17
JAN
TV Globo está perdendo espaço nos estaduais

Enquanto a bola não rola no Paulistão 2022, com largada apenas no próximo domingo entre Novorizontino e Palmeiras, no interior paulista; pelo Campeonato Baiano já começou o martírio de torcedores do Vitória e Bahia, pois ambos não passaram de empates na rodada inaugural da competição, no último final de semana.

Depois de amargurar rebaixamento do Vitória à terceira divisão nacional, seus torcedores lamentaram empate por 1 a 1 com o Juazeirense, em Salvador.

Já o Bahia, jogando em Feira de Santana contra o Bahia local, ficou no empate por 2 a 2, o que mostra que nada mudou após queda da equipe à Série B do Campeonato Brasileiro.

Detalhe: após dez anos a TV Globo perdeu os direitos de transmissão de jogos do Baianão, que passaram a ter exclusividade da TV Educativa da Bahia.

FIM DO MONOPÓLIO

Se a TV Record já havia assegurado direito de transmissões de jogos dos estaduais de São Paulo e Rio de Janeiro em canais abertos, no Paraná as transmissões serão pela TV Nsport, via Internet, ao custo de R$ 79,90 para torcedores que adquirirem o pacote, com possibilidade de parcelamento em quatro vezes.

Observação: Grupo Globo ainda negociou espaço para transmitir jogos do Paulistão através do pay-per-view, na opção Premiere.

Globo mantém exclusividade para transmissões em redes abertas nas praças de Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco, considerando-se os principais centros de futebol do país.

Ressalva: só terá direito para transmitir jogos do Cruzeiro enquanto visitante, visto que o clube estava negociando transmissões pela Internet, na condição de mandante.

Ainda não existem comentários.

14
JAN
Alô Guarani: cuidado com supostas negociações

Há um dito popular mais ou menos assim: 'enquanto você está vindo com a farinha eu já estou voltando com o bolo'.

E assim deveriam agir homens que integram departamento de futebol de clubes.

Pelos lado do Guarani, ficaram olhando as apostas da Ponte Preta em boleiros rodados, que se ajustaram à realidade financeira do clube, e teriam ensaiado investidas semelhantes como últimas tacadas na complementação do elenco visando o próximo Paulistão.

MARQUINHOS GABRIEL

Alguém falou que o meia Marquinhos Gabriel está em disponibilidade no mercado, após encerramento de vínculo com o Vasco, e teria gente no Estádio Brinco de Ouro de olhos arregalados e já imaginando que as perdas dos meias Régis e Andrigo poderiam ser compensadas com a contratação dele.

Se de fato pensaram em Marquinhos Gabriel, sugiro que observem jogos do Vasco na última Série B do Campeonato Brasileiro, pra sossegarem o facho.

Nem de longe Marquinhos Gabriel repetiu no Vasco aquilo visto anos atrás no Corinthians, a exemplo de passagens em Cruzeiro e Athletico Paranaense.

MARCINHO

Tivessem os homens do futebol do Guarani antenados, projetariam dificuldade para acerto financeiro com Régis e cogitariam eventual substituto.

É aí que entra o dito popular de 'enquanto você está vindo com a farinha eu já estou voltando com o bolo'.

Meia Marcinho, relegado pelo treinador Vanderlei Luxemburgo no Cruzeiro, seria contratação até com mais vantagem comparativamente a Régis.

Aí dormiram no ponto e o destino do atleta foi o Novorizontino, pra trabalhar novamente com o treinador Léo Condé, a exemplo de que já ocorreu no Sampaio Corrêa.

Outra alternativa seria o meia Gabriel, que renovou contrato com o CSA.

CENTROAVANTE

Nome do centroavante André foi igualmente ventilado pelos corredores do Estádio Brinco de Ouro, sem qualquer confirmação de interesse.

Ainda bem. O André em questão nada tem a ver com aquele que fez sucesso no Santos no biênio 2009/10.

Talvez os homens do futebol do Guarani não se deram conta da viabilidade de contratação do centroavante Erison, que defendeu o Brasil de Pelotas na última Série B.

Saibam, pois, que o atleta participou de 19 jogos no clube gaúcho e marcou oito gols, um aproveitamento considerável num time sem a devida qualidade para organização de jogadas ofensivas.

Como o atleta havia sido emprestado pelo XV de Piracicaba ao Brasil, eis que o Botafogo do Rio de Janeiro decidiu contratá-lo.

Aí entrou a visão do treinador Enderson Moreira, que constatou virtudes no atleta para ocupar a lacuna deixada por Rafael Navarro, que se transferiu para o Palmeiras.

  • TIO LEI - ao amigo José Ricardo.
    15/01/2022 23:48

    Parabéns por seu posicionamento em relação à vacina. Concordo em gênero, numero e grau.

  • Carlos Agostinis
    15/01/2022 14:24

    Ari, o Marquinhos Gabriel é um craque , tem que deixar ele jogar solto , igual era o Neto, Djalminha , Jorge Mendonça , além de colocarem ele pra fazer marcação , que ele não sabe, além de não gostar , ainda atrasam salário , deixam no banco etc ....se deixar ele jogar e por dois carregadores de piano perto dele te garanto que seria o craque da série B , futebol pra isso ele tem , mas a treinadorzada de hoje hein.....

  • Léo - Pr
    15/01/2022 14:23

    André balada não pelo amor de deus, é melhor Lucão já adaptado, agora Marquinhos Gabriel eu acho que seria um Valter minhoca de 2009 acho que vale a pena arriscar.

  • Léo - Pr
    15/01/2022 14:22

    Ari João da Teixeira não voltou estranho né.

  • Léo - Pr
    15/01/2022 02:56

    Giovanni Augusto acho que o Guarani errou aí, vou explicar, primeiro acho um bom jogador mais é um aventureiro visto que fez contrato só para o paulista, se for mau o Guarani não renova para série b, se for bem ele vai deixar nós chupando o dedo, no Coritiba foi assim era um dos destaques do time na aquele brasileiro surgiu a proposta ele não pensou duas vezes vazou, espero que eu esteja errado porque tem qualidade pra substituir o Régis.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo