18
AGO
Botafogo, adversário da Ponte, marca atrás da linha da bola

O fato de o Botafogo (RJ) optar por equipe alternativa para enfrentar a Ponte Preta - provavelmente com apenas três titulares -, no domingo, não implica em mudança no esquema tático implantado pelo treinador Jair Ventura Filho.

Ficou claro, diante do Flamengo, o jeito do ‘Fogão’ jogar com marcação atrás da linha da bola, exceto o centroavante, que também tem atribuição para recuar e fechar espaços.

Na filosofia do treinador, a equipe é montada de forma a ficar bem compactada e, ao recuperar a posse de bola, procura jogar em velocidade pelos lados do campo.

Se a comissão técnica da Ponte Preta prestou bem atenção no empate sem gols contra o Flamengo, a maioria dos cruzamentos dos botafoguenses foi feito no prolongamento da grande área, no chão ou meia altura, preferencialmente no costado da zaga adversária.

Isso é treinado e posto em prática nos jogos. Por duas vezes, contra o Flamengo, quase o Botafogo teve êxito nessa empreitada, repetida pelo menos uma dezena de vez.

TRÊS TITULARES

Eis aí o alerta pra Ponte se precaver com essa jogada, que é executada quer por titulares, quer por reservas do Botafogo.

Do time principal do Botafogo, a tendência é que o treinador escale apenas o goleiro Gatito Fernández, zagueiro Cali e atacante Rodrigo Pimpão, os dois últimos suspensos na segunda partida da semifinal da Copa do Brasil, portanto livres para o jogo de domingo em Campinas.

Como a Ponte Preta é uma incógnita e, por hábito evito avaliações dos times de Campinas no pré-jogo, fica apenas a expectativa que o treinador Gílson Kleina escale aquilo que tem no melhor à sua disposição, no momento.

  • Barba para Paulo Sergio
    20/08/2017 19:43

    Caro colega Paulo. Infelizmente a Lei Pelé trouxe esta bagunça ao futebol brasileiro, um verdadeiro desserviço ao melhor futebol (era) do planeta, e ficamos nas mãos da corja Carnielli. Ele não vai largar o osso, e o Conselho Deliberativo está do lado dele. E quando ele sair, de caixão, outros Dom Corleones virão. Acabou nosso sonho. Infelizmente...Bom domingo

  • Barba
    20/08/2017 08:59

    Urgentes o retorno de Bob, Yago e Cajá. Na frente Lucca e Leo Gamalho. E fora com os chinelinhos de empresarios.....Fora com a duplinha claudinho e Leo Artur, enconstar Sheike que não tem mais folego, e mandar embora Naldo, Elton (este o pior) e Jadson.

  • Antonio da Farmacia
    20/08/2017 08:58

    Ontem o Vitoria mostrou nova cara, aliás já há alguns jogos com Mancini, e venceu o poderoso Corinthiasn, que nem mesmo com juiz comprado deu conta... E hoje o SP tambem reage. Ou seja, em breve nossa Macaca, com o teimoso Kleyna e estupido GB, entra no Z4 e NUNCA mais sai... tristeza.

  • Paulo Sergio p/ Barba 1
    19/08/2017 13:20

    Caro Barba: Na década de 80 quando Cilinho treinava a Ponte, presenciei uma cena inusitada, tinha um grande amigo dele começando a carreira de empresário de jogador e um dia apareceu no majestoso logo depois do treino e caiu na besteira de oferecer um jogador a Cilinho que imediatamente ameaçou até de bater no cara. Depois comentou com nós que estávamos ali o seguinte "Essa desgraça ainda vai acabar com o futebol!!" Anos mais tarde quando Cilinho treinava o SP. cont..

  • Paulo Sergio p/ Barba 2
    19/08/2017 13:19

    Cont... esse mesmo cara apareceu lá para oferecer jogador e aí Cilinho não aguentou e saiu correndo atrás dele que só não apanhou por que careca e cia o seguraram (essa quem me contou foi o próprio careca) Portanto meu caro Barba, Cilinho já previa toda essa desgraceira que os empresários fazem no futebol e tem mais, chegou-se ao ponto de diretores, técnicos e até presidentes ficarem NAS MÃOS DELES literalmente!!

  • Paulo Sergio p/ Barba 3
    19/08/2017 13:19

    Falando do futebol de Campinas, vemos os técnicos escalando TEIMOSAMENTE jogador sem a mínima condição e nos perguntamos "Por que meu Deus?" A resposta é simples, ou escala quem o empresário quer ou a MÁFIA dos empresários FRITAM tanto o técnico quanto o próprio clube, entendeu? Depois perguntam: "Por que a evasão de público?" Por que foi criado o TC-10? É o conhecido carne do baú, você paga para ajudar, mas não precisa ir ao estádio! Sorte do empresário.

  • Profeta da Tribo
    19/08/2017 11:19

    Se não vencer os reservas do Botafogo...

  • Tony
    19/08/2017 11:19

    ISe não ganhar aproxima da Zona da Degola. Este treinador está pedindo reação da Torcida. orientado por um Bando de amadores, GK está pedindo para sair da Ponte escondido da torcida, que está prestes e aprontar.... Ruaaaaaa GB, GK e Carnielli !!!

  • João da Teixeira
    19/08/2017 11:18

    O empresário de ônibus Barata, aquele bandido que o MP colocou na cadeia, tem um envolvimento familiar com Gilmar Mendes, que foi padrinho de casamento da filha de Barata com seu sobrinho. Barata é sócio do cunhado do ministro em uma empresa de ônibus e que a mulher do ministro trabalha no escritório de advocacia que atua no processo que envolve os empresários. Tem condição desse ministro mandar soltar ou dar pitaco nesse caso? Só no Brasil isso acontece e a OAB não fala nada...

  • João da Teixeira
    19/08/2017 11:18

    Ari, me explica isso que vc. escreveu "...a maioria dos cruzamentos dos botafoguenses foi feito no prolongamento da grande área, no chão ou meia altura, preferencialmente no costado da zaga adversária". Como vc. consegue jogar no costado da zaga, bolas no chão ou a meia altura? Só se a zaga for uma peneira, para essa bola passar e ir parar no costado da zaga. Espero que a zaga da Ponte, graças a Deus, sem o Rodrigo, faça sua parte e o ataque inoperante da Ponte aproveite isso.

  • Barba
    19/08/2017 11:04

    Infelizmente a Ponte não vai com o melhor time de novo e culpa do GK teimoso. Teimar com Jeferson, Elton (este GROSSO e lerdo) e ainda Leo Artur, é coisa de hospicio....empresarios na jogada e orientações do Dom Corleone!

17
AGO
Demorou para o treinador Vadão apostar num Guarani sem Fumagalli

O portal da casa informa que o treinador Oswaldo Alvarez, o Vadão, está se rendendo às evidências e criando coragem para colocar o meia Fumagalli no banco de reservas do Guarani contra o Santa Cruz, no sábado.

De uns tempos pra cá parceiro bugrino da coluna, que andava com ‘zoinho’ quase fechado, decidiu arregalá-lo pra igualmente enxergar que o Guarani jogava com dez tendo Fumagalli como titular.

Todos têm razão: Vadão e parceiros bugrinos. E aceitem com naturalidade se o jogador entrar no transcorrer do jogo de sábado, marcar um golzinho de bola parada ou através daquele resto que sobra na área, e partir pra desforra.

Nesse caso, seria natural se reclamasse da impaciência do torcedor e mandasse recado àqueles que o criticam com alegação típica que um dia a má fase teria que acabar.

Pois tem gente que supõe conhecer o ‘jogo da bola’ que acredita no lero-lero de má fase, como se o peso dos anos do atleta não representasse chumbo nas pernas, que limitam os movimentos.

CEGUEIRA

É compreensível que torcedor, movido a paixão, peque pela cegueira quando a bola rola. Aí, inconscientemente, ainda crê naquele Fumagalli que num passado bem distante foi diferencial no time bugrino.

Diferencial porque compensava parcialmente a inadequada preparação física com aproveitamento na bola parada ou aquela sobra na área adversária, para empurrá-la à rede contra adversários reconhecidamente fracos do Campeonato Brasileiro da Série C.

É compreensivo, portanto, entender a idolatria do torcedor.

Difícil é aquele revestido da função de comunicador ignorar o óbvio. Ou melhor: tecer rasgados elogios ao jogador, induzindo o torcedor a acreditar que ainda hoje é aquele mesmo meia de três anos.

TRÊS MESES

Faltam pouco mais de três meses para Fumagalli terminar a trajetória como jogador de futebol e, convenhamos, que não precisava atravessar estágio na carreira de ser protegido por treinadores.

Tivesse o Guarani dirigentes com conceitos sobre futebol, sequer teriam renovado o contrato dele no final do ano passado. Teriam, sim, o premiado com o comando da gerência de futebol, para que ajudasse na remontagem do time e transportasse a experiência fora das quatro linhas.

Enfim, já que o cenário é esse, que Fumagalli seja poupado de jogos o máximo possível, para que fique na lembrança do torcedor a imagem daquele jogador que num passado distante teve utilidade ímpar no Guarani.

  • LÉO - PR
    18/08/2017 23:26

    com certeza a partir deste jogo contra santa o time vai cresce novamente Paulinho bom jogador para serie b Betinho mostrou em algum momento que tem qualidade vai se encaixar tambem eu acredito no guarani para o acesso o elenco do guarani e muito bom a muito tempo nos não tinha.

  • Ttito
    18/08/2017 17:12

    Pelo que ouvi nas entrevistas do Vadão, suas mudanças no time são para tentar o apoio da torcida amanhã, porque ele ainda insiste em defender as escalações do Jussani, Leandro Santos, Gilton e Fumagalli. Assim, vieram essas mudanças para evitar que a torcida, que deverá comparecer em bom número, se manifeste insatisfação com o time desde o começo do jogo, porque a paciência do torcedor já acabou há tempos.

  • ARIOVALDO ZANELLI
    18/08/2017 10:11

    ÚNICO TIME QUE NÃO CONTRATA BONS JOGADORES É A PONTE PRETA, TODOS QUE ESTÂO ABAIXO NA TABELA ESTÃO ACHANDO E CONTRATANDO. A GENTE ESCREVE, TENTA AJUDAR OS DIRETORES DA PONTE, E O QUE ELES FAZEM NADA. PORTANTO VOU FICAR NA MINHA E FECHAR OS OLHOS. (NÃO TEMOS TIME) PARA SEGUNDO TURNO.

  • João da Teixeira
    18/08/2017 10:06

    Se não voltar com tudo contra o Santinha, vai voltar contra quem? Mês de 90 dias é muito complicado, mesmo para jogadores que deveriam ter um fundo de reserva, mas quem no meio futebolístico guarda dinheiro para ocasiões de vacas magras? Meia dúzia? São raros. Jogador pode estar a mingua, mas sempre montado em carrões, Evoques, Merças e tudo mais. São raros os jogadores que aplicam o dinheiro conscientemente. Lembro de um que passou pela Ponte, Ronaldão, dono de meia Rio Preto.

  • João da Teixeira
    18/08/2017 10:06

    Alguém perguntou sobre o ônibus do Sapão, tirando uma, provavelmente já sabendo do problema. É que o dito cujo está, segundo o Jornal da EPTV, quebrado e abandonado em um posto de combustível de uma rodovia da região. Pois é, sem dinheiro para o conserto, abandonaram o "Saponáceo ensaboado". E a FPF depositou o dinheiro diretamente na conta dos jogadores, pois se fossem depositar na conta do Mogi, seria provavelmente arrestado pelo judiciário. Já vi esse filme de terror...

  • João da Teixeira
    18/08/2017 10:05

    ...e a pergunta que fica no ar é porque os dirigentes bugrinos não conseguem um patrocínio master para o time do Gfc, que convenhamos, na Série B, tem boa visibilidade televisiva. Então o que ocorre com o bugre, pois sem essa grana entrando, não tem time, que em final de campeonato, suporte. Sobrando os salários só para os empresários pagarem e sem mais opções de "janelas" para negociações, a tendência é cortarem as injeções de dinheiro para pagamentos e o resto já sabemos...

  • João da Teixeira
    18/08/2017 10:04

    Comentei novamente sobre o não patrocínio master no bugre, devido o time estar em evidência na TV Globo, nesse sábado, para quase todo o país, Série B: Guarani x Santa Cruz, às 16h30, na Globo e Premiere(Cps e região), já que o jogo do Timão só em Premiere e o do Inter só na Globo-RS. Ou seja, o bugre só não vai estar visível em canal aberto na região de Campinas e no Rio G. Sul. Então, cadê o patrocínio master, cadê patrocínio para esse jogo de evidência. Cegos...

  • João da Teixeira
    18/08/2017 10:04

    Ponte Preta ganha 'reforços' de qualidade para vencer o Botafogo-RJ no Majestoso, Léo Gamalho contratado, Marlon volta de suspensão, Sheik após ser poupado, além de Élton e Bob, liberados pelo DM. E o Botafogo, será que vai poupar algum jogador? Será que isso seja suficiente para a Ponte voltar a mostrar alguma coisa no campeonato? Sei não! Deixeir minha "corneta" em casa, mas se o Botafogo vir com a sua força máxima, a Ponte vai ter que rebolar para conseguir ponto ou pontos.

  • João da Teixeira
    18/08/2017 10:03

    Hoje tem bons jogos na Série B, às19h15, Juventude x V. Nova e às 21h30, Goiás x América-MG, ambos no SporTV. Para sentirmos como andam esses times. No sábado, além daqueles jogos que já postei, tem ainda o Paysandu x Paraná, às19h. no SporTV. No sábado 2 jogos de interesse da Ponte, Timão x Vitória e Mengo x Atlético GO. No domingo, Avaí x S.Paulo, Bahia x Vasco e Coritiba x Santos. Agora não adianta torcer para que os resultados venham se ela mesmo não fazer a lição de casa.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo