​Toninho Costa, uma discreta passagem pela Ponte Preta

O amplo conhecimento sobre as coisas do futebol fez o saudoso treinador Cilinho por vezes abusar em 'invenções', em uma das várias passagens pela Ponte Preta.

Inacreditavelmente ele teve a coragem de deixar o lateral-esquerdo Odirlei na reserva e escalar o apenas esforçado Toninho Costa na posição, por ocasião do dérbi campineiro que levou 38 mil pessoas ao Estádio do Pacaembu, em 1979, com vitória bugrina por 2 a 0, pelo Paulistão.

Um pouco de Toninho Costa, na trajetória com a camisa da Ponte Preta, é registrado no áudio feito para o quadro Histórias do Futebol de Campinas, na Rádio Brasil Campinas.

Ouça no link abaixo