01
MAI
Fernando Diniz, do Audax, dá aula de futebol para a treinadorzada

Primeiro recado: estão no ar duas colunas que você acessa aí à sua direita: Cadê Você, com enfoque sobre o ex-lateral-esquerdo Almeida, do Guarani; e o áudio Memórias do Futebol, que traz o ex-atacante Sávio como personagem.

Como a coluna é acompanhada por treinadores de futebol, vamos abrir discussão dos conceitos do técnico Fernando Diniz, do Audax, após o empate por 1 a 1 com o Santos na primeira partida da final do Campeonato Paulista em Osasco, na tarde deste domingo.

Você já viu treinador de bonezinho no banco de reservas? Diferente de comandantes de equipes impecavelmente vestidos durante os jogos, Fernando Diniz usa basicamente uniforme de treino.

1 - Reparem que é condição essencial pra vestir a camisa do Audax que o atleta esteja bem condicionado fisicamente para exercer múltiplas funções. Logo, nem pensar em ex-jogadores em atividade espalhados por aí.

2 - No time de Fernando Diniz não se admite o caneleiro. Passa longe o boleiro que não tem o mínimo domínio de bola. Por acaso você viu no jogo deste domingo algum jogador do Audax desprezar a bola chutando-a pela linha lateral - como faz habitualmente o zagueiro Ferron da Ponte Preta - de posse dela e acossado por um adversário? Claro que não.

3 - A ordem determinante no Audax é valorização de posse de bola a começar pelo goleiro Sidão. E como se valoriza essa bola? Com exemplar distribuição dos jogadores em campo. Basta algum boleiro do time dominar a bola para se notar no mínimo duas opções de companheiros deslocados para receber o passe. E se eventualmente a jogada for perdida, já há o posicionamento de outro jogador, logo atrás, para o combate imediato ao adversário visando recuperação da bola.

4 - É prioridade do Audax é o jogo vertical, sentido à meta adversária. Para que a jogada possa fluir, observem que um companheiro corre na paralela como opção inicial para receber o passe, e outro mais adiantado recua alguns passos para se aproximar de quem está com a bola e, consequentemente, se transformar em outra opção para continuidade da jogada.

5 - As jogadas fluem também pela individualidade dos jogadores. Quando há percepção para se investir no drible - principalmente em situações mais fechadas -, ele é aplicado.

6 - A troca constante de posição é outro ingrediente para confundir a marcação adversária. Fixo, mesmo, na organização do meio de campo, ficou apenas Camacho, jogador de boa visão de jogo.

7 - É praxe por aí que a cada faltinha na intermediária adversária a bola seja levantada à área. Chamam isso de jogada aérea ensaiada e a 'zagueirada' se adianta na tentativa de cabeceio. Eis a questão: por acaso você viu esse desperdício de lance no time do Audax? Claro que não. Quem quer valorizar a posse de bola não opta pelo lance incerto. Ou melhor: lance com 80% de possibilidade de a bola ser rechaçada pela defesa adversária.

8 - Você reparou na variação de jogadas em cobranças de escanteio do Audax? Ou a bola é cruzada no primeiro pau, ou a opção é trabalhá-la no chão a partir de um companheiro que se aproxima para receber o passe após a cobrança do escanteio. Claro que a bola alta no segundo pau é mais desperdício de que alternativa frutífera de jogadas.

9 - Por que o contra-ataque do Audax é extremamente perigoso? Porque quando a bola é recuperada no campo defensivo, a primeira opção é o boleiro de posse dela conduzi-la em velocidade e só definir o passe rasteiro ao atacante quando a zaga adversária estiver desarrumada.

10 - O time do Audax está condicionado à recomposição rápida tão logo a bola seja perdida. Aí, a prioridade é o desarme sem o artifício da falta.

Essas são algumas das razões pelas quais o treinador Fernando Diniz transformou um time que poderia ser convencional em diferente.

ASSIMILAÇÃO

A capacidade de assimilação dos jogadores do Audax permite que tenham confiança para jogar ofensivamente.

Foi assim durante o primeiro tempo, quando o Santos optou pela proposta inicial de fechar os espaços e tentar contra-atacar em velocidade.

Foi o período em que o Santos esteve mais perto de marcar com Ricardo Oliveira e Vitor Bueno.

No segundo tempo o time santista adiantou a marcação e chegou a equilibrar a partida quando sofreu o gol aos 12 minutos, em jogada bem trabalhada e definida por Mike, para o Audax.

Reveja o lance na televisão e observe que o Audax chegou com quatro jogadores nas imediações da área santista, em condições de defini-lo. Aí não dá para culpar deficiência defensiva do Peixe.

TCHÊ TCHÊ

Paradoxalmente o jogador Tchê Tchê, um dos melhores do Audax, falhou feio na saída de bola presenteando Ronaldo Mendes, que havia substituído Lucas Lima. Aí o santista acertou chute na ‘veia’ da bola e sem chances de defesa para o goleiro Sidão.

Por fim, um belo jogo. Igualmente um empate justo.

  • Carlos de Barão
    03/05/2016 23:01

    Ari, acho que agora você começou a entender a necessidade de um bom preparo físico para que tudo que você escreveu sobre o Audax (leia-se bons times europeus tipo Barcelona e etc.) os consigam desempenhar e executar dentro de campo. Na Ponte o preparador físico dispensado era péssimo e você nunca concordou, nem pediu a saída daquele fraco profissional.

  • marcelo
    03/05/2016 22:54

    as viuvinhas de plantao do caja.......repetindo o que ja disse, a algum tempo....estamos começando mais um campeonato, sem grana, sem time, contratando cabeças de bagre, isso e duro pra nos, que ja fomos campeoes do brasil, e taça de prata, porem, nosso objetivo, mesmo assim, e ser campeao, se nao for, a gente, volta no ano que vem, pensando a mesma coisa.....o contrario de voces, que disputam campeonatos, pra nao cair, ou se intitulando ser a 5° potencia....e muito pouco..cont

  • marcelo
    03/05/2016 22:53

    2012, tinhamos subido a seriaA, do paulista, e fomos vices, contra um super santos, eliminando a 5°potencia, pelo caminho...tudo porque voces, ja tinham chegado ao quinto lugar.....pra que evoluir, ne? quem quiser, de uma olhada, no pulico daquele campeonato, que os 2 estavam na mesma divisao, e notem a diferença. so concluindo, voces, nao sao a 5° potencial , nem a maior do interior.. cont

  • marcelo
    03/05/2016 22:53

    cont.. 2012, guarani vice campeao 2013 mogi 3 colocado 2014 ituano campeao 2015 penapolense 4 lugar 2016 audax, no minimo, vice... por favor me expliquem, de onde vem a 5° POTENCIA, sera que da cabeça de um imbecil, que tambem, faz referencias a MAIOR DO INTERIOR? isso e so estatistica......ou mentirinhas do TIO LENDA? ABRAÇO

  • TIO LEI (1)
    02/05/2016 22:43

    Eu acreditava que ele não sabia interpretar o que lia... agora passo a DUVIDAR QUE ele SAIBA LER. Acredito que tem alguém que faça a leitura para ele, e só por sacanagem, deve omitir alguns fatos. Só assim para entender seus pífios argumentos. Nenem, veja bem, O SANTOS E O SANTA CRUZ, além da GLORIOSA PONTE PRETA, que é sabidamente a 5ª POTÊNCIA DO ESTADO e detentora da MAIOR E MAIS APAIXONADA TORCIDA DO INTERIOR, além de ser a 1ª torcida no país e TER UM TIME, pois bem...

  • TIO LEI (2)
    02/05/2016 22:43

    ...esses times, que tem um orçamento MUUUUUUIIITTOOOO SUPERIOR ao nosso, também tentaram contratar o Cajá, fizeram propostas MUUUIIIITTOOO superior à nossa e também NÃO CONSEGUIRAM contratá-lo...Já no caso do LOMBA, ele PERTENCE e TEM CONTRATO VIGENTE com o Bahia, será que isso significa algo pra você? Ei você, que esta fazendo a leitura ao iliterato zebroide. Queira por gentileza, traduzir na ÍNTEGRA o teor desta postagem, mas sem distorções, por favor...

  • TIO LEI (3)
    02/05/2016 22:43

    ...Quanto aos demais argumentos, onde voC leu, ou melhor, onde leram para voC, que dissemos que seremos Campeões da Libertadores este ano, ou potencia Sul-americana? Quanto à sermos a 5ª POTENCIA DO ESTADO e sermos a MAIOR E MAIS APAIXONADA TORCIDA DO INTERIOR, este é um FATO INQUESTIONÁVEL, certo? A propósito, somente no ULTIMO MES, seu time ANUNCIOU no mínimo 4 contratações, e os "CONTRATADOS" simplesmente "vazaram para outros rincões. estás lembrado, neném?,

  • ALBERTO
    02/05/2016 22:40

    Será que alguém que resida na Inglaterra , acessa este site ou este blog ? Quero compactuar da alegria em ser CAMPEÃO NACIONAL DO INTERIOR...muitos tentam, más sabem que , JAMAIS SERÃO!! Parabéns LEICESTER , junte-se a nós !

  • ALBERTO
    02/05/2016 22:40

    Calma pessoal, eles já estão na luta a 132 anos !!! Quem sabe, nos próximos 16 não acontece !!! kkkkkkkk

  • Carlos Agostinis
    02/05/2016 22:40

    João da Teixeira, você está certíssimo, a série B hoje em dia também é valorizada, todos os jogos são transmitidos pela TV, então o jogador não liga muito pra onde ele vai, na verdade se ele aparecer bem, vem um grandão na janela e oferecem um caminhão de dinheiro pro cara e tira ele de lá. Jogador hoje, qualquer um aliás, só pensa em dinheiro. Os novos querem Europa, os mais velhos querem encerrar a carreira ganhando muito bem, então meu jovem eles que se danem.

  • Barba
    02/05/2016 22:39

    Eutrópio, Gallo, Eduardo Baptista, tudo isso em 3 meses - que mais para mostrar que não é tecnico o problema! O problema chama-se AMADORISMO, Gustavo Bueno, Felipe Moreira e Cia!

  • João da Teixeira
    02/05/2016 17:05

    Não entendo, qdo o Palmeiras, Vasco, Corinthians, São Paulo disputaram a série B, eles não contrataram jogadores acima da média? Qual o problema do Bahia (um dos clubes que dá mais renda de todo o NE), também poder contratar? Poderia ser Sta. Cruz, Sport etc, qual o problema? O Palmeiras deixou de ser a 4ª potencia do Estado ao disputar a série B? O Vasco deixou de ser a 2ª potencia do Rio por disputar a série B? E por aí vai. Lomba e Cajá jogando a série B, qual é o problema.

  • João da Teixeira
    02/05/2016 17:05

    Ainda está faltando jogador para completar o time? Tem um amigo que é central no time da SANASA, cairia como uma luva na defesa bugrina. Tenho um meia, do master do Bela Vista, que cairia muito bem no meio campo do bugre. Também não se acha mais gandula como antigamente? Vai, pega uns 3 jogadores do time do Pulo do Gato, que dá liga, mas precisa ver primeiro se eles querem sair de lá, porque o mês no Pulo tem 30 dias, no bugre tem..., tem..., ... . Alguém sabe me dizer?

  • João da Teixeira
    02/05/2016 17:04

    Na frase em latim "Labore Virtute Civitas Floret", No Trabalho e na Virtude a Cidade Floresce, lema estampado no brasão de Campinas, parece que não é seguido por nenhum dirigente dos times de Campinas. Trabalho parece que está bem longe de estar ocorrendo, virtude então, menos ainda! Estão mais preocupados em ganhar dinheiro do qualquer outra coisa...

  • Paulo Sérgio p/ dudu
    02/05/2016 17:03

    Continua desinformado hein..dudu!! Cjá e Lomba não trocaram a PONTE por um time da série "B"!! Lomba tinha contrato com o Bahia e foi obrigado a cumprir, e Cajá todos sabem, foi por DINHEIRO!! Quanto a afirmar uma mentira até que se torne verdade, fazem 5 (CINCO) anos que vocês vem dizendo que subirão, só que esta NUNCA se tornará verdade, né?? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
30
ABR
Se o Guarani está procurando reforços, apresentem o volante Diego Marzagão do Barretos

Se os homens do futebol do Guarani se propuseram a assistir à partida em que o Barretos não passou de um empate sem gols com o Santo André para reavaliar o meia Norton, da equipe barretense, podem mudar de idéia.

Norton não passa de um Douglas Packer melhorado. De fato ele pega bem na bola e até sabe distribui-la corretamente, mas carece de mais movimentação e frequenta muito a zona morta do campo, contrastando com a exigência do futebol moderno de meia condutor de bola e que chega à área adversária.

Em meio a tanto volante brucutu por aí, que mal sabe passar a bola a distância de três ou quatro metros, a grata surpresa na partida da noite deste sábado em Barretos foi o volante Diego Marzagão.

A rigor, segundo volante que sai muito bem com a bola, alto índice de acerto nos passes, mobilidade para fazer os lados do campo jogar, e até arriscou finalização de fora da área, exigindo a defesa mais difícil da partida do goleiro Zé Carlos, do Santo André.

Se cartolas do Guarani batem palma para o só razoável volante Lenon, saibam que Marzagão é bem melhor.

DIOGO BORGES

Quem assistiu esta partida que culminou com acesso do Santo André à elite do futebol paulista, não se impressione com fartos elogios ao zagueiro Diogo Borges, do Santo André.

De fato ele rebateu a maioria das bolas alçadas contra a área de sua equipe, mas em jogo basicamente de defesa contra ataque, como foi Barretos e Santo André, é extremamente perigosa avaliação sobre jogador de defesa por duas razões fundamentais.

Com a expulsão do lateral Paulo aos 43 minutos do primeiro tempo, o Santo André ficou praticamente encolhido em seu campo de defesa durante todo segundo tempo, amontoado em sua própria área. Assim, eventuais falhas, de quem quer que seja, são compensadas por um companheiro ao lado lado. O suposto erro fica encoberto.

Em jogo nessa circunstância, é praticamente impossível avaliar a velocidade do zagueiro para cobertura nos lados do campo e tempo de bola quando a sua defesa fica exposta.

BRANQUINHO

Esse foi um jogo igualmente para avaliação do comportamento do atacante Branquinho, do Santo André, quando isolado no ataque para puxar contra-ataques.

Para essa circunstância foi nulo. Eventualmente em jogo com outra característica, com maior volume de jogo ofensivo de sua equipe, a história pode até ser diferente.

Lateral-direito Cordeiro, do Barretos? Voluntarioso. Toma iniciativa para atacar, e até leva a bola rapidamente ao ataque. Aí falta qualidade para definir jogadas.

Quem se dispuser a realizar um trabalho técnico de fundamentos para melhorar passe e cruzamento, é possível que ele tenha ganho de qualidade.

Defensivamente o lateral não foi testado, visto que o Santo André não atacou pelo setor dele.

Como Cordeiro é jogador de mediana estatura, também não acrescenta para marcar o meio da área em bola aérea.

No mais, afora apenas uma defesa difícil do goleiro Zé Carlos, do Santo André, pode espremer que não sai caldo daquela boleirada. Se o Santo André mantiver esse time no Paulistão do ano que vem cai de ponta cabeça.

  • Franco
    01/05/2016 23:30

    Ari, Estes atletas já vinha acompanhando durante a A2, e este Marzagão execelente volante, espero que direção do Bugre teham observado. Já venho elogiando o futebol deste beque DIOGO BORGES durante a A2, mais vale destacar outro beque o Wilian Mineiro do Barretos zagueiro que joga simples, seria uma boa opção para este nosso elenco que carece de zagueiro. Apostaria na contratação do Ualison Pikachu seria uma jogador para compor elenco, sendo ótima opção.

  • FRANCO
    01/05/2016 23:29

    Esta diretoria do Guarani esta demorando demais para finalizar novas contratações. Muitos times que já foram eliminados nesta própria A2, têm jogadores que encaixariam muito bem no Guarani. Destaco clubes como TAUBATÉ, UNIÃO BARBARENSE, VELO CLUBE... Não conheço o trabalho deste Rodrigo Pastana só pelos comentários que ouvi ele foi muito criticado por onde passou.Não gostei de algumas indicações dele como o goleiro Galatto ao meu ver já esta quase aposentado.

  • João da Teixeira
    01/05/2016 20:43

    Duas atravessadas no meio, a lá Toninho Cerezzo em 82 e o Audax quase entregou o jogo para o Curinthians e agora para o Santos. Será que não aprendem? Emoção sim, burrice, não! Né Tche-Tche?

  • TIO LEI P/ ARIOVALDO ZANELLI
    01/05/2016 20:42

    kkkkkk..Caro Zanelli...Daqui a pouco, é bem capaz que o Sr. G. Bueno venha a publico para dizer que estamos no caminho certo, que já estamos apresentando uma graaaande EVOLUÇÃO, afinal de contas, antes de começar o PAULSTÃO, nós PERDEMOS para o todo poderoso Braga, e agora já conseguimos ATÉ BUSCAR O EMPATE NO FINALZINHO !!! Né? KKKKKKKKKKKKKKKK

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    01/05/2016 14:53

    VAMOS COMEÇAR TUDO DE NOVO. CONTRA O BRAGANTINO JOGAMOS MAL., LÁ ESTAVÃO SERGIO CARNIELLI, E O PRESIDENTE QUE CAIU DE PARAQUEDAS, ASSISTINDO AQUELA VERGONHA. TODOS TIMES NO CAMPEONATO PAULISTA TINHAm UM JOGADOR BOM COM A CAMISA 10. ÚNICO TIME QUE NÃO TINHA ERA A PONTE...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    01/05/2016 14:53

    ... BAHIA FOI O ULTIMO TIME ENTRAR NO MEIO PARA CONTRATAR O RENATO CAJÁ, JÁ CONTRATOU, O RED BULL TINHA UM BOM MEIA, O SANTOS JÁ PEGOU, E O TIME DA PONTE TINHA TUDO A SEU FAVOR, DEIXOU ESCAPAR. AUDAX DIZEM QUE O HOMEM FORTE DO FUTEBOL É PONTEPRETANO ROXO, OS MELHORES JÁ PERDEMOS...

  • ARIOVALDO ZANELLI (3)
    01/05/2016 14:53

    ... FUTEBOL É COISA SÉRIA, E A PONTE PRETA ESTÁ BRINCANDO DE FAZER FUTEBOL, PERDE TODAS AS CONTRATAÇÔES. CAMPEONATO BRASILEIRO SÃO CINCO TIMES DO ESTADO DE SÃO PAULO, A PONTE PRETA NÃO PODE PERDER ESSA CHANCE QUE CAIU DO CÉU, E NÃO PODEMOS JOGAR COM ESSE TIME QUE FOI UM FRACASSO NO CAMPEONATO PAULISTA...

  • ARIOVALDO ZANELLI (4)
    01/05/2016 14:53

    ... AUDAX COM JOGADORES SIMPLES, OS 11 JOGADORES JOGAM UM FUTEBOL DE RAÇA, VONTADE E CONJUNTO DO TECNICO FERNADO DINIZ. O TIME DO SANTOS TEM UM MEIA CHAMADO LUCAS LIMA QUE JOGA UMA BOLA REDONDA. VAMOS CONTRATAR URGENTE UM MEIA BOM DE BOLA , O TREINO COM BRAGANTINO FOI UM FRACASSO.

  • João da Teixeira
    01/05/2016 14:35

    Mirassol já está se preparando para a final contra o Santo André, 1x0. Let'se Rodeo, acredito que já era!

  • João da Teixeira
    01/05/2016 14:35

    O time do São Carlos não leiloa a bola, sai jogando, já é um indício de time maduro e o Rio Preto não é um time boto. Jogo bom nesses primeiros momentos do jogo. A saída de bola do São Carlos é muito boa. Guardada as devidas proporções, lembra o Audax. Mas o Rio Preto parece um time mais coeso e joga em casa.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo