24
MAI
Nosso silêncio para que Temer fosse mantido na presidência resultou nesse desmando

Gente, não há como dissertar sobre futebol se o país virou de ponta cabeça, com a greve dos caminhoneiros que parou literalmente o país, provocou efeito cascata na economia nacional, mas felizmente parece se encaminhar para o final.

Não é preciso refletir muito que nós temos parcela de culpa nessa bagunça generalizada que se transformou o país nos últimos dias.

Assistimos calado o presidente Michel Temer praticar aquilo que é de pior no período republicano, com troca de votos por emendas parlamentares a deputados federais, para continuar de pé, e fingimos que não tínhamos nada a ver com isso.

DILMA E LULA

Sim, esgoelamos nas ruas para que a então presidente Dilma Rousseff fosse colocada fora do Palácio do Planalto. Ajudamos a varrer o pernicioso governo petista. Regozijamos do justo encarceramento de seu líder capital - caso do ex-presidente Lula -, e posteriormente nos portamos apenas como espectadores de iniquidades de Michel Temer, que ficou com a caneta nas mãos para tomadas de decisões que nos contrariaram.

Incrível acreditar que alguém, como ele, que recebeu o denunciado empresário Joesley Batista no Palácio do Jaburu na calada da noite, fora da agenda presidencial, flagrado em diálogo deplorável, fosse se sustentar no cargo.

Já sem incômodo de movimentos de protesto como ‘Vem pra Rua’ e ‘MBL’, que cessaram o barulho; sem que incidisse sobre Temer o peso das ruas, deputados ingênuos e fisiologistas nos desafiaram e votaram para salvar a pele do acusado de duas denúncias criminais. Assim, adiaram para janeiro o processo de investigação, com transferência à Justiça Federal de primeira instância.

A desmobilização popular permitiu continuidade do desgoverno, que resultou neste alto preço de descontrole.

Fosse Temer retirado da presidência - a exemplo de Dilma - o primeiro na escala sucessória seria Rodrigo Maia (DEM), que preside a Câmara Federal, igualmente denunciado, com diferencial de que o que pesa contra ele representa agulha no palheiro se comparado a Temer.

TERCEIRA DENÚNCIA

Todo processo de cooptação de deputados ainda não deixa Temer em situação confortável. Na iminência de uma terceira denúncia criminal, por decreto que teria provocado benefício a empresa que opera no porto de Santos, de certo já não terá aquele apoio maciço daqueles parlamentares.

Agora que o incompetente governo federal consegue ‘debelar o incêndio’ às custas de rombo irremediável, resta-nos observar quais foram os deputados que colaboraram para o estilhaço nos últimos dois anos, a fim de que recebam dura resposta nas urnas.

Avalie bem as tais bancadas adeptas do toma lá, dá cá.

Se você até machuca a ponta do dedo indicativo quando acessa o seu smartphone, faça bom uso dele nos locais de votação, e descarte ingênuos e promíscuos para o legislativo federal.

Se de todo mal há uma luz no fim do túnel, que essa luz seja você não se enganar mais uma vez na escolha de seu representante.

  • João da Teixeira
    25/05/2018 13:18

    Um cidadão de nome Kasper escreveu no G1 que a greve dos caminhoneiros mostra vários problemas: "1) o peso dos impostos, inclusive nos combustíveis; 2) a dependência do modal rodoviário nos transportes; 3) o governo Temer acabou; 4) a Petrobras precisa ser privatizada; 5) o Estado brasileiro necessita sempre de mais impostos, para saciar a sua corrupção; e 6) na atual sociedade brasileira, a maioria se preocupa mais com o "salve-se quem puder!" Pois é gente , assino em baixo!

  • Marcelo
    25/05/2018 13:16

    nao queria envolver a ponte, acho ate legal eles dizerem que esta tudo bem por la...rsrs nesse campeonato, perdemos para o fortaleza com 6 jogadores nao titulares, perdemos aos 49 minutos. empatomos com o goias, nao e facil ganhar la. e o derby, por influencia da imprensa, onde o nosso treinador se deixou por levar, alterando em 6 posiçoes , num jogo de muita importancia. alias, entregamos o derby, pois o time que ganhou e isso que estamos vendo...

  • João da Teixeira
    25/05/2018 10:15

    O governo fez um acordo com os Sindicalistas Rodoviários, mas a greve parece não ter terminado. O que está parecendo que a greve não é do sindicato e sim dos caminhoneiros autônomos e alguns empresários do ramo, portanto não acharam interessante a proposta. Nem os caminhoneiros acreditam mais em sindicalistas, sabem que nessa hora é que eles ganham muito dinheiro para por panos quentes e atenuar a situação governista. Não sei não, mas a coisa parece estar sem controle. Problema

  • Profeta da Tribo
    25/05/2018 10:13

    Meu voto é Jair Bolsonaro. Como cidadão de bem, eu quero o fim da maioridade penal, o fim da redução de pena e liberdade condicional, o fim do sucateamento e indisciplina das escolas públicas, o fim de um estado gigante com um aparato altamente custoso, o fim de altar cargas tributárias para sustentar esse estado e prover recursos para corrupção. Jair Bolsonaro é meu candidato. Qualquer outro é mais do mesmo, são todos farinha do mesmo saco.

  • João da Teixeira
    25/05/2018 10:12

    O governo de Temer é a continuidade do governo do PT, afinal ele era Vice e se fosse contra o governo petistas, porque não largou o "osso" de Vice Presidente naquele momento. Não havia interesse, queria ficar em evidência, portanto, esse cara tinha que ter saído junto com o Lula e não deixar ele dar continuidade. Só uma declaração que vi em um vídeo, que ele deu no RS, para que empresários contratassem profissionais formados no exterior que tinham mais para contribuir do que...

  • João da Teixeira 2
    25/05/2018 10:10

    cont. ... contratassem profissionais formados no exterior que tinham mais para contribuir em seus negócios do que se contratassem profissionais formados no Brasil. Só por aí dá para ver quem estava no comando do nosso país. Falou como se o Brasil não era dele, de sua administração. Um verdadeiro "picareta" e tudo mais. Agora, cadê os caras que querem que vc. aborde somente coisas do futebol? A coisa fervendo aí fora, e nós falando de futebol! Se durar mais uma semana...

  • João da Teixeira 3
    25/05/2018 10:07

    cont. ...Se durar mais uma semana o desabastecimento e gente pensando no seu próprio umbigo, como foi os flagrantes feitos pelas câmeras da TV onde tinha gente enchendo tanque de 1000 l. de gasolina em cima de caminhonete em posto de combustível e a fila aguardando para encher o tanque dos seus carros, aquele cidadão só não levou um tiro porque não tinha ninguém armado lá. E outros casos, um passinho para iniciar uma guerra civil. Governo corrupto desonesto e irresponsável...

22
MAI
Rendimento de Danilo Barcelos está bem aquém do sugerido pelos pontepretanos

Já não tenho ‘saco’ pra ouvir entrevistas óbvias de boleiros de Guarani e Ponte Preta, principalmente no formato de coletivas, quando os assuntos não fluem.

Sequer escutei programa esportivo de rádio nesta terça-feira, mas li no portal da casa que o polivalente Danilo Barcelos, da Ponte Preta, foi o entrevistado.

Sei lá eu se alguém o questionou por que ofensivamente ele nada tem acrescentado no time pontepretano?

Ora, sequer o papel razoável de organizador ele tem colocado em prática, como cobrar velocidade de jogadas de fundo de campo pelo lado esquerdo?

O que ninguém pode negar é que se esforça bastante para ajudar a cercar espaços no meio de campo. Esforçado, portanto.

LATERAL-ESQUERDO

Há uma corrente que cobra dele atuação como lateral-esquerdo, posição de origem, mas até na marcação o rendimento tem sido inferior comparativamente a Orinho.

Outrora, quando o repórter tinha liberdade para fazer entrevista individualizada com atleta, os assuntos fluíam.

Agora, com as limitações impostas aos profissionais de comunicação - e por comodismo de alguns deles -, o atleta prioriza a fala do conjunto, e esquiva-se da autocrítica.

"Fizemos uma má partida e a cobrança do professor é válida. A gente tinha que ter essa cobrança, entre nós está tendo essa cobrança. O mais importante é ter a consciência que muita coisa precisa ser melhorada", disse.

Como dizia o saudoso jornalista Nelson Rodrigues, eis aí mais um capítulo do óbvio ululante. Só faltava o treinador não cobrar, inclusive de Barcelos, que precisa mostrar muito mais de que pegar bem na bola.

  • João da Teixeira
    24/05/2018 17:58

    O povo de saco cheio com o bando de gestores incompetentes do governo, custo de vida alto, desemprego em todos os setores, desabastecimento, incertezas, povo sem esperança, uma Venezuela camuflada, e os políticos ainda brincando de faz de conta que governa o Brasil. Já está na hora de todos dar um basta na roubalheira. Vi um vídeo hoje, onde o empresário Dalçoquio "rasga o verbo" contra esses políticos corruptos e comunistas. Aah se isso acontecesse nos tempos de Napoleão...

  • João da Teixeira
    24/05/2018 17:57

    Na contramão dos aumentos de preço, alguns postos organizam, o "dia sem imposto" e vendem o produto sem a taxação. O movimento é motivado pela campanha "Dia da Liberdade de Impostos", organizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Na cidade de Montes Claros-MG, um posto vende o litro de gasolina por R$2,10, um desconto de mais de 50% em relação ao atual preço. O objetivo principal deste dia é mostrar ao brasileiro que até hoje 24/05, ele trabalhou para pagar impostos.

  • Profeta da Tribo
    24/05/2018 10:01

    Barban, isso se deve à arrogância da cúpula da AAPP. A arrogância massacra as pessoas. É difícil render em ambientes onde os chefes respiram prepotência. Triste isso.

  • João da Teixeira
    24/05/2018 10:00

    Pedro Parente, Presidente da Petrobras, tentou desmobilizar os caminhoneiros que não caíram na conversa dele. Tudo isso, com certeza, maquinado pelo governo, apesar dele dizer que não. Com isso o governo teria tempo de pensar em uma saída sem a pressão das ruas. Pior, sinalizou que a Petrobras tem margem sim para reduzir em pelo menos 10% os valores do Diesel e dos combustíveis de maneira geral. O fato é que o governo não quer mexer nas suas mordomias, no custo que eles dão.

  • João da Teixeira
    24/05/2018 09:59

    A população ao invés de ajudar os caminhoneiros em suas reivindicações e que não deixa de ser nossa, já que o preço dos transportes dos produtos são repassados para o consumidor final ao comprarmos esses produtos, ainda fazem filas em postos de combustíveis e ainda reclamam da greve. Outros aproveitam a situação e aumentar os produtos pela falta dele no mercado. No DF, tem posto que cobrava R$9,99/l. de gasosa. A batata teve um salto descomunal em algumas revendas. Ôoo povinho!

  • João da Teixeira
    24/05/2018 09:58

    Com relação aos transportes estarem nas mãos dos rodoviários, bem feito para o governo, que sempre teve a "mão molhada" financeiramente por essa categoria, para defender seus interesses. Veja o VLT em Campinas, não foi para frente por 2 motivos, 1º era uma obra iniciada pela oposição e o governo subsequente não quis dar continuidade. Por esse motivo e um 2º, os empresários de ônibus de Campinas "molharam as mãos" dos políticos municipais sem dó, para evitar a implantação do VLT

  • João da Teixeira
    24/05/2018 09:58

    Com relação aos transportes estarem nas mãos dos rodoviários, bem feito para o governo, que sempre teve a "mão molhada" financeiramente por essa categoria, para defender seus interesses. Veja o VLT em Campinas, não foi para frente por 2 motivos, 1º era uma obra iniciada pela oposição e o governo subsequente não quis dar continuidade. Por esse motivo e um 2º, os empresários de ônibus de Campinas "molharam as mãos" dos políticos municipais sem dó, para evitar a implantação do VLT

  • Barban
    23/05/2018 14:15

    Acredito que isso é um problema que ocorre a anos na ponte. Jogadores que podem render mais e não consegue. Precisamos entender porque isso acontece; É falta de estrutura ? Ambiente toxico para o trabalho ? Falta de vontade ? Não dá pra saber com a mesma pessoa no poder há 20 anos

  • mauricio
    23/05/2018 14:14

    Jogador fraco so sabe bater na bola bem ,cortina de fumaça para vender ao Atletico uma promessa de 19 anos lateral direito por 5 milhões sa sumiu a grana ,a Ponte é especialista em vender jogador rápido sem critério do ex afastado presidente Sergio Carnielle é um time de barriga de aluguel o ex Sergio sabe que seu tempo de Ponte esta se esgotando nao vai conseguir muita coisa com essa política de jogador barato para disputar o a serie B vai sair pela porta do fundos !!!

  • João da Teixeira
    23/05/2018 14:14

    A Ponte é um time "Feijão com Arroz", mas sem tempero nenhum. Isso já está incomodando a torcida desde o Paulista, onde não conseguiu fazer uma vitória em casa. Jogadores precisam entender que o futuro deles dependem de fazer seu time ficar bem na fita, ficar em evidência. O estrelismo de uma profissão de glamour, mas de pouca inteligência necessária, não adiantam nada. Esses caras não entendem que eles sobem com o time se esse vai bem e descem, caso contrário. Falta inteligência

  • João da Teixeira
    23/05/2018 14:13

    Já às portas de uma nova Copa do Mundo, os brasileiros ainda sofrem com os fantasmas da Copa de 2014. Em 12 cidades-sedes onde foram realizados os jogos da Copa no Brasil, 11 delas ainda tem obras inacabadas visando aquela Copa. Pasmem, apenas o Rio terminou todas, fora do prazo e após a Copa, mas terminou. As demais, bem, perguntem ao Lula, ao Temer e ao governo dessas cidades, onde estão o dinheiro para o término das mesmas. As desculpas são as mais esfarrapadas possíveis

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo