31
AGO
Blog do Ari: Fred, R$ 900 mil por mês para jogar aquela bolinha

Fica pra grande mídia discutir erros de arbitragem no empate por 1 a 1 entre Corinthians e Fluminense neste domingo, na Arena Itaquerão. Manifestação sobre o jogo em si também fica para os outros.

Duas questões deveriam ser respondidas coerentemente pelo pessoal do Fluminense. Por que se rasga tanto dinheiro com um atacante que não pega na bola, como Fred? Por que o treinador Cristóvão insiste em escalá-lo?

Pela atuação diante do Corinthians, Fred não teria espaço sequer em equipes da Série B do Campeonato Brasileiro. Mobilidade ele não tem. E como jogador de área foi engolido com facilidade pela zaga do Timão. Marcou o gol de pênalti e nada mais.

Quando custa esta inobjetividade? Segundo publicação do portal Globo Esporte, o salário do atacante é de R$ 900 mil, cabendo ao patrocinador Unimed arcar com 80% deste valor.

O contratado de Fred se prolonga até dezembro de 2015 e habilmente ele tentou antecipar a renovação no final do ano passado, para que se estendesse até 2018. E a discussão só não prosperou porque a exigência dele era de reajuste de 50% do valor recebido mensalmente.

Em julho passado, alguns portais publicaram nota de suposto interesse do Manchester City, da Inglaterra, no futebol de Fred. O site alemão Transfermarkt avaliou o custo dos direitos econômicos do jogador em R$ 21,6 milhões.

Gente, só uma perguntinha e sem querer ser indiscreto: será que prevalece miopia em alta escala no futebol?

  • MAURICIO CABRERA PARA ARI
    01/09/2014 19:34

    ARI FAÇA A SELEÇAO DE CAMPINAS COM OS 33 JOGADORES!! PRÁ ALEGRAR O CARLOS DE BARÃO!!! EU NÃO SEI O QUE TEM HAVER ISSO COM A MATÉRIA QUE VC POSTOU!!!! ARI , NÃO LIGA , O MEDICO DELE MANDOU NÃO CONTRARIAR!!!!!

  • Carlos de Barão
    01/09/2014 19:33

    Ari, o que tem haver a situação do Red Bull, para você não poder escalar a seleção de Campinas ? Não entendi ! E acho que ninguém entendeu ! Seleção é momento ! Hoje temos 33 jogadores da Ponte que poderiam formar a seleção de Campinas. Talvez uns 2 o 3 do Red Bull possam ser selecionados na lista de espera. Mas sua resposta foi muito boa para estabelecer as bases reais do futebol de Campinas. Ponte série A 2015 ! E que o Red Bull use a macaca como inspiração !

  • DE ARI PARA CARLOS DE BARÃO
    01/09/2014 11:54

    Prezado Carlos de Barão, as situações opostas de Ponte Preta e Guarani impedem que façamos a seleção solicitada

  • Carlos de Barão
    31/08/2014 22:30

    Ari, solicito a você, que faça uma escalação da seleção de Campinas, com 33 jogadores, sendo 1 titular e 2 reservas para cada posição ! Obrigado !

30
AGO
Blog do Ari: Renato Cajá: “Espero que eu possa jogar mais tempo”

O meia Renato Cajá entrou no time da Ponte Preta aos dez minutos do segundo tempo, na partida em que o seu time venceu o Náutico por 2 a 0 na tarde deste sábado, em Campinas. E na primeira vez que pegou na bola já mostrou o seu cartão de visita ao colocar o atacante Rafael Costa na cara do gol, com precioso lançamento.

Com convém a atletas diferenciados, antes de a bola chegar Cajá já visualiza aquilo que deve ser feito. Logo, mesmo marcado é capaz de colocar em prática aquilo que pensa, como no lance em que o atacante não conseguiu converter em gol.

Cajá queria que Rafael Costa deixasse a marca quando o lançasse. Por isso foi ao fundo de campo - atribuição também de um meia moderno - e cruzou a bola na cabeça do companheiro, que voltou a desperdiçar.

Da imprevisibilidade de jogador talentoso como Cajá, não seria despropósito combinar com Rafael Costa que o colocaria mais uma vez na cara do goleiro Júlio César, do Náutico, e, se quisesse diria: ‘Faça o gol!’.

Mesmo marcado por um defensor do Náutico e vigiado por outro para o segundo ‘bote’, Cajá protagonizaria um terceiro grande lance ao se desvencilhar de um adversário em jogada de fundo de campo, pelo lado direito, posteriormente ergueu a cabeça e serviu de bandeja Rafael Costa mais uma vez, só faltando dizer ‘capricha’.

O chute, entretanto, foi defendido com o pé pelo goleiro do time pernambucano. Afinal, os deuses dos estádios de futebol não quiseram que o atacante pontepretano marcasse pelo menos um gol em jogada criada por Cajá. Todavia, eles não impediram que o gol saísse em jogada pessoal do lateral-direito Rodinei, que Rafael Costa soube deslocar do goleiro.

Afora isso, ainda no primeiro tempo Rafael Costa teve duas outras chances não convertidas.

Como o meia-atacante Roni também teve chance de marcar e parou nas mãos de Júlio César, estatisticamente observa-se que a Ponte poderia ter vencido por placar elástico, apesar dos cuidados defensivos do Náutico.

THIAGO ALVES

Claro que a postura tática de marcação da Ponte Preta foi fundamental para a sustentação da vitória após a expulsão do zagueiro Thiago Alves.

Foi o único momento do jogo em que o time pernambucano abdicou da postura essencialmente defensiva para tentar ganhar a partida, ao se atirar ao ataque. Só que aí faltou organização tática e jogadas de velocidade pelos lados do campo para o Náutico.

Claro que naquela circunstância sabiamente a Ponte contra-atacou. E num destes lances o atacante Cafu fez boa jogada e consolidou a vitória: 2 a 0.

Evidente que a Ponte, mesmo com dez jogadores em campo, não optou apenas pelos contra-ataques. De posse de bola também soube trabalhá-la, e contou com participação convincente de jogadores como Rodinei, Sacoman, Fernando Bob, Juninho, Cafu e Rafael Costa.

Por fim, uma fala bem modesta de Cajá que deveria ser ouvida pelo treinador Guto Ferreira: “Espero que eu possa jogar por mais tempo”.

  • CARLAO BARBUDO
    01/09/2014 19:33

    Caja, um heroi e TEM que ser mantido - chega de demagogia, ou nos contentaremos com Series B e outros torneios sem expressao. Já trouxemos o Guto que nos lveou a Sulamericana, mas insistir com, Adrianinho, Rodolfo, Leo Citadini e outros meia bocas é pura estupidez. Da-lhe Ponte!!!

  • Tony Barbudo
    01/09/2014 11:11

    E ainda tem gente que admira o Adrianinho... Pois vejamos, até os 10`do 2o tempo estava 0x0, e o Thiago foi expulso. Eis que a grande sacada do Guto foi tirar o "genio" Adrianinho e colocar o Caja... Deu no que deu, com 1 a menos ganhamos de 2X0 e perdemos um monte de gols.. Somente o centroavante perdeu 3 gols feitos por bolas do Caja - Chega de insistir com tamanha Burrice!!!!

  • Paulo Giolo
    01/09/2014 11:11

    Vou abordar 2 topicos não falados ainda pelos torcedores: 1º- a coragem do Guto nas alterações. Qdo o Caja estava pronto pra entrar e o Tiago foi expulso, pensei q ele seguraria a entrada do Caja pra primeiro recompor a zaga, mas não! Ele tirou os 2 meias e colocou Gilvan e o Caja! Ai entra tb a qualidade do Caja, ele sozinho substituiu com louvor Adrianinho e o nulo do Roni!! Esse não tem camisa no meu time de jeito nenhum!!

  • Paulo Giolo
    01/09/2014 11:11

    2° ponto, Rafael Costa, ok, esta fazendo gols, mas não pode perder a quantidade de chances cara a cara com o goleiro q ele perde!! No sabado foram no minimo 4 vzs para só empurrar a bola pra dentro e ele disperdiçou todas!! Ele tem uma baita impulsão e tb uma otima explosão pra chegar na frente, mas precisa treinar finalização ou o Guto pensar numa chance para Tanque ou Miguel no comando do ataque!

  • Paulo Giolo
    01/09/2014 11:11

    Agora pra finalizar, apenas uma provavel e feliz coencidencia: o Ponte X Nautico de ontem, foi muito importante, mas o mais importante vai ser o da ultimo rodada do 2º turno! Q ou conquistaremos nosso acesso como em 97 ou comemoraremos ja termos subido como em 2011!! Nos 2 acessos nós finalizamos o campeonato contra o Nautico e o resultado foi a 1ª divisão!! Fica a lembrança e o pensamento positivo para se repetir a escrita!!

  • DE ARI PARA LEANDRO
    31/08/2014 19:16

    Prezado Leandro, convido-o a reler minha resposta ao torcedor Carlos da Geral. Eu disse que atuação do Adrianinho diante do Náutico foi bem 'meia boca', o que é diferente de julgar o futebol do atleta 'meia boca'. Critico sistematicamente a falta de mobilidade do jogador, porque pratica um futebol basicamente de lançamentos e com rara projeção à área adversária para complementação de jogadas

  • Leandro
    31/08/2014 19:11

    Chamar Adrianinho de meia boca tah de sacanagem! Se nao fosse a expulsao dele contra o Velez a historia seria outra.

  • Joao AAPP
    31/08/2014 19:05

    Adrianinho é muito bom, quase um craque, mas o Cajá !!! fala sério !!! o cara joga muito....sorte nossa que esses dirigentes dos grandes clubes brasileiro não conseguirem diferenciar jogador de futebol e um craque. Um jogador desses dando sopa no mercado e ninguém vê. Sorte nossa...tenho certeza que vamos subir.

  • Eric AAPP
    31/08/2014 19:04

    Caro Ari, você já deixou muito claro o que pensa do Adrianinho, então podia deixar de bater nessa tecla, pois já está parecendo perseguição. É louvável que você não se deixe levar pelo oba-oba da torcida, mas reconheça que o Adrianinho ainda é util ao grupo e ao time, como até o Guto já fez. A maneira escolhida pelo Guto Ferreira para entrar com o Caja foi correta, e aos poucos ele vai poder começar jogando, não precisa de uma campanha sua para isso.

  • Alexandre
    31/08/2014 13:56

    A Ponte sobrou com 1 menos! Não tenho mais dúvida - iremos subir! Com a entrada de João Paulo que acontecerá em breve - o time ficará completo ! E digo mais - se esse time tivesse disputado a Sulamericana tínhamos goleado o Lanus ! A sorte dos bugrinos é que não teremos derby este ano - pois se tivesse seria o segundo 7 x 1 de 2014 !!!

  • CARLOS BARBUDO
    31/08/2014 11:05

    Diretoria corajosa! Parabens ao Carnieli por suportar a diretoria e com jeitinho, sem estrelismo, dar esta maozinha ao Guto. A Torcida te idolatra Sergio. OBRIGADO!!!! e volte logo, por favor!

  • ANTONIO
    31/08/2014 11:04

    Caja um monstro, Bob fantastico, Sacoman seguro e Rodinei lembrou o velho Ze Maria. Acho que uma chance ao Tanque é necessaria e o time ta pronto para subir. Nenhum elenco esta tao preparado enas maos de um ótimo tecnico, como a Ponte. Sem falar no apoio do Carnieli, que na hora certa apareceu!!!!

  • DE ARI PARA CARLOS DA GERAL
    31/08/2014 11:03

    Prezado Carlos de Geral, estou plenamente de acordo com você. Adrianinho foi bem 'meia boca'. De fato uns e outros se impressionaram com dois chutinhos a gols que ele deu. Futuramente ainda espero incrementar o BLOG com vídeo e contra imagem não há argumento. Aí vou mostrar o número exagerado de bolas que ele perde pra que caiam na real. E repito: é um meia sem mobilidade.

  • CARLOS DA GERAL
    31/08/2014 10:51

    Final do 1o tempo, inumeras chances perdidas - Mas Adrianinho nao convenceu, entendo a necessidade dos cronistas o defenderem, mas com 1 jogador a menos a Qualidade do Caja SALVOU a Ponte, Guto, Carnieli e Cia. Não fosse ele com sua visao fenomenal, estariamos estacionados nos 29 pontos. Chega de demagocia gente!

  • Paulo Sergio AAPP
    31/08/2014 09:43

    Frase de Guto Ferreira na coletiva: "Quando o Thiago foi expulso, a torcida preencheu o espaço dele, essa torcida é realmente diferenciada, me arrepia só de falar "

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo