Diferente do humano, cachorro sequer imagina o risco que pode correr

Hábito de cachorro se acomodar ao redor de mesas e cadeiras, a espera das migalhas de quem consome goluseimas, é visto em qualquer canto.

A diferença do humano é que, no caso especifico da foto, o bicho sequer imagina o risco que pode correr, por motivos óbvios.

Tomara que não seja desta vez.