06
AGO
Bugrino calcula seis vitórias e seis empates; vai dar?

Jamais passou pela cabeça do bugrino que, nesta altura do Campeonato Brasileiro da Série B, fosse colocar a matemática em dia, com cálculos inadiáveis para se evitar o rebaixamento.

No início do ano, com perda de titulares absolutos como Régis, Bruno Sávio, Bidu, Bruno Silva e Thales sabia-se da remota possibilidade de o time 'brigar' pela classificação, mas cogitava-se campanha intermediária, coisa do décimo ao décimo quarto colocado, se muito.

Aí passam rodadas, chega-se à 22ª, e o clube continua atolado na zona da degola com apenas 19 pontos, projetando-se a necessidade de conquista de outros 26 até o final, para que não corra qualquer risco.

CLIMA PESADO

Como empreender imediata reação no clima pesado instalado no clube?

Torcedores demonstram impaciência quer no estádio, quer nas redes sociais.

Com razão cobram medidas, principalmente da atual diretoria, para que as coisas não descambem de vez.

Quem observa a classificação constata que mesmo com vitória sobre o Criciúma, no interior catarinense, na próxima rodada, o Guarani continuará no Z4.

E quem garante que o time terá condições de vencer, diante de um adversário que em seus domínios tem sido ainda mais competitivo?

Nestas horas que clubes em geral precisam de dirigentes tarimbados para controlar a crise, elevar o moral do grupo e buscar a recuperação.

NÚMEROS

A grosso modo, dos 16 jogos restantes do Guarani - e 48 pontos em disputa -, há quem projete que ganhando 24, metade deles, já seja possível escapar.

Claro que esse número é incerto, pois matemáticos sempre calculam 45 pontos como base.

Mesmo convencionando-se a conquista de mais 24 pontos, tem-se que projetar mais seis vitórias, seis empates e descartar apenas quatro derrotas.

Como projetar seis vitórias num time que ganhou apenas três dos 22 jogos disputados?

Essa leva contratada na janela vai fazer diferença nas rodadas subsequentes?

O prudente é o bugrino esperar as próximas três rodadas para se verificar se esse 'enxerto' vai fazer a equipe engrenar.

  • João da Teixeira
    08/08/2022 12:43

    Marcos, eu tenho que dar razão para vc, "a cina jamais será quebrada", como vc fez referência à Ponte Preta. Explico, "cina" que vc citou, é uma espécie de palmeira, que em grandes vendavais dobra, mas não quebra. Gostei de vc ter usado esse vegetal para referenciar o time da Ponte e sua torcida como gente de fibra. Agora se vc queria dizer outra coisa, cuidado, porque a crítica pode virar elogio, como vc viu! "Cuida do seu time, rapaz! Quem cuida do seu nariz sabe o que faz"...

  • Antonio
    08/08/2022 12:42

    Infelizmente o Guarani vai cair. mais uma lambança dessa diretoria desastrosa. Contrataram mal, não estão pagando suas obrigações e pior - em breve o dono do terreno constrói um shopping center. Falta pouco.

  • Luiz Otto Heimpel
    08/08/2022 12:42

    E a ponte sempre só competindo e não ganhando nada .E as hienas continuam rindo !!!!!!

  • Eric AAPP
    08/08/2022 12:37

    Boa essa, João da Teixeira! Eles Sempre Levarão

  • Eric AAPP
    08/08/2022 12:32

    Mandou bem, Tio Lei! História verdadeira. Parecida com a fábula da cigarralinha e da formica

  • João da Teixeira
    08/08/2022 01:18

    Terra do nunca e Terra do Sempre, sempre caindo, sempre chorando, sempre descendo, sempre tomando, sempre levando... Sempre, sempre, sempre.... Entre o nunca e o sempre, a escolha vai depender do referencial. Hoje, por exemplo, o bugre sempre... levando ferro...

  • TIO LEI - I
    08/08/2022 01:17

    Dois vizinhos não se suportavam. Enquanto um flertava com a com amizades da alta sociedade, o outro sempre rodeado por amigos da classe média para baixa. Suas "rusgas eram diária. Enquanto um mandou construir uma bela casa para seu desfrute, o mais simples, na garra e na raça, com o suor de seu rosto e os calos das próprias mãos construiu o seu lar. O tempo foi passando, o "riquinho" frequentava a elite, o outro curtia os "bailinhos" da vida. Eis que um dia, ...

  • TIO LEI - II
    08/08/2022 01:16

    ... um dia o "pobretão" resolveu se aventurar na elite, saiu-se tão bem, que causou despeito em seu desafeto, e este começou a gastar e a ostentar mais do que tinha, tanto se colocou em um patamar superior, e sendo bafejado pela sorte, saiu em um cruzeiro pelo continente viajando de primeira classe, enquanto isso,. o outro apenas lutava para se manter em um lugar de destaque na "sociedade". Mas a vida dá muitas voltas e em determinado momento, ...

  • TIO LEI - III
    08/08/2022 01:15

    ...a conta começou a chegar, suas finanças começaram a definhar, passavam-se os anos e processos e mais processos começavam a surgir, credores fazendo fila em sua porta, água e luz cortada, piscina tornou-se criadouro da dengue, até sua cozinheira resolveu fazer greve. E o pobre? Ah, este continuava pobre teve até seu sofá penhorado, mas este encontrou um pseudo benfeitor, que prometeu liquidar suas dívidas e por longos anos o sustentou ...

  • TIO LEI - IV
    08/08/2022 01:14

    ... E como vivem hoje? Bom, a nova geração do antigo rico, com tantos processos perdeu até sua casa vivendo hoje de favor, aguardando que cumpram a promessa de dar-lhes uma nova casa um tanto quanto mais modesta e em um bairro mais distante, enquanto o pobre, continua mais pobre, pois aquele "bem feitor" agora resolveu querer cobrar seus gastos, os quais ele jurava de pés juntos que jamais o faria. Ambos hoje vivem em um mesmo patamar ...

  • TIO LEI - V
    08/08/2022 01:12

    ... estão vendendo o almoço para jantar. Enquanto o pobre ainda se orgulha de continuar morando em sua casa própria, o ex-rico bate no peito e diz: -"Um dia meus antepassados fizeram um cruzeiro na primeira classe". complementam dizendo: "Nem seus avós, nem seus pais e nem vocês nunca fizeram ou farão um cruzeiro daqueles, e recebem como resposta que: "Nem seus avós e nem seus pais viram, mas vocês irão testemunhar o BUUUUUUMMMMM e lá estará no chão aquela mansão.

  • TIO LEI - VI
    08/08/2022 01:11

    Uma historinha de ficção onde qualquer semelhança com a vida real NÃO é mera semelhança. KKKKKKKKKKKKKKK

  • Léo - Pr
    07/08/2022 21:01

    Ari o Fluminense entrou em campo hoje fazendo uma homenagem a Jô Soares com nome dele nas camisas, quando o Cano fez o gol saiu comemorando e fez um gesto com os dedos parecendo um J, mais o Henrique Guido do Sport TV no intervalo do jogo do Palmeiras mostrou o gol disse que foi gesto fazendo o L foi rápido não me lembro se o gesto foi feito com a mão direita ou esquerda que daria uma melhor interpretação, quando vem do grupo Globo eles interpreta da forma que os convém.

  • Marcos
    07/08/2022 21:00

    Esse pessoal da terra do NUNCA continuam se achando!!! Más eles sabem que a cina jamais será quebrada. Abençoados para sempre sejam: Padre Chiquinho e mãe do Pitico. Contudo, SRS. : NUNCA SERÃO...JAMAIS SERÃO! Nem a sua décima geração verá...triste né? Bem-vindo Primavera...

  • Luiz da farmácia
    07/08/2022 17:37

    Infelizmente não vai dar. Não temos gestão, nem elenco. E os times um pouco acima também estão reforçando seus elencos, de verdade. Mas não tem problema. Em 2023 a Ponte na série B do Paulistão e o Guarani na série C do Brasileirão. Pobre futebol de Campinas.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
05
AGO
Será que os contratados vão mudar a cara do Guarani nesta Série B?

O que está por vir, para o Guarani, por ora é de total desconhecimento. Jogadores contratados, a partir da abertura da janela, serão capazes de mostrar outra cara para esse time?

Se o Guarani mantiver essa cara vista na derrota para o Grêmio por 2 a 1, na noite desta sexta-feira em Campinas, o restante da caminhada nesta Série B do Campeonato Brasileiro será preocupante.

O que se vê, hoje, é um time que falha em gols dos adversários, que não tem poder de criação sem o meia Giovanni Augusto, e atacantes facilmente absorvidos pela marcação.

Não bastasse tudo isso, o que o treinador Mozart Santos tem a ganhar ao preterir o volante Rodrigo Andrade e optar pela escalação de Madison?

Mesmo com as oscilações, Rodrigo Andrade rende mais.

Pelo futebol que o Grêmio deixou de apresentar, se enfrentasse equipe organizada e com intensidade, de certo não encontraria facilidade para sair vencedor.

GRÊMIO ATACA

Treinador Roger Machado, do Grêmio, colocou em prática proposta de linhas adiantadas para sufocar o Guarani no início da partida, até construir a vantagem.

Desarrumado, o time bugrino aceitou o predomínio do adversário, que rondava a sua área seguidamente, e já poderia ter aberto o placar logo aos quatro minutos, se o volante Lucas Leiva, do time gaúcho, tivesse precisão no cabeceio, após cobrança de escanteio, quando, livre de marcação, cabeceou a bola para fora.

FALHA DE KOZLINSKI

O prevalecimento do domínio territorial do Grêmio deixava a nítida impressão que fosse o mandante, e assim chegou ao seu gol aos 18 minutos, quando Diego Souza fez a parede, para o meio-campista Willasanti conduzir a bola sem que fosse incomodado.

Aí, no chute rasteiro e defensável, falhou o goleiro Kozlinski, com a bola entrando no canto esquerdo.

Depois disso, era natural que o Guarani avançasse as linhas e isso provocasse a retração do Grêmio.

Embora ficasse com mais posse de bola, faltava criatividade ao time bugrino, que insistia mais pelo lado direito de seu ataque, porém sem objetividade.

Assim, nas raras vezes que o Grêmio buscou o ataque, Biel exigiu que o goleiro Kozlinski espalmasse a bola em chute de fora da área, aos 33 minutos.

Só depois dos 40 minutos o Guarani ameaçou em duas jogadas.

Primeiro quando o meio-campista Eduardo Person serviu o centroavante Nicolas Careca, mas na finalização a bola foi interceptada pelo zagueiro Geromel. Depois, em cabeçada do zagueiro Derlan, que exigiu reflexo na defesa do goleiro Brenno.

ROGER DEMOROU

Ora, se o Grêmio passou a priorizar a defesa, já não tinha sentido a permanência em campo do lento centroavante Diego Souza, substituído apenas aos 18 minutos do segundo tempo.

Roger Machado demorou para observar que Campaz pouco acrescentava em sua equipe, sacando-o juntamente com Diego Souza.

Todavia, mesmo com o Grêmio lá atrás, o Guarani não criava, tanto que voltou a ameaçar o adversário em chute de longa distância de Person, com defesa do goleiro Brenno, aos 15 minutos.

O volume ofensivo do Guarani era traduzido em chuveirinhos, para interceptação do sistema defensivo adversário, até que num chutão de Geromel ao ataque gremista, Guilherme protegeu a bola, na marcação do zagueiro bugrino João Victor, serviu Biel que, livre na jogada, finalizou no canto esquerdo de Kozlinski, aos 29 minutos.

E quando presumia-se que o placar de 2 a 0 fosse confirmado, o Guarani ainda chegou ao gol de honra aos 49 minutos, com João Victor tendo liberdade para subir e testar a bola no canto direito de Brenno, após cobrança de escanteio.

  • Barba para Ari
    07/08/2022 04:33

    Ari. A coisa está ficando complicada para o Guarani. Durante o jogo contra o Grêmio,cessa torcida sem nenhuma moral, cantou hinos homofóbicos. A cara da torcida dos 3%. E o árbitro relatou na sumula. Além de multa, deve ter punição com perda de pontos no campeonato. A diretoria nada faz, o elenco também não e essa torcidinha vem ajudar a enterrar. Vai mal

  • Tony
    06/08/2022 22:55

    Acho que o Léo PR e o Marcos não acompanham as notícias do campeão de rebaixamento do século. Já entregaram o estádio, centro de treinamento e até os móveis. O time da rua conde D'eu, não tem mais nada e arrotam presunto com mortadela entalada na garganta. É série C! Tudo normal em Campinas, de novo. Esperem o dérbi e cococococo. Só 3%.

  • Léo - Pr
    06/08/2022 21:34

    Pra vcs que torcem pra Ponte mais não conhece nada sobre o clube então fique sabendo, vcs não tem condições comprar nada, tem meio time que é esmola do Corinthians que paga os salários deles, essa semana saiu informação que ações contra o clube tá estralando que nem pipoca na panela, o Guarani tem uma dívida 183 milhões já sendo pago todo mês, a Ponte 240 milhões que até o final da B vira 300 milhões escreva depois vem a debandada e série A2 e o fim,

  • Marcos
    06/08/2022 17:11

    Barba azul, vc é outro C _ _ _ _ kkkkk. Não fazemos vaquinha, não trocamos garrafas pet..... Se toca ameba...desce daí. NUNCA ganharam porra nenhuma....ETERNO LANUS kklllll

  • Marcos para RICinho
    06/08/2022 17:10

    Então, o Guarani acabou??? Se acabasse hj , só para seu conhecimento:: NUNCA, nem em mais 1000 anos, o time de Neverland ganharia algo, ou seja, em Campinas só tem um campeão!!! Seu bisavô não viu...seu avô não viu...seu pai, você e filhos , JAMAIS verão!!!! SRS. : NUNCA SERAO...JAMAIS SERIA!!!!

  • Antônio
    06/08/2022 17:09

    Algumas pérolas do Globo Esporte: o Mozart disse que o campeonato do Guarani começa na 4a. Acho que se esqueceu de dizer termina na 3a ( divisão); o Vilela mostrou a cara de penosa chorosa no final do jogo. Agora, sem brincadeira, esse elenco é muito ruim mesmo.

  • Léo - Pr
    06/08/2022 17:09

    Ari esse time do Guarani está abaixo de série D não é brincadeira não, se jogar contra o Nova Venécia ES espírito santo perde em casa, o Guarani de hoje não é pário pra times da D, começando com goleiro ridículo eu sempre disse isso, a cada dois jogos um frango boa média, Diego Mateus joga um futebol amador só, Vilela, Person e Madison, Silas, Yuri Mozart vc tá brincando com nossa cara vc não tem competência, Ricardo Moisés tenha vergonha na cara pede afastamento...

  • Léo - Pr (2)
    06/08/2022 17:07

    Invente algo pra deixar o cargo vc não entende nada de futebol, vc não tem competência nós já somos rebaixado, vc pegou o time na série B cinco anos não fez nada só não está com salários atrasado graça a Magnum, sério ontem foi outro jogo que nem vi o gol do João Vitor porque não consigo ficar até o final do jogo na frente da tv da nojo ver esses pernas de pau, vem aí o jogador de peso tão esperado pela torcida Jenigol parabéns presidente.

  • Barba para Ric
    06/08/2022 17:06

    Até que enfim uma sugestão lúcida. A única solução para os irmãos é serem incorporados pela Ponte preta. Assim teriam um time de verdade e uma super torcida. Não dá mais pra aguentar tanta vergonha. Os 3% não chegam a 1% hoje.

  • Luiz Otto Heimpel
    06/08/2022 17:05

    A ponte e mera coadjuvante a 121 anos. Antes de tentar comprar qualquer coisa tem que tentar pagar a penhora sobre as calcinhas das funcionárias. Torcedor que ri dos outros torcendo para ela e uma hiena.

  • Daniel Valinhos
    06/08/2022 17:05

    Conforme eu havia dito há 2 rodadas atrás, este timeco vai pro dérbi sem técnico, será uma sabugada histórica, podem registrar. Me arrisco a dizer, este time não aguenta nem série C, vai cair pra D. Vergonha de Campinas! Saudações PONTEPRETANAS!

  • João da Teixeira
    06/08/2022 17:04

    A nivelação por baixo da Série B ajuda a maioria dos times, para que todos tenham chances ainda de escapar da degola ou ainda se classificar entre os 4 para a Série A. Se a Ponte encaixar o seu futebol de acordo com as expectativas que foram criadas, poderá até surpreender nesse paupérrimo futebol da Série B. Talvez pela paridade dos times na parte de baixo da tabela, se desvencilhar do Z4 seja mais traumático do que se imagina. Veja, V.Nova vem tentando escapar, mas enrosca...

  • João da Teixeira 1
    06/08/2022 17:03

    Deixe eu sair em defesa de Kozlinski. Posso estar enganado, mas no chute do 1°gol gremista, a bola resvalou na canela do zagueiro bugrino e tirou levemente a trajetória da bola e assim tirou o Koslinski da jogada, onde ele ainda quase conseguiu pegar. Pelo menos foi o que eu vi. Como disse, posso estar enganado, já que a TV, não conseguiu mostrar detalhes ou não vi mesmo. A torcida bugrina está sendo injusta com Koslinski, eu mesmo não queria ser goleiro de um time como o bugre

  • João da Teixeira 2
    06/08/2022 17:02

    ..., eu mesmo não queria ser goleiro de um time como o bugre nesse atual momento. Assim como um goleiro ruim não inspira confiança em uma boa defesa, comprometendo-a, uma defesa e demais compartimentos ruins, não inspira confiança em um bom goleiro, comprometendo-o tbém. Então estamos assim, estão pendurando o goleiro pelo pescoço, mas arruma mais uns 10 ou mais cadafalsos para pendurar os demais, inclusive técnico e dirigentes. Afinal, fica mais justo a carnificina...

  • Ric
    06/08/2022 13:08

    Sejamos claros novamente: o Guarani ACABOU. Mantenho a ideia de a Ponte comprá-lo para que os bugrinos possam ter um time para torcer.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo