21
DEC
Mazola e Osmar Los precisam melhorar o rendimento técnico dos atletas

O parceirão João da Teixeira já sinalizou pra que a gente pegue leve, alertando para a realidade do futebol com escassez de qualidade técnica em equipes intermediárias.

Diante do exposto, torcedores de Ponte Preta e Guarani precisam depositar fé nos treinadores Mazola Júnior e Osmar Los, das respectivas equipes, no trabalho que visa melhorar a qualidade técnica do atleta.

Outrora, treinadores das categorias de base tinham como preocupação principal melhorar o fundamento do atleta. Eram insistentes nos quesitos passe, drible, finalização, cabeceio, tempo de bola, etc. etc.

Hoje, como na base já se observa excessiva preocupação dos treinadores com esquemas táticos, o aspecto técnico muitas vezes acaba relegado.

MELHORAR O ATLETA

Fica, portanto, a expectativa que os treinadores incorporem trabalhos feitos com paciência pelos antecessores campineiros Cilinho e Zé Duarte - já falecido -, para se reduzir defeitos dos atletas e aprimorar virtudes.

Numa projeção lógica, jogadores como os laterais Kevin, Ruam, Igor Vinícius e Orinho; volante Willian Oliveira, e atacantes Felipe Saraiva, Matheus Oliveira, Bruno Xavier e Júnior Santos teriam significava melhora de rendimento se tivessem treinadores com perfis de Cilinho e Zé Duarte.

Quem viu o progresso do então lateral-direito Toninho Oliveira na década de 80 precisa reconhecer a parcela de Ponte Preta e Santos para que isso ocorresse.

O mesmo se aplica aos atacantes Osvaldo e Chicão, formados na base da Ponte nos anos 80.

Osvaldo era jogador tipicamente de correria, mas foi lapidado de forma a se adaptar como organizador de meio de campo, além de se caracterizar como homem gol.

O mesmo se aplica ao centroavante Chicão, tido no começo como excessivamente lento, mas aos poucos foi ganhando mobilidade e aprimorando finalizações.

MIRANDA E GOMES

No juvenil bugrino dos anos 70, Miranda foi um ponteiro-direito recuado inicialmente à lateral-direita.

Aí, pra se evitar concorrência direta com Mauro, ele acabou adaptado à lateral-esquerda, e aos poucos foi agregando a condição de marcador.

Zagueiro Gomes, chegado com desconfiança no Guarani em 1977, foi o típico exemplo de perseverança para correção de defeitos e superação.

À época participava de treinamento específico de tempo de cobertura na beirada do campo, melhorar capacidade de antecipação, além da já demonstração do bom jogo aéreo.

Esses são rápidos exemplos de como jogador com aptidão pro troço podem crescer se constar na programação o indispensável trabalho técnico.

AGENDA

Evidente que a espremida agenda de competições prejudica o trabalho técnico de atletas malformados na base, mas na medida do possível essa programação deveria ser executada.

A rigor, passou da hora de departamentos amadores dos clubes campineiros priorizarem ex-atletas em comissões técnicas como treinadores e gerência de futebol.

  • TIO LEI
    22/12/2018 14:45

    Valeu Paulo Sergio. Que você possa passar as festas em "águas tranquilas", com muita paz, saúde e alegrias. Somente um lembrete: No dia de Natal, quando estiver "festejando", não esqueça de CONVIDAR O ANIVERSARIANTE que está sendo homenageado, para também estar ao lado de vocês. Que Deus os abençoe poderosamente..

  • Paulo Sergio
    22/12/2018 12:59

    Prezado Ari e todo pessoal do blog, Ponte-pretanos e bugrinos: Desejo a todos vocês e seus familiares de coração um feliz natal e um ótimo ano novo com muita saúde, paz e realizações e que nossos times nos de a alegria de pelo menos subir em 2019. Eu que estarei zarpando as 14h rumo a águas Argentinas e Uruguaias passarei natal e ano novo longe da família e de amigos (Ossos do ofício) kkkk

  • Luiz Otto Heimpel
    22/12/2018 12:58

    Concordo plenamente Ari .Mas naquela época os técnicos tinham mais tempo e moral para corrigir os defeitos.Hoje a preocupação única é manter o emprego .

18
DEC
Júnior Santos precisa ser lapidado em qualquer de seu destino

Colunas Informação, Memórias do Futebol e Cadê Você estão atualizadas, as últimas desta temporada.
______________________________________________________________________________________________________

Empresário de jogador de futebol valoriza o seu atleta, e geralmente transforma sondagem em interesse.

Pode eventualmente Fortaleza, Goiás e Inter (RS) terem formalmente manifestado interesse pelo atacante Júnior Santos, cujo empréstimo do Ituano à Ponte Preta se encerrou.

Júnior Santos está para o futebol de hoje como o saudoso ponteiro-direito Dito Flecha esteve para a Ponte Preta em meados da década de 70.

De repente uma boa jogada. Na sequência comete erro primário, um processo natural para jogador formado no interior da Bahia, sem a base necessária para correção de fundamentos.

Apesar disso, tem-se que reconhecer que trata-se de um jogador esforçado, aplicado e disposto a evoluir.

CENI PODE AJUDAR

Se de fato o treinador Rogério Ceni, do Fortaleza, fez a indicação do atleta, provavelmente esteja projetando este ajuste técnico.

Talvez Ceni tenha imaginado que consegue corrigir a insistência em drible até perder a bola.

O treinador pode ter projetado colocar o pé do atleta na ‘forma’, e assim transformá-lo num bom finalizador.

Quem sabe um melhor aproveitamento no jogo aéreo, e aprimoramento no desfecho de jogadas com companheiros de ataque.

Se essas projeções de Ceni se confirmarem, terá no Fortaleza rendimento bem melhor daquilo que foi visto na passagem pela Ponte Preta.


  • marcio
    30/12/2018 14:54

    Xará Marcio Obviamente existe diferença hierárquica entre a juíza trabalhista a que referimos e o supremo. Apenas ilustrei. A magistrada cabe cuidar das ações e acordos trabalhistas. Agindo além de seus limites (comum aos juízes notadamente trabalhista, em via de regra) ela certamente fará com que o Graziano reconsidere o acordo. Vale um café, quer apostar? Juiz pode muito, mas não pode tudo.

  • TIO LEI
    22/12/2018 14:45

    E o rapaz do remedinho levou mais uma. Vai gostar de levar bordoada assim lá pelas bandas da argolinha principesca.

  • Marcio
    22/12/2018 12:58

    Sr. xará marcio, você está bem equivocado em relação a magistrada Ana Cláudia, ela não está agindo como se tudo pudesse, até porque para seu conhecimento a diferença do cargo dela para o STF(supremo tribunal federal) é bem grande. Só o fato de ser SUPREMO tribunal federal, eles se sentem como estivessem no OLIMPO. Em relação aos Graziano ela está certíssima em encurtar as rédeas, até porque todo o cuidado com o empresário é pouco.

  • Marcio
    22/12/2018 00:15

    Basta ver o "novo" presidente, eles(empresários) o colocaram lá e se ele não fizer exatamente o que eles querem, esses empresários tratam de tirá-lo de lá da mesma forma que colocaram....

  • MARCIAO P/ SR. REMEDINHO
    22/12/2018 00:14

    Verdade.. você que torce p/ um time de verdade !!!! verdade que e´campeao de rebaixamentos, campeão de dividas, sem estádio, campeão das vergonhas, etc....

  • Eduardo
    21/12/2018 16:11

    Marcião !! Você precisa escolher um time de verdade para torcer !!!! João da Teixeira !! Você também não tem o que fazer ? Só fica escrevendo uma mensagem atrás da outra e só besteira !! Vai procurar alguma coisa útil para fazer !!

  • João da Teixeira
    21/12/2018 16:10

    Fiquei esperando, mas quase ninguém comentou sobre a derrota do futebol brasileiro no Mundial. Lógico, que por tabela, o nosso futebol foi derrotado pelo Al Ain, e olha, sorte nossa, porque se fosse o futebol brasileiro que estivesse lá, vexame a vista. Até o Al Ain ia endurecer para nós. O Kashima tem chances de também ganhar do River... vai vendo! O Real já passou para pegar a taça ???

  • marcio
    21/12/2018 16:09

    Sou Ponte raiz, MAS.. A magistrada pode muito, mas não pode tudo. Cabe ao Roberto Graziano renegociar e quitar as dívidas trabalhistas e a ela cabe arrecadar o dinheiro e distribuir. Qualquer coisa além disto é no mínimo questionável. É de se lamentar como os magistrados, lê-se também nosso SUPREMO, são parciais, por vezes levianos, colaborando com que este país seja um esbórnia. "Cada macaco no seu galho". Srs magistrados, respeitem a "toga"

  • marcio
    21/12/2018 16:08

    Nossa!! Que pacotão de lixo que trouxeram para minha amada Ponte Preta. Pra finalizar o ano de 2018 com a certeza que 2019 será pior.

  • TIO LEI
    20/12/2018 20:16

    É bom o ponte pretanos JAIR se preparando. O Abdala disse já ter 8 ou 10 jogadores para anunciar até SEXTA FEIRA ou seja, AMANHÃ. Isso quer dizer que a FEIRA LIVRE já começou. É de BACIADA, por aí deu pra ver a QUALIDADE dos "produtos" que deverão ser "despejados" lá no MOISÉS. Mais uma vez, o incompetente da até a data para o acontecimento, e agora ainda vem com o montante contactado. Vamos aguardar até amanhã, para ver as "pérolas" vomitadas por ele.

  • João da Teixeira
    20/12/2018 20:15

    A juíza Ana Cláudia mostrou que está afim de pegar a Magnum ou melhor, Graciano pelo bolso, não dando margem para ele escapar de fazer o prometido. Acho que desse jeito vai sair a "Arena" bugrina. Sair pode, mas o problema é a localização. Deverá sair em um vale ou barranco no meio de um bairro de custo baixo. Como não tem mais como achar alguém que queira "lavar dinheiro" na obra, o jeito será reduzir valores da construção. Antes isso do que nada. Eu achava que nem iria sair.

  • João da Teixeira
    20/12/2018 08:05

    As cobras do STF estão soltas, cada um tentando livrar os seus padrinhos de interesse. Cobras porque deixam para colocar suas liminares em cima da hora, para que não possam ser causadas e assim vigorem até o retorno do STF. Marco Aurélio Melo já está apelando para tudo o que é brecha, inclusive ignorando sua "ignorância" de interesses. Enfim ele, Lewndoviski e deve aparecer outros. Será que Gilmar já está em Portugal?

  • MARCIAO
    19/12/2018 21:59

    Tem bugrino aqui no Blog dizendo que a Ponte tá quebrada e sem dinheiro ??? KKKKK ... Que coisa hein !!!! Vamos olhar pro próprio rabo , minha gente !!!!

  • João da Teixeira
    19/12/2018 21:57

    Jogadores bons vem com o DNA, faltam a eles, na fase de evolução do seu futebol na base, serem lapidados. Se não acontece isso, vai aparecer os defeitos já no início do profissionalismo. Me parece que é o caso do Jr.Santos. Mudando de pato para ganso, o Bernardino tinha razão, tudo leva crer que o Ricardinho, Levantador, está provando para nós que é de má índole mesmo. Investigado, estão chegando a conclusão que ele é a sogra enfiaram a mão em dinheiro público no vôlei Maringá

  • João da Teixeira
    19/12/2018 21:57

    Outro assunto que não se quer calar é o caso do João de Deus. Os espíritas sabem que se o médium não for um bom médium, o seu "cavalo" poderá atrair, além daquele espírito bom que incorpora, outros espíritos, inclusive ruins, que invadem o seu corpo, sem que ele saiba o que está ocorrendo. Não quero ser o advogado do diabo, mas se deixou brechas para que outros incorporassem, pode estar pagando um alto preço por isso. Espíritos de ignorantes podem se aproveitar do vacilo...

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo