Anda Campinas

31
JUL
Até aposentado de 87 anos usou academia ao ar livre

Em minhas intermináveis andanças pelos quatro cantos dessa Campinas, que sou filho há mais de 60 anos, uma surpreendente constatação no final de julho do ano passado, quando uma pessoa de 87 anos de idade ainda encontrava disposição para usar aparelhos de academias ao ar livre de Campinas, para praticar exercícios físicos.

Repassei a pauta a antigos companheiros que ainda militam no jornalismo, mas como a informação se transformou num troço burocratizado, faltou sensibilidade para aprofundamento, preferencialmente explorando imagem.

Deus queira, em sua infinita bondade, que pessoas que valorizam a vida como o aposentado Eurico Paschoalino Batista esteja vivo e gozando de saúde para cultivar o hábito de frequentar a academia ao ar livre no bairro Vista Alegre, defronte ao campo do Cruzeiro, no distrito Ouro Verde, para que as suas pernas continuem em aceitável funcionamento.

Se é regra pessoa de 87 anos de idade estar debilitada fisicamente e escorada no sofá de sua casa ao lado da televisão, seu Eurico mostrava que não dava pra ficar parado. E indicava alternativas para evitar pernas atrofiadas e deficiência na coordenação motora para andar.

SIMULADOR DE CAMINHADA

Sugeria recorrer ao aparelho de ginástica simulador de caminhada, um dos mais apropriados para render aumento de mobilidade nas pernas, desenvolver a coordenação motora e melhorar a capacidade cardiorrespiratória.

Ano passado seu Eurico prognosticava chegar aos 90 anos de idade pela crença em Deus, como homem evangélico que mostrava ser.

“Quem tem Jesus no coração tem ânimo para tudo. Sou um homem feliz com 12 filhos, 28 netos e 12 bisnetos. Agradeço ao prefeito (Jonas Donizete) por ter feito essa coisa pra nós”, comentou à época.

Ainda não existem comentários.

16
JUL
Mais dois ciclistas morrem em acostamento de rodovia

É praxe ciclistas optarem por acostamentos de rodovias para transitarem, desconsiderando o risco de atropelamento.

Pois dois ciclistas da região de Campinas atropelados no acostamento da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em Limeira, morreram na manhã do domingo (16-07).

Pior: o motorista do veículo era um jovem sem habilitação e dirigia embriagado, segundo informações.

Os ciclistas mortos são Diogo Cia de Faria, 38 anos, empresário do ramo imobiliário de Americana, e Márcio José Bechis, 47 anos, professor de Educação Física de Nova Odessa.

Policiais rodoviários constatam frequentemente ciclistas usando rodovias. “Isso acontece principalmente de madrugada e de fim de semana durante o dia todo", disse o soldado Willian Rodrigues.

  • Roberto
    17/07/2017 10:17

    O QUE UM IMBECIL SEM HABILITAÇÃO FAZIA DIRIGINDO EM UMA RODOVIA DO ESTADO , COMPLETAMENTE BEBADO ?

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo