10
JAN
Vírus maldito põe as caras novamente e pode mexer com os clubes

Quando do esboço do orçamento para a presente temporada, tanto Ponte Preta como Guarani projetaram bilheterias fervilhando em jogos do Campeonato Paulista e principalmente no Brasileiro da Série B.

De repente, não mais que de repente, eis aí o imponderável: o maldito vírus da Covid está de volta, se é que um dia ele teria saído de 'mansinho'.

E o dito cujo volta galopando, com aumento de internações hospitalares e procura para os tais testes em postos de saúde de Campinas e, quiçá, em todo Estado de São Paulo.

É aquele teste que só Deus sabe quando vão mostrar o resultado, e começa-se a criar novamente o clima de terror.

Se a coisa ameaça fugir do controle, a gente sabe onde isso desemboca: indesejável 'tranca tudo'.

Essa maldição de medidas restritivas já começa a ser colocada em prática na Bahia, através de decreto a ser publicado nesta terça-feira pelo governador petista Rui Costa.

Se mês passado ele já havia suspendido a folia de Momo, agora vai limitar em três mil o público em estádios de futebol e eventos de apelo popular naquele Estado.

E se o caldo engrossar por aqui e se adotar mesma postura?

Alguns dirão que três mil tem sido a média de público nos jogos em Campinas, e que no frigir dos ovos fica 'elas por elas' entre bilheterias e despesas.

GUARANI

Calma. Não é bem por aí. Se para o Paulistão que se aproxima a Ponte Preta havia projetado bilheteria 'gorda' quase que exclusivamente contra o Santos, dia dois de fevereiro, no Estádio Moisés Lucarelli; de certo o Guarani contava com muita gente no Estádio Brinco de Ouro em pelo menos três jogos do Paulistão: contra o São Paulo, já na largada, 27 de janeiro; quando recepcionar o Santos no dia dois de fevereiro, e principalmente no dérbi campineiro programado para 20 de fevereiro, na condição de mandante.

REFAZER AS CONTAS

Natural que dirigentes de Guarani e Ponte Preta fizeram previsão financeira de 2022 dentro da normalidade, até porque ninguém imaginava uma regressão na história de Covid.

Como os fatos estão aí, de forma indesmentível, que dirigentes comecem a ficar com as barbas de molho, principalmente os pontepretanos que não haviam quitado salários atrasados até de funcionários.

Portanto, antes de anunciarem mais contratações, melhor, por enquanto, aquele necessário breque. Vai que...

  • Jose Ricardo I
    12/01/2022 22:55

    Ehhh Ari, parece que nada mudou.... Ano passado (12/02) nosso presidente disse: "vamos conviver com esse vírus por toda vida", bastou isso pra que seus opositores e o jornalismo militante dissessem que ele é negacionista, antivacina, etc, etc, pois bem cá estamos depois ter tomado de 3 doses de vacina, vacina que disseram inicialmente ser a "bala de prata" contra o vírus, depois corrigiram dizendo que era pra "amenizar" os efeitos, algo que também não se comprova, que não impede que..

  • Jose Ricardo II
    12/01/2022 22:54

    o vírus se propague e infecte as pessoas, tendo elas sido ou não sido vacinada. Quanto ao uso de máscaras também se mostrou inócuo, visto que o número de casos aumentou com esta variante nova, dizem que sem o uso dela o número de infectados seria maior, o que também não tem como se comprovar. Mas o mais importante que é o número de internações e mortes continuam baixos, se comparados a de outras variantes, contudo o jornalismo quer ver sangue, poucas mortes não "vende jornal"....

  • Jose Ricardo III
    12/01/2022 22:53

    Chego a conclusão que a cada variante haverá uma dose de vacina, os fabricantes de vacinas estão muito felizes, lucro certo. Está mais do que na hora de nos nos tocarmos que a covid deve ser encarada como uma gripe e aprendermos a conviver com ela, porque tudo o que for para acontecer, acontece, cedo ou tarde. Diminuir o público em 30% ou 100% nos estádios não terá efeito algum, é apenas um factoide político do governador calça apertada pra dar satisfação à imprensa.

  • Léo - Pr
    12/01/2022 01:31

    Ari todo torcedor gosta de boas contratação, mais será que esse tal de Eberlin não está sendo negligente com um time falido, logo essa dívida da ponte passa de 200 pra 400 milhões vai ser uma enxurrada de ações trabalhista desses grupo que saiu sem pagamento, tá fazendo investimento alto contando com torcedor que infelizmente não temos certeza se vai ter mesmo com a volta pesada desse vírus, e aí de onde ele vai tirar dinheiro pra pagar os salários.

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    11/01/2022 23:57

    MEU AMIGO ARIOVALDO IZAC, ESSA SUA FRASE NOS SEUS COMENTARIOS, (ESSA MALDIÇÂO DE MEDIDAS RESTRITIVAS) ESTOU COMPLEMENTANDO, GOVERNO ERROU NAS SUAS ATITUDES SOBRE AS VACINAS, PRINCIPALMENTE PELAS PESSOAS NÃO VACINADAS, ESTÃO COM CASOS GRAVES DENTRO DOS HOSPITAIS, CRIANÇAS ESTÃO DOENTES E MORRENDO NO BRASIL. HARKERS QUE ATACARAM MINISTÉRIO DA SAÚDE, BRASIL TODO FICOU SEM INFORMAÇÕES SOBRE A COVID E GRIPE...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    11/01/2022 23:57

    ... SERÁ QUE FOI OS HARKERS REALMENTE? SOMENTE APÓS NATAL E FIM DE ANO COMEÇOU O CIRCO DOS HORRORES 3, COM O SISTEMA VOLTANDO PARCIALMENTE. E A MAIOR PARTE DA POPULAÇÃO BRASILEIRA NÃO FEZ A SUA PARTE, NÃO SEGUIU A CIÊNCIA. COMPLETO MAIS AINDA APÓS A ENTREVISTA COLETIVA DO PRESIDENTE MARCO ANTÔNIO EBERLIN PARA IMPRENSA, DA SITUAÇÂO DA PONTE PRETA, SOBRE O CASO DO IVAN. QUE FIQUEI SABENDO HOJE, QUE TUDO QUE ESCREVI ONTEM PROCEDE...

  • ARIOVALDO ZANELLI (3)
    11/01/2022 23:56

    ... TODOS OS TIMES NO BRASIL FAZEM UM PLANEJAMENTO COM ANTECENDÊNCIA, CONFORME FOI EXPLANADO NO BLOG, SOBRE RECEITA/DIVIDAS/DESPESAS. SEM PÚBLICO NÃO EXISTE ARRECADAÇÃO, PORTANTO IREMOS SOFRER NOVAMENTE. COM A NOSSA QUERIDA PONTE PRETA QUE AMANOS, DESDE DO NOSSO NASCIMENTO. OBS.: ESCREVI SOMENTE SOBRE FUTEBOL. O CENÁRIO BRASILEIRO ATUAL, NÃO IREI ESCREVER NADA.

  • Profeta da Tribo
    11/01/2022 23:47

    A arrogância precede a queda, né, AAPP? Há pouco tempo, dizia ser o modelo de gestão profissional, o time das contas equilibradas, o clube referência em termos orçamentários. Agora, olha a situação! Funcionários comuns com salários atrasados há 3 meses, e isso diante de uma inflação superior a 10%. Até greve de silêncio teve ano passado. A AAPP paga por sua arrogância desmedida. Torcida do nariz empinado. Falta humildade.

  • Antonio
    11/01/2022 16:41

    Ari, assim como o Profeta estou surpreso com as contratações da Ponte. Muitos achavam que sem o apoio financeiro de Carnielli a situação seria crítica. Ou será que estão varrendo a poeira debaixo do tapete? A que pé fica a construção da arena?

10
JAN
Nas colunas da 'velharada', as histórias são sobre Adílton e Toninho Baiano

O reinício da coluna está bem chocho, com participação mínima dos antigos parceiros nos comentários, até porque a maioria sequer tomou conhecimento da volta de publicações após quatro meses.

Se um assunto de múltipla interpretação como a contratação do zagueiro Dedé, pela Ponte Preta, deu traço nos comentários, como me aprofundar em outros temas, como a suposta saída do goleiro Ivan e coisas do Guarani?

Já cobrei o jornalista Élcio Paiola, diretor do Futebol Interior, para que o pessoal da área de tecnologia coloque link direcionando o blog na página principal do portal, a fim de que o internauta seja informado sobre o tema que rola a cada dia.

OUTRAS COLUNAS

Enquanto isso não acontece, quem tem curiosidade sobre histórias da 'velharada' do futebol campineiro - provavelmente publicada apenas aqui -, basta clicar na opção Cadê Você, à direita de sua tela.

Ali, no âmbito doméstico, conto a história do saudoso centroavante Adílson, que chegou à Ponte Preta em 1973 para substituir Manfrini.

Sobre reminiscência, cenário nacional, o personagem em foco é o saudoso lateral-direito Toninho Baiano, dos tempos em que não era proibido boleiro ser identificado por apelido no futebol. O link é Memórias do Futebol.

  • Carlos Agostinis
    11/01/2022 23:56

    Lembram se só Douglas , goleiro do Guarani pedindo ajuda pra pagarem os funcionários do clube , quanto sarro aguentamos hein....agora o próprio presidente da Ponte se pronuncia que estão sem receber desde outubro, filme repetido , só que do outro lado agora , nada como um dia ou mês ou ano após o outro né ...Também já vi que o Ivan vai embora de graça , e mesmo se vender não recebe um centavo , já gastaram adiantando...

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    10/01/2022 21:00

    MEU AMIGO ARIOVALDO IZAC, VC DIZ QUE O NOSSO BLOG ESTÁ CHOCHO, FUTEBOL EM JANEIRO É MUITO FRACO. MUDANÇAS DE PRESIDENTES, TIMES FALIDOS, JOGADOR QUERENDO GANHAR UM SALÁRIO ALTO, MAS NÃO SABEM JOGAR BOLA A MAIOR PARTE, AGORA SOMENTE CONTRATAÇÕES E SAÍDAS DE JOGADORES. PARA A PONTE PRETA, O ASSUNTO É SAÍDA DO IVAN PARA O CORINTHIANS...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    10/01/2022 21:00

    ... QUANDO O GLOBO ESPORTE PASSOU UMA INFORMAÇÃO DO INTERESSE DO CORINTHIANS SOBRE IVAN, COMEÇARAM SURGIR INFORMAÇÔES QUE REALMENTE FIQUEI MUITO PREOCULPADO. VEJAM BEM: OS DIRIGENTES DA PONTE SEQUER TÊM AUTONOMIA PARA DECIDIR O FUTURO DE IVAN NESSE MOMENTO, NO ENTANTO A CÚPULA DO TIMÃO ESTÁ TOMANDO CONHECIMENTO DE TODO O IMBRÓGLIO. TER SEGURANÇA JURÍDICA SERÁ PRIMORDIAL PARA O CORINTHIANS AVANÇAR...

  • ARIOVALDO ZANELLI (3)
    10/01/2022 21:00

    ... O SETOR COMPLICANCE (RISCOS/SEGURANÇA ) DO CLUBE JÁ FOI INFORMADO. ESTÁ MUITO CLARO QUE A PONTE PRETA NÃO TEM 100% DO PASSE. FORAM EMPRESTADOS MUITO DINHEIRO PARA MUITAS PESSOAS OU EMPRESAS, QUE FICARAM COM UMA FATIA DO BOLO. PORTANTO O PRESIDENTE DA PONTE PRECISA FAZER UMA AUDITORIA INTERNA E EXTERNA SOBRE O GOLEIRO IVAN. OS TORCEDORES DA PONTE PRECISAM SABER EM DETALHES DE TODAS NEGOCIAÇÕES. E AS PESSOAS ENVOLVIDAS NO ASSUNTO E PERCENTUAIS DE CADA PARTICIPANTES...

  • ARIOVALDO ZANELLI (4)
    10/01/2022 20:59

    ... COMO O CORINTHIANS FICOU SABENDO DE TUDO ANTES DO PRESIDENTE DA PONTE PRETA, IREI PEGAR PESADO SOBRE ESSE ASSUNTO, POIS É FATO OU FAKE? SOBRE CONTRATAÇÃO, PRECISAMOS DE UM BOM CAMISA 10, CÉREBRO DO TIME E UM BOM CAMISA 9, GOLEADOR. SEM ESSES 2 JOGADORES NÃO CHEGAM EM LUGAR ALGUM NO CAMPEONATO PAULISTA/BRASILEIRO/COPA DO BRASIL. IREMOS SOFRER NOVAMENTE. SOBRE AS CONTRATAÇÕES REALIZADAS PELA PONTE, IREI DAR A MINHA OPINIÃO MAIS TARDE, POIS ESTÃO FORA DE FORMA.

  • Profeta da Tribo 1
    10/01/2022 14:38

    Sobre o Guarani: acho que fortalecemos nosso sistema defensivo. Contratamos um goleiro ligeiramente melhor do que os atuais, e estou acreditando muito no zagueiro Derlan. Parece forte na bola alta, ter boa velocidade e um passe bem vertical. Ernando não foi bem no Vasco, mas é um zagueiro de experiência e creio que vai ajudar. João Victor é jovem, mas parece ter potencial e boa velocidade. Acredito que não sentiremos falta do Thales. Tomara que eu esteja certo.

  • Profeta da Tribo 2
    10/01/2022 14:37

    No meio de campo, mantivemos o Bruno Silva, bom jogador. A saída do Andrade não será tão lamentada, porque apesar de ele ter tido momentos de ótimo futebol, claramente estava acima do peso e às vezes transmitia certa displicência. Acredito que Silas e/ou Person darão uma dinâmica interessante na segunda volância. Acredito que houve uma ligeira melhora nessa posição.

  • Profeta da Tribo 3
    10/01/2022 14:36

    Sobre o sistema ofensivo: manutenção de Julio Cesar e Lucão foi acertada. Creio que Iago ou Veluto, ao menos um dos dois, irá bem. Torço para Maxwel melhorar de produção. Agora tem que contratar uma alternativa ao Lucão, caso ele não vá bem (mas acredito muito que irá bem sim). E o meia? Se chegar Giovanni Augusto, será boa contratação. Mas terá que trazer mais um, e que não seja o tal de Matheus Oliveira, que é muito ruim de bola.

  • Profeta da Tribo 4
    10/01/2022 14:35

    Confesso que estou surpreso com o nível das contratações da AAPP. Dedé, Matheus Jesus e Lucca vão dar um salto enorme de qualidade no time, fora os outros nomes, menos badalados, mas muito bons. O Eberlin deve ter alguma carta na manga para pagar todo esse salário. Dizem que tem funcionário sem receber desde outubro. Complicado priorizar os jogadores e deixar os funcionários comuns, que ganham pouquinho, passar necessidade.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo