renovaram contrato com jogador que sabia-se não valia a pena insistir, assim como trouxeram jogadores aquém da exigência técnica do Guarani

  • Tozin
    23/03/2017 12:37

    Eu, como resido longe de campinas tbm não vi o jogo, mas acompanhei mais ou menos pela rádio e pelo globoesporte.com Deu pra perceber que o time tinha mais posse de bola, mas nao sabia aproveitar as chances criadas (as poucas), isso pq pelo que deu a entender o Guarani fez mais um jogo com passes de lado, o jogo só mudou qnd o "técnico"fez as alteraçoes... Não sou a favor da troca de comando (pela 2a. vez), mas do jeito que estava, nao podia ficar... Agora o foco é na série B...

  • Eugenio
    23/03/2017 12:30

    E la vem o João Bobão de novo falando besteiras ... quem não tem competencia nem capacidade intelectual - como vc - fica vomitando asneiras e justo no espaço dedicado ao Guarani. Dispensamos sua presença, não polua o espaço do Bugrão, va comentar jogos do seu time, la vc encontra amebas do seu nivel, aproveite a fase boa da 5a. potencia de SP !! Vaza !!

  • Carlos Agostinis
    23/03/2017 10:04

    Se acham melhores que todo mundo, só porque estão por cima agora. Estão com a mesma arrogância que um dia diziam que nós é que tínhamos. No fim é tudo a mesma coisa. Só tenho visto farpas e ofensas de um e de outro. Esse time da ponte é ruim, mas os outros conseguem ser pior. Se não fizerem nada vai ser o saco de pancadas da Série A. Calma meus amigos da ponte. Isso é só uma opinião pelo que vejo hoje. Não se reconstrói um clube sem dinheiro, não adianta chover no molhado.

  • Carlos Agostinis
    23/03/2017 10:03

    Torço pra meu time se reerguer, mas devagar como está sendo feito. Talvez eu consiga ver ainda esse Guarani ser o que um dia foi. Mas esperar acessos com um time destes, é acreditar duende. Se não cair já ta bom. Se subir que seja com alicerce, pra não cair mais. Aí sim poderemos maltratar nossos amigos com muito sarro. Por hora temos que engolir que eles estão melhores mesmo. Tio Lei, Paulo Sergio, João, Recebam um abraço do bugrino aqui de Maringá.

  • Zanellijr
    23/03/2017 10:02

    Em todos os programas esportivos das radios de Campinas , a maioria dos integrantes fizeram campanha pela derrubada do sr Ney da Mata , agora que a substituição deu errada ninguém vem a publico e reconhece o erro . É asssim que funciona, ou seja este pessoal nunca erra ?????

  • Carlos Agostinis
    23/03/2017 10:01

    Meu Guarani, ou nosso Bugre é o tipo de time que hoje não inspira medo em ninguém já faz anos. Todos que vem jogar em Campinas vem dando entrevistas que vem pra ganhar o jogo. Esse Bugre tornou-se um azarão. Se tiver sorte e encaixar vai bem, se não é isso que vemos. Vergonha pra quem um dia foi considerado time grande, de ponta, de libertadores e brasileirões unde já foi a sensação varias vezes. Hoje é bem melhor ficar na A2 do que subir. Se subir não vai ter dinheiro....

  • Carlos Agostinis
    23/03/2017 10:00

    Não vai ter dinheiro pra montar time e cai de novo. Na B é melhor que não suba também. Se ficar nela já está de bom tamanho. Se não, acontece igual em 2010. Disputa pra ser lanterna. Não sou pessimista, gostaria de ver meu time fazendo alegria. Ésta que fez o ano passado em dois jogos em campinas. Asa e Abc, e foi só também. Pra que disputar primeira divisão, se só vai dar desgosto pra torcida. Só vai dar motivo pra ser gozado pelos hermanos la de cima, que também se acham...

  • João da Teixeira 1
    23/03/2017 09:59

    Ari, ache alguém da torcida 3%, mas assídua, para comentar o jogo de ontem no Brinco. Eles foram, deu quase 2.500 pagantes, as comentar mesmo, ninguém!. Nem o Gênio saiu da garrafa para comentar o Oscar de melhor time coadjuvante da A2. Só vai aparecer se a Gloriosa tiver algum tropeço mais sério. E falando em tropeço sério, a Ponte poderá não se classificar para o quadrangular final. Santos voltou a normalidade e o Mirassol pegou pedreira, por isso perdeu. cont.

  • João da Teixeira 2
    23/03/2017 09:58

    cont. Vejam os jogos dos dois times pleiteando a 2ª vaga: N. Horizonte x Mirassol e S. Bento x Ponte e por fim Mirassol x S. Bento e Ponte x Palmeiras, sendo que o Mirassol somente tem 2 pontos atrás. O Santos, na sequência, tem o S. André fora e o N. Horizonte em casa. Viram porque a Ponte está correndo risco de não classificar? Viram o que vcs aprontaram dirigentes? Continuem pensando pequeno e aí, mais dinheiro indo para o ralo. Querem minha opinião? Não classifica.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
21
MAR
Erros em todos os gols no empate de Ponte Preta e Santo André

No jogo dos erros, Santo André e Ponte Preta empataram por 3 a 3 na tarde desta terça-feira no Estádio Bruno José Daniel, no ABC.

O Santo André errou mais e propiciou à Ponte Preta sair com a vitória. Todavia, chances claras de gols foram desperdiçadas.

Quando o goleiro falha é crucificado. Atacante, embora perca gols incríveis, paradoxalmente ainda é ovacionado ao aproveitar uma das oportunidades.

Se o atacante Lucca, da Ponte Preta, foi aplaudido após concluir com sucesso o primeiro gol pontepretano aos 10 minutos do primeiro tempo, ao receber passe açucarado do volante Élton, é obrigatório ressaltar que por duas vezes ficou na cara do gol, durante o segundo tempo, e incrivelmente desperdiçou aos cinco e sete minutos.

Primeiro em pixotada do zagueiro Diogo Borges, que perdeu a boa bisonhamente, e na sobra Lucca acertou uma ‘bomba’ pra fora. Depois, quando Potkker trombou com adversários, ganhou a jogada, e a bola serviu para o Lucca só complementar, mas ele voltou a errar.

OS GOLS

Todos os gols da partida foram decorrentes de falhas defensivas.

No primeiro gol do Santo André, quando Dudu Vieira cruzou da direita, não era para o lateral-direito Nino Paraíba disputar e perder a bola pelo alto para Henan, aos sete minutos, e permitir o cabeceio certeiro aos sete minutos. Cadê os zagueiros?

No gol de empate da Ponte, Élton, dentro da área, girou como quis sobre um adversário, e teve tempo de observar a entrada de Lucca de frente para o lance, servi-lo, e aguardar o complemento da jogada aos dez minutos.

Já no segundo tempo, o treinador Sérgio Soares, do Santo André, sacou o improdutivo meia Fernando Neto para a entrada de Garré, que dinamizou a transição ao ataque.

Com isso o meia Serginho passou a ocupar o lado esquerdo, prendeu o lateral Nino Paraíba na marcação, e em uma das jogadas por ali saiu o cruzamento rasante, de fundo de campo, que o lateral-esquerdo Jefferson, na tentativa de interceptação, marcou contra o seu ‘patrimônio’ aos 14 minutos.

Observação: se Jefferson não chegasse na bola, fatalmente haveria conclusão de Henan, que estava logo atrás.

DIOGO BORGES

O segundo empate da Ponte, aos 21 minutos do segundo tempo, foi fruto de erro crucial do zagueiro Diogo Borges, que se atrapalhou e recuou a bola de cabeça contra o seu próprio gol, não observando que o goleiro Zé Carlos havia saída atabalhoadamente da meta: gol contra.

Dois minutos depois, Clayson soube explorar a fragilidade do lateral-direito Dudu Vieira para fintá-lo dentro da área, finalizar, e, no rebote do goleiro Zé Carlos, Potkker ficou livre na área e só empurrou a bola pra rede: 3 a 2 Ponte Preta.

Restava ao Santo André empurrar a Ponte para o seu campo defensivo. E isso ocorreu após a providencial entrada do atacante Deivid no lugar de Tiago Ulisses, pela esquerda, aos 33 minutos.

Em jogada por ali aos 45 minutos, a bola foi cruzada no segundo pau, Jefferson descuidou-se da marcação, e Cicinho - que havia entrado no lugar do irregular Dudu Vieira - empatou.

CLAYSON

Ainda sobre erro crucial, Clayson perdeu gol feitíssimo, em jogo que contou com erros primários do treinador interino João Brigatti.

Podem até argumentar que ele foi ousado ao trocar um volante por centroavante, na saída de Matheus Jesus para a entrada de Yuri.

Se tivesse que sacar um dos três volantes, o recomendável seria Fernando Bob, com deficiência na marcação.

Aí faltou experiência para Brigatti pressentir que se o adversário optasse por mudança no banco para forçar jogada pelo lado direito da defesa pontepretana, não seria Bob o coadjuvante indicado para Nino Paraíba. Matheus Jesus teria mais vitalidade para a função.

Colocar Yuri sem que o time estivesse condicionado a trabalhar com atacante fixo de área, não acrescentaria, como de fato não acrescentou. É mudar pra dizer que está mudando.

Afora uma cabeçada fraca de Yuri para defesa simples do goleiro Zé Carlos, o atacante pontepretano nada acrescentou.

No mais, a Ponte foi um time competitivo, porém desta vez com falhas defensivas que precisam ser igualmente corrigidas.

Ao Santo André resta o consolo de que há equipes mais fracas de que ele, e que pode escapar do rebaixamento.

  • Eugenio
    23/03/2017 12:45

    João, seu ignorante, esse espaço é sobre o jogo da pinguela e eu não comento a aapp, não me interessa, não assisto jogo da aapp, me interesso pelo meu time. Pq vc não comenta o seu time somente e esquece o meu ?? Mas ja q estou aki, parabens para a aapp e sua diretoria, muito melhor q a nossa, diga-se de passagem.

  • TIO LEI
    23/03/2017 00:16

    Vejam se não é pra ficar "fulo" da vida com essa diretoria. Tudo bem que o Kleina é um dos técnicos "aceitáveis" pela torcida. Mas nessa de ficar esperando sua saída do goiás, jogaram no mato a possível vantagem de se decidir em casa uma vaga para as semifinais do Paulistão, classificação essa que hoje corremos o risco até de NÃO conquista-la. É INCOMPETÊNCIA em todos os sentidos, por terem entregue o comando da equipe nas mãos de pessoas ainda DESPREPARADAS.

  • JHON
    22/03/2017 19:48

    Sim, é duro mesmo !!! Pior ainda é estar em primeiro e ao final da tabela ficar em terceiro na chave. ( Interpretem como quiser )

  • RMaia p/ Tio Lei
    22/03/2017 19:48

    Tio Lei, em pensar que há pouco tempo a Ponte teve uma zaga 3/4 de boca formada por Renato Chaves (Fluminense) e Pablo (Corinthians). Ficaram na barriga de aluguel do Majestoso, se valorizaram e vazaram... Ou seja com alguma competência da diretoria pode-se conseguir jogadores medianos de qualidade.

  • João da Teixeira
    22/03/2017 19:47

    Estou acreditando que alguns bugrinos estão querendo transformar o Blog do Ari numa espécie de Planeta Guarani, site onde se postava só o que eles gostavam de ouvir. Pelo menos é que alguns estão querendo transformar o Blog. Opinião, só as de bugrino e entre eles, só podem falar o que agrada. Esses devem ser asseclas do HS, só pode!...

  • João da Teixeira
    22/03/2017 19:46

    Não vão falar nada sobre o jogo do Velo no Brinco? Gênio, saia da garrafa e fale alguma coisa... Afinal seu time é o ator principal do jogo. Ou é coadjuvante na partida?

  • TIO LEI - Qual a alternativa?
    22/03/2017 12:31

    PONTE PRETANO, você responde: Retornou o Clayson, aquele que volta para compor o sistema de marcação do meio de campo, tivemos a saída do meia Ravanelli, e a entrada do volante Elton jogador de "pegada" no meio campo e mesmo assim tomamos 3 (TRÊS) GOLS. A que conclusão chegamos? Não temos esquema defensivo, ou nossa zaga realmente é MUITO FRACA, ou não temos jogadores que CORRESPONDAM nos setores (tanto na zaga como na meiuca), ou TODAS AS ALTERNATIVAS SÃO CORRETAS?

  • Paulo Sergio
    22/03/2017 12:10

    Palavras de Zé Arnaldo: "Eu não vi ninguém jogando melhor que o gfc, com exceção aos 7 que estão à sua frente, e também não vi ninguém jogando pior!" Depois dessa, interpretem como quiser, mas, que é duro é hein?

  • Fernando para golfinho Eduardo
    22/03/2017 12:09

    Eduardo, vire a página, seus argumentos são mais ridículos que seu clube, deve ser muito difícil ver seu time nessa situação humilhante,não acha? Dai vem toda sua raiva, contra a Ponte, enquanto a Ponte se firma como a 5°potência do Estado,vejo seu próprio treinador afirmar que seu time está no mesmo nível do Velo Clube. Seu time é tão bom que não consegue nem ficar entre os 4 na várzea do Paulista.

  • TIO LEI (1)
    22/03/2017 12:08

    Apenas complementando...com esses 2 últimos resultados, poderemos ter deixado a classificação para a próxima fase escapar. Vamos ver qual vai ser o novo passo a ser dado por essa diretoria de gênios. Joga-se dinheiro pelo ralo, trazendo jogador 1/4 de boca (nem meia é mais), e agora, às vésperas de se iniciar o Brasileirão, sairão correndo atrás de mais meia duzia de jogadores, sabe-se lá com qual qualidade técnica, e ainda terão que se "enquadrar no novo esquema tático.

  • TIO LEI (2)
    22/03/2017 12:07

    ...Sinceramente, não se seria bom nos classificarmos para a próxima fase de Paulista. Isso só serviria para "mascarar" ainda mais o elenco pífio que aí está. Que o novo treinador tenha peito para EXIGIR contratações pontuais e que sejam de SUA INDICAÇÃO. Que o EB "se apresse" em correr atrás das INDICAÇÕES, e não deixar tudo para quando o campeonato já estiver em andamento. Sim, pois é praxe, pedirem tempo para o novo treinador "conhecer" o elenco. Agilidade srs, agilidade.

  • RMaia
    22/03/2017 12:05

    A Ponte ontem perdeu 2 pontos de bobeira, espero que Kleina comece colocando ordem na casa, a primeira providência é fazer um rapa no elenco e pedir reforços e mais reforços, não pra esse paulistinha, que diante de tantos equívocos tanto faz classificar ou não, mas pro brasileiro onde de cara, se não houver surpresa como a queda do Internacional ano passado, serão 8 equipes disputando rebaixamento e 4 cairão. Ou seja a Ponte já entra com a corda no pescoço.

  • TIO LEI P/ FERNANDO
    22/03/2017 12:03

    Pois é Fernando. Esse tal eduardo tá parecendo o GB. O GB se a PONTE PRETA vence, ele fica quieto no seu canto. Basta conhecer um resultado negativo que ele aparece já falando em contratações, substituição do técnico etc e tal. Já o eduardo, pra ele tanto o faz se o gfc venceu ou não, ele fica no seu canto caladinho. Bastou a PONTE PRETA conhecer um mau resultado, ele vem correndo desfilar sua insanidade, Esse é um MISTO ASSUMIDAÇO. Por isso que nem lhe respondo mais.

  • Carlos de Barão
    21/03/2017 22:06

    Ressalvas: No 1º gol o Aranha desiste de sair, se desequilibra e cai dentro do gol (igual faz o Cássio). No cruzamento do Elton ele mira o Pottker e a bola resvala no zagueiro e vai na direção do Lucca. A marcação da Ponte é a seguinte: "Deixar o adversário livre no mínimo uns 15m de distância e só correr feito bobo em direção ao jogador somente depois que ele já estiver dominado a bola e passar facilmente para outro colega completamente desmarcado. Certo Ari ?!

  • Paulo Sergio
    21/03/2017 22:05

    Que coisa em Eduardo, seu timeco precisa ganhar do RIO CLARO para continuar em oitavo...Kkkkkkk...

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo