02
MAI
Guarani tem o Náutico pela frente, mas já está com a cabeça no dérbi

Antigamente o jogador matreiro inventava uma dor muscular como pretexto para escapar de viagem longa, no chamado vôo rasteiro, e à época médicos diziam que dor muscular era coisa subjetiva, sem a devida precisão no processo de avaliação.

Hoje, com a natural evolução da medicina esportiva, já dimensionam até o grau da lesão do atleta.

No caso do Guarani, a informação é que vai preservar o meia Giovanni Augusto da partida diante do Náutico, com justificativa de desconforto muscular.

Se de fato há risco de perda do atleta para um jogo da importância do dérbi campineiro, no próximo domingo, não há o porquê contestar.

Gozado que antes ninguém havia feito essa citação sobre o meia e até lamentavam a suspensão dele diante do Criciúma.

Seja como for, dérbi é dérbi e vice-versa, já dizia sei lá quem, desde mil, novecentos e alguma coisa.

EQUIVALÊNCIA

Quem viu jogos de Náutico e Guarani nas primeiras rodadas deste Campeonato Brasileiro da Série B deduz que ambos se equivalem pela fase de instabilidade.

Até dispõem de alguns jogadores diferenciados, que na prática não estão fazendo diferença.

Como cada jogo tem a sua história, aguardemos, então, aquilo que cada um possa mostrar.

PONTE RESPIRA

Quem diria que após vários confrontos teoricamente inferiorizada comparativa ao o seu maior rival, a Ponte Preta leva ao seu torcedor uma dose de confiança, pelo natural progresso mostrado por seus jogadores contra o Brusque.

Depois de ter sofrido goleada por 3 a 0 no último confronto, chegou a vez do pontepretano esperar que a sua equipe desconte ao menos parcialmente, com vitória simples.

Digamos que em última análise ela não entra em campo com derrota anunciada.

DOIS TOQUES

REGINALDO - O gol que esse lateral-direito do CRB perdeu contra o Grêmio, na noite de sábado passado, foi um daqueles mais feitos nos últimos tempos. Quem não viu, que veja.

JEAN CARLOS - Alô Jean Carlos, meia do Náutico: não te contaram que só a tentativa de bater em mulher é covardia? Cabeça quente, por ter sido expulso, não é justificativa pra tentar agredir a árbitra Déborah Cecília.

MAZOLA JÚNIOR - O ajuste na saída de bola da defesa do Ituano, quando se consegue desarmar jogadas de adversários, é coisa trabalhada, dada a eficiência na organização. Aí tem o dedo do treinador Mazola Júnior

  • João da Teixeira
    04/05/2022 04:05

    De novo? Quem ganhava não era o melhor em campo, tinha o melhor jogador em campo, o seu goleiro, é quase ocorre novamente uma injustiça nesse jogo, como ocorreu contra o Criciúma, mas aí, o Kozlinski, o melhor em campo, deu uma mãozinha, presenteando o Náutico com uma saída em falso e ocasionando o gol de empate do Timbú aos 49'. Ô Tupã, pensei que vc tinha vendido a alma do seu time para o satanás. Não é que vc tinha cravado duas vitórias do seu time sem merecer os resultados.

  • João da Teixeira
    04/05/2022 02:34

    O Bahia estrunchou o Londrina, 4x0, mostrando que o jogo contra o Ituano foi uma aberração futebolística, onde o Ituano ganhou, 1x0, mas o seu melhor jogador em campo, foi o seu goleiro...

  • Marcos
    04/05/2022 02:33

    Profeta, isso que você está profetizando, é praticamente impossível ou quase. Más além de torcer para isso acontecer, caso queira enviar 06 dezenas para a mega sena , eu aceito o palpite...

  • Barba
    04/05/2022 02:33

    Daqui a pouco o super Náutico arranca " penas".

  • João da Teixeira
    04/05/2022 02:33

    O Submarino Amarelo tinha torpedeado a esquadra de Liverpool, mas me parece que tinha uma reserva técnica para o 2°tempo, coisa que a esquadra do Villarreal não tinha para repor. Deu nisso, Liverpool na final. Vamos afundaaaar o Submarino Amarelo, ei!

  • Profeta da Tribo
    03/05/2022 15:26

    O Profeta da Tribo falou. A profecia não falhará. Podem me cobrar. 3 vitórias seguidas: Criciúma (já foi), Náutico e AAPP. Se vamos vencer o Tombense depois eu não sei, mas o que a profecia garante, são 3 vitórias seguidas. Podem me mandar PIX, chave: 534.858.110-09. Mas já aviso: serão 3 vitórias na base do sangue, suor e lágrimas.

  • Profeta da Tribo
    03/05/2022 15:26

    O Profeta da Tribo falou. A profecia não falhará. Podem me cobrar. 3 vitórias seguidas: Criciúma (já foi), Náutico e AAPP. Se vamos vencer o Tombense depois eu não sei, mas o que a profecia garante, são 3 vitórias seguidas. Podem me mandar PIX, chave: 534.858.110-09. Mas já aviso: serão 3 vitórias na base do sangue, suor e lágrimas.

  • Profeta da Tribo 2
    03/05/2022 15:10

    Só sei de uma coisa. Vi pedaços de Bahia e Sport na última semana. Times sem nenhum brilho. Absolutamente comuns. Fico a me perguntar: não pode o Bugre sonhar com algo mais? Não temos um time minimamente interessante para essa Série B? Puxa, Bugre! Vamos lá! Vamos melhorar, com alegria e confiança, lutar e vencer. Daniel, precisamos de 7 pontos nos próximos 9 jogos. Só assim nos afastamos da degola e voltamos para o campeonato.

  • João da Teixeira
    03/05/2022 11:45

    Matou, Ari! O bugre pode passar no Z4 o tempo todo, desde que esteja na frente da Ponte, por que se tiver atrás, é uma pressão dos córneos pelos lados do terreno da Magnum... Isso é incrível!!! Poupar jogador ou preservar jogador? Por sinal, já se mostrou ser pavio curto o tal do Giovani Augusto...

01
MAI
Frequentar o Z4 não condiz com o Guarani

E não é que, de novo, o Guarani foi parar no Z4, nesta Série B do Brasileiro, com os quatro pontos que conquistou.

A Tombense ganhou uma posição ao empatar por 1 a 1 com o Vasco, e restou ao time bugrino a 17ª colocação, com quatro pontos, à frente apenas de Vila Nova, Novorizontino e CRB.

Imagine se não caísse do céu aquele pênalti contra o Criciúma, que resultou na vitória por 1 a 0?

Pelo cenário, trazer ponto(s) de Pernambuco nesta terça-feira passou a ser obrigação ao Guarani na partida diante do Náutico, no complemento da quinta rodada.

JEAN CARLOS

Meia Jean Carlos, do Náutico, protagonizou cena dantesca ao ser expulso na partida contra o Retrô, na finalíssima do Campeonato Pernambucano, quando ameaçou a árbitro Débora Cecília Cruz Correia de agressão. Isso em jogo que o Náutico levantou a taça, na definição através dos pênaltis.

Por se tratar de competição distinta, o atleta não precisa cumprir suspensão contra o Guarani

VASCO

Citando o Vasco, o seu torcedor está na bronca ao ver o time se nivelar por baixo na competição.

Quando, outrora, atletas como Lucas Oliveira e Palácio teriam camisa na agremiação?

Um elenco de alto custo, cuja planificação deveria sugerir o acesso, continua provocando incerteza ao ser torcedor.

Para conquistar o objetivo, terá que melhorar muito.

  • Barba
    02/05/2022 18:51

    Futebol é engraçado. No Paulista o Guarani chegou com moral para o dérbi. Dessa vez a Ponte preta é que chega melhor. Imagina se o náutico ganhar amanhã. Mas o futebol dos 2 times ainda é sofrível. Pobre Campinas.

  • João da Teixeira
    02/05/2022 18:51

    O problema do bugre não é o Z4, nem lanterna, como foi outro dia, mas estar atrás da Ponte. Esse é o grande problema dos bugrinos de forma geral. Não admitem ficar atrás. Desde 1949, era um "chove e não molha", mas estavam na frente, isso que importava. Então é isso, hoje, mesmo estando nivelado, mas como não caiu e agora deu umas escorregadas, não se sente bem estar atrás, é um sofrimento atroz. Será uma eternidade até que chegue a 3° feira...

  • Léo - Pr
    02/05/2022 18:50

    Ari pela qualidade técnica desses times o Guarani era pra tá no mínimo brigando pela liderança, mais como o treinador não tá conseguindo encaixar as peças e fazendo escolhas errada a coisa pode piorar, qualquer resultado que não seja empate no mínimo empate contra Náutico fora e vitória contra a Ponte em casa tem que mudar treinador, esses dois jogos não cabe qualquer desculpa tem que fazer no mínimo quatro pontos.

  • Profeta da Tribo 1
    02/05/2022 18:50

    A situação do Bugre é muito delicada. O Náutico vem de 2 vitórias seguidas, e jogando em seus domínios, é sempre forte. E depois vem o dérbi, onde não teremos a facilidade que tivemos no estadual. Além disso, o nosso time não está bem. Fez um péssimo jogo contra o Criciúma, onde ganhou na mais pura sorte. Preocupação é imensa. Mas a profecia falou sobre 3 vitórias. A primeira já veio. Creio que as próximas duas virão.

  • Antônio
    02/05/2022 18:49

    Que horrível. O Bugrao de novo no Z 4. Cadê aqueles torcedores maravilhados com 1-2 vitórias e prevendo o título do Brasileirão? E olha que vão tomar pau do Náutico hoje em Recife. Muita arrogância.

  • Marcos
    02/05/2022 04:29

    É bem provável que jogará o dérbi na zona de rebaixamento. Se perder o dérbi, também é provável a saída do técnico, embora não adiantará muito, pois só mudará a mosca...

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo