22
MAI
Você é o comentarista na goleada do Guarani

O fato de o Guarani ter enfrentado um adversário reconhecidamente fraco não serve para desmerecer a goleada imposta ao Guaratinguetá por 4 a 0, na manhã deste domingo no Estádio de Ouro, sem público.

No último Campeonato Paulista da Série A2 o Bugre patinou diante de adversário que acabou rebaixado, como o Rio Branco de Americana.

Não acompanhei a estreia do Guarani nesta Série C do Campeonato Brasileiro, para o tradicional comentário. Assim, transfiro para você a atribuição.

  • João da Teixeira
    24/05/2016 09:40

    Ruz, bater na trave mesmo é quando vai para a semifinal e não consegue subir, o time que faz bonito em todo o campeonato, canta parabéns, apaga a velinha e na hora de comer o bolo, o danado cai no chão... Acho que é isso que eu quis dizer rs, rs, rs,...

  • Ruz para João da Teixeira
    23/05/2016 22:43

    João duas considerações, a primeira é que o Fortaleza já bateu na trave 6 vezes, essa é sétima vez que disputa a série C, a outra, é que se o Corinthians não pagar o estádio adivinhe que é o fiador ? Exatamente a CEF que já está toda arrebentada.

  • MARCIAO
    23/05/2016 19:41

    Agora que chutaram cachorro morto se acham o virtual campeão da serie c !!!

  • João da Teixeira
    23/05/2016 17:03

    No almoço vi o lance da reclamação do Cuca de outro ângulo, realmente o zagueiro da Ponte tentou interceptar a bola e resvalou na mesma, mas continuo dizendo que o Gabriel estava a 1m. na "banheira" e se beneficiou da posição irregular que se encontrava. como o impedimento foi dado na hora do lançamento da bola pelo jogador palmeirense, o bandeirinha agiu corretamente, tanto porque o Gabriel poderia estar até interferindo na amplitude da ação do goleiro pontepretano...

  • João da Teixeira
    23/05/2016 17:02

    Hoje tem um joguinho às 20 h., Brasileirão da Série C : Fortaleza x River-PI no EI Maxx. Vamos sentir como está o outro grupo. Fortaleza já bateu na trave 2 vezes, será que desencanta esse ano e sobe?

  • João da Teixeira 1
    23/05/2016 16:59

    O Cúringão chegou no ápice, agora embicou e vai despencar com as dívidas do Itaquerão, que é o naming rights da arena. Até agora, em dois anos, se pagou só 6% da obra, arrecadou 137 milhões de bilheteria e descontados as despesas sobraram 34 milhões e a amortização está em 49,5 milhões (falta 15 milhões e meio), de onde tirar? cont.

  • João da Teixeira 3
    23/05/2016 16:58

    Assim como Troia, o Cúrinthians ganhou um presente de grego. Sabe a história do enorme cavalo deixado pelos gregos na frente da cidade de Troia e qdo. os troianos acreditavam que o cavalo tinha sido esquecido ou deixado de presente, ao levá-lo para dentro da cidade, tiveram uma surpresa desagradável, foram arrasados e mortos. Assim foi o presente do Lula Jararaca ao seu amado Córinthians. Lula Jararaca, não! Está mais para Lula Urutú, se não mata, aleija!!!

  • João da Teixeira 2
    23/05/2016 16:57

    cont.Dizem que o Corinthians foi obrigado a assumir a construção para a Copa, mas não foi bem assim, esqueceram da briga com Juvenal Juvêncio para a CBF não aprovar o Morumbi e assim construir o Itaquerão. Lula e o Andrès queriam escrever seus nomes na história do clube, viabilizando a construção do estádio. Quando viram que a conta não fechava, entenderam que levaram um tiro no pé, dado por Lulinha paz e amor. A conta será paga pelo contribuinte e o cúringão filiado ao MSE.

  • João da Teixeira
    23/05/2016 12:03

    No gol anulado que o Gabriel fez, o Cuca está reclamando que o Gabriel recebeu a bola do zagueiro da Ponte, coisa que eu não vi na TV. Mas vamos dizer que a bola resvalou na cabeça do zagueiro Pontepretano, na hora do lançamento do jogador do Palmeiras na área, o Gabriel estava a pelo menos 1m. na frente dos zagueiros da Ponte, então se beneficiava de uma posição irregular, certo? No Palmeiras só reclamam, não veem que o time é instável e assim tudo é motivo de reclamação.

  • Denilton GFC
    23/05/2016 12:02

    Caro Ari e amigos bugrinos do blog. VITÓRIA. Já tinha gostado da DIRETORIA que mandou o elenco da A2 embora e trouxe o jogo pro Brinco. TREINEIRO e BOLEIROS foram bem, o TREINEIRO montou um time competitivo e os BOLEIROS conseguiram balançar a rede. Resumindo: VITÓRIA importante para mostrar a que veio o GFC. Vamos cobrar esta pegada na série C.

  • Luiz Otto Heimpel
    23/05/2016 12:01

    Valeu pelos 3 pontos e só. Continuamos a precisar de um matador e um meia com nível para substituir o Fuma.

  • TIO LEI p/ CARLOS AGOSTINIS
    23/05/2016 12:00

    Alô meu amigo Agostinis...Começaram muito bem...Não vi o jogo, mas o resultado é alentador...Será que agora vai?...Um abraço.

  • João da Teixeira
    23/05/2016 08:40

    Guarani pegou uma "galinha morta", mas para quem levava susto e corria até de "cachorro morto", foi um começo que até o torcedor bugrino ficou surpreso. Os dois da zaga central foram os melhores, ambos servem até para time da série B e porque não da A. O bugre que se cuide que, já, já, eles se empirulitam de lá! É só aparecer em mais 2 jogos. Claro que esse jogo não serviu para nada, além da vitrine para os zagueiros Amaro, Ferreira (juntos), Denis Neves e, ah, os 3 pontos...

  • João da Teixeira
    23/05/2016 08:39

    Ia esquecendo, os zagueiros além de fazer sua parte, ainda fez o que o ataque não estava conseguindo fazer. Estão querendo mostrar serviço, vcs. viram no jogo? É a tal "vitrine" quando se tem TV. Se continuarem a fazer o que demonstraram ontem, serão contratados juntos rapidamente e bye,bye, Gfc!!!

  • João da Teixeira
    23/05/2016 08:38

    "O Vuaden é o cara da arbitragem que eu mais gosto. Ele apitou um jogo meu há um tempo em que se não fosse peitudo o Fluminense teria caído. Eu sempre o elogio por esse jogo", ponderou Cuca, antes de criticar: "Pô, o juiz "usa o cartão como se fosse um revólver", não dá para entender qual é desse cara!". O que deu para entender na fala do Cuca é que está bom, mas está ruim! Vuaden tirou o Cuca e as torcidas gritavam: Tira o Cuca! Deixa o Cuca aí! Parmitão e o chororô eterno.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
21
MAI
Matheus Jesus sobrou no futebol operário mostrado pela Ponte Preta

A Ponte Preta incorporou a proposta de futebol operário e surpreendeu o Palmeiras ao vencê-lo por 2 a 1 na friorenta tarde deste sábado em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro.

Quem acompanhou a partida para ver o vigoroso Palmeiras das últimas jornadas se surpreendeu com o futebol maiúsculo mostrado pelo garoto Matheus Jesus, volante recém-saído da base pontepretana.

A disciplina tática da Ponte Preta foi implacável nos tempos de jogo, com proposta diferente em cada período.

Matheus Jesus: Peça importante na Ponte Preta
Matheus Jesus: Peça importante na Ponte Preta
Na primeira fase, alternância de marcação pressão na saída de bola do Palmeiras, ou meia pressão, na altura do meio de campo.

Aplicação tática nesse quesito foi determinante para que o Palmeiras fosse asfixiado e perdesse totalmente a capacidade de criação.

Assim, só ameaçou o goleiro pontepretano João Carlos em duas bolas cruzadas para cabeçadas de Cleiton Xavier e Róger Guedes.

Afora isso, o time pontepretano colocou em prática algumas variações ofensivas, provavelmente ensaiadas, que surtiram efeito.

FELIPE AZEVEDO

Se é certo que houve descuido de marcação da defesa do Palmeiras no gol de cabeça de Felipe Azevedo, complemente livre dentro da área aos 23 minutos,após levantamento de Ravanelli em cobrança de falta; o segundo gol foi construído em jogada repetida ao longo da partida. Cruzamento rasteiro de fundo de campo através do lateral-esquerdo Reinaldo, nas costas da zaga palmeirense, para que Felipe Azevedo chegasse por trás, antes do lateral-esquerdo Egídio, e empurrasse a bola pra rede.

Claro que ao abrir vantagem de dois gols a Ponte Preta colocaria em prática um resistente bloqueio defensivo, com opção de esporádicos contra-ataques.

Assim, era natural que o Palmeiras tivesse posse de bola, sem contudo encontrar brechas para penetração. Por isso, exceto o lance que originou o gol de Moisés, aos 45 minutos do segundo tempo, nenhuma outra chance clara foi criada.

MATHEUS JESUS

A dinâmica do meio de campo pontepretano teve muito a ver com o futebol eficiente do garoto Matheus Jesus.

Além do ‘pulmão’ para ajudar na marcação, soube dinamizar a equipe na organização de jogadas e fez precisos lançamentos, dois deles determinantes.

No primeiro acionou Reinaldo em lance que originou o segundo gol. No segundo foi uma primorosa enfiada de bola para Clayson, com desvio de jogador do Verdão após a conclusão.

Entre os detalhes táticos agregados pelo treinador Eduardo Baptista ao time observa-se o recuo de João Vitor na saída de bola defensiva da Ponte, visando melhorar a qualidade.

Pela primeira vez viu-se infiltração do lateral-direito Jefferson por dentro, como se fosse atacante, para finalizar.

A postura do meia Ravanelli igualmente comprometido na marcação deve ser realçada, assim como o treinador observou bem o momento em que o meia Cristian deveria substitui-lo na metade do segundo tempo, com alternativa de segurar a bola e ajuda na administração da vantagem.

WELLINGTON PAULISTA

Pesa contra o treinador a teimosia na escalação do atacante Wellington Paulista, que há tempo não justifica a titularidade.

Mais uma vez Wellington foi complemente anulado ao longo da partida e, não fossem outras necessárias substituições, teria que ser sacado. Afinal, a Ponte conta com o atacante Roger, inquestionavelmente bem mais recomendável para a função.

Ainda na Ponte, se tecnicamente o atacante de beirada Clayson não correspondeu, pelo menos teve atuação de entrega na marcação e ajudou bastante no bloqueio organizado na segunda linha.

  • Carlão dapoiar.a Farmacia
    23/05/2016 12:03

    Não podemos nos esquecer que a dupla Grolli

  • Tony
    23/05/2016 12:02

    Os 2 proximos jogos da Ponte serão as 11h da manhã. Na 5a feira feriado pegamos o Corinthians em SP e depois no Domingo pegamos o Flamengo as 11h no magestoso. O time é jovem, tem garra e energia. No 2o tempo Roger e Cristian podem ser a soluçao.

  • ANTONIO CARLOS
    23/05/2016 12:01

    Alem do time que está jogadno temos ótimas opções como Gilson, Antonio Carlos, Cristian e Roger. E ainda Pottker e Rene Jr pra testar.

  • TIO LEI
    23/05/2016 12:01

    Geeenteee. A cada dia que passa mais eu fico pasmo com a DOR DE COTOVELO do pessoal da redação do FI. Vencemos o Palmeiras A e eles colocam na manchete "com a mão amiga", em um lance que se não fosse o REPLAY da televisão, NINGUEM teria visto....Estamos apenas na segunda rodada, e sabemos das limitações de nossa equipe, lá vem eles usando o termo (que nem nós usamos) o de MACAQUINA, em tom irônico...deve estar sendo difícil p/ eles, mensurarem a distancia que nos separa.

  • Barba
    23/05/2016 12:00

    Pela 1a vez a defesa toda se portou bem, inlcuisve Jefferson. Os 2 volantes serãó titulares, F Azevedo é o "cara" neste time. Dai pra frente sera uma briga salutar, entre Ravaneli, Galhardo e quem mais chegar. Roger deve ganhar de uma vez a camisa 9 em breve, pois WP já chegou no limite.

  • MARCIAO
    23/05/2016 08:40

    Ari, acho que o Roger teria que ser titular no lugar do WP. Agora , como achar um lugar no time titular p/ o Rene Jr. e p/ o Galhardo ?? Sendo que o M.Jesus e o Ravanelli estão muito bem. E agora ?? Temos também o W.Potker. Um problema p/ o Eduardo Baptista resolver !!

  • TIO LEI
    23/05/2016 00:09

    CABEÇA. Quanto você acha que estariam disposto a pagar ao Cajá? Qual deve ser o salário do Rene e do Danilo Menezes? Segundo informações do próprio vice, o Dimarzio, estão na eminência de dispensar mais 10 jogadores. Somando eles aos que já foram, quanto não se gastou para mantê-los no elenco? Aí está o problema. Contrata-se mal e gasta-se pior ainda. Podíamos estar com um time mais competitivo e montado. O raciocínio é lógico. É saber gastar os recursos que tem em mãos.

  • Paulo Sérgio
    23/05/2016 00:08

    Alberto, como você continua como sempre, vou te dizer: Seu time não bateu em bêbado, bateu em defunto, já que todo mundo sabe que esse Guará já entrou no campeonato rebaixado. Ninguém disse ou esta dizendo que a Ponte será campeã. Pra finalizar, o Palmeiras que perdeu pra Ponte foi o Palmeiras "A" e não o mesmo que meteu 6 em vocês, pois aquele foi o Palmeiras "C"

  • Cabeça
    22/05/2016 19:14

    Tio LEI, a questão é que precisamos contratar "as peças", visto que não temos muito dinheiro, esse trabalho fica difícil e um pouco mais lento. A diretoria junto com o Eduardo devem estar analisando e trazendo assim que possível, concordo que poderiamos estar treinando um time a mais tempo, mas o mundo do futebol não está fácil. Vejo você falando do Renê Junior, que trouxemos fora de forma, mas você acha que se ele estivesse nos cascos viria para Ponte?

  • Cabeça
    22/05/2016 19:13

    Enquanto tivermos esse esquema de cotas absurdo, todo ano será assim, um sacrificio para montar elenco.

  • ALBERTO
    22/05/2016 19:13

    Pintou o campeão, kkkkk. Sempre o mesmo papo.

  • TIO LEI p/ CABEÇA
    22/05/2016 14:28

    Amigo Cabeça. Como você bem o disse: "Estamos ainda ACHANDO UM TIME". É justamente aí que cabe nosso senso crítico. Esse time já podia ter sido achado já a algum tempo. Veja bem, das poucas contratações feitas, apenas 1 assumiu a titularidade. Demoraram demais nas contratações e ainda falam em se contratar mais. Só que a "mola propulsora" de uma equipe eles FAZEM QUESTÃO de se omitirem. Poderíamos já estar com uma equipe FORMADA, com um esquema já devidamente adaptado...

  • TIO LEI p/ CABEÇA (2)
    22/05/2016 14:28

    ...para a disputa de tão complexa competição. É nisso que venho questionando à tempos. É claro que se for ver POR ESSA PARTIDA, houve uma sensível melhora no comportamento da equipe, e nem se compara ao time que enfrentou a Caldense o Genus e o Figueirense. Queira Deus que essa determinação apresentada contra o "parmitão" prepondera por toda a competição, e que a diretoria traga realmente as peças "pontuais" que estamos precisando. Vamos lá PONTEEEEEE.

  • João da Teixeira
    22/05/2016 14:27

    Parmitao ajudou, Guara saco de pancada do campeonato e todos saíram felizes. Agora vamos esperar o curinthians e o, quem é mesmo o próximo adversário do bugre? Para ver o que vai dar..

  • DE ARI PARA CARLOS DE BARÃO
    22/05/2016 12:07

    Prezado Carlos de Barão, leve em conta que tem sangue novo no meio de campo pontepretano com Matheus Jesus e Ravanelli.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo