04
FEB
Que demora pra definições em Guarani e Ponte Preta!

Se Felipe Conceição tratou de se mandar do Guarani, se Léo Condé rejeitou trabalhar em Campinas e seguiu para Novo Horizonte, se Marcelo Chamusca exigiu da diretoria bugrina garantias de pagamentos dos salários, é sinal que essa 'treinadorzada' desconfia que o dinheiro está 'curto' no clube.

Sem a chegada do novo treinador, o Departamento de Futebol do Guarani fica de mãos atadas para reformulação do elenco.

PONTE PRETA

E o gerente de futebol Alex Brasil, da Ponte Preta?

Falaram que o homem teria criatividade pra montar times baratos e competitivos, mas por ora até contratos de jogadores supostamente dispensáveis - que querem mantê-los no elenco - não são renovados.

Se estão projetando continuidade do atacante de beirada Guilherme Pato, por que não sondar o rápido Ronald, do Botafogo de Ribeirão Preto.

Longe de se julgar o botafoguense jogador acima da média, mas pelo menos Ronald puxa contra-ataques em altíssima velocidade, que seria uma alternativa para entrar no transcorrer de partidas, principalmente quando o time estiver acuado.

Por sinal, o Botafogo está fazendo limpeza no elenco, e Ronald não estaria entre os dispensáveis, até porque naquele time horroroso marcou cinco gols na Série B do Campeonato Brasileiro.

Adivinhem se o meia Bady - ex-Ponte Preta e Guarani - está na lista de dispensa do Botafogo?

Claro que sim, a partir da chegada de Alexandre Gallo como treinador, para trabalho de reconstrução.

CORINTHIANS

Corinthians vence Ceará
Corinthians vence Ceará

Tá certo que nas mãos do treinador Wagner Mancini o Corinthians deu uma melhoradinha, mas convenhamos que foi duro assistir ao jogo em que ele venceu o Ceará por 2 a 1 em São Paulo, na noite desta quarta-feira.

Foi aquele joguinho morno. A equipe cearense roda a bola de uma lateral a outra, mas não tem eficácia para infiltração.

Já o Corinthians fez apenas pro gasto.

SAMPAOLI

Todos nós que rasgamos elogios para o treinador argentino Jorge Sampaoli sobre reformulação parcial no elenco do Atlético Mineiro não demos conta que o time valia-se de algumas individualidades, principalmente o atacante Keno, que se lesionou.

Que timaço é esse do Galo que perdeu para o Goiás ?

Ainda não existem comentários.

03
FEB
Contratação de jogador se transformou em loteria; Guarani acertou e errou

Esse troço chamado futebol é coisa de doido.

Giovanny: fora dos planos do Guarani
Giovanny: fora dos planos do Guarani

Meia-atacante Giovanny, na lista dos dispensados do Guarani, já mostrou no próprio clube que tem qualidades, mas ultimamente havia se transformado em 'peso morto', quer quando escalado desde o início, quer entrando no transcorrer do segundo tempo.

Motivo? Homens do futebol deveriam ter avaliado e diagnosticado.

Por outro lado, o polivalente Pablo, então duramente criticado por torcedores, terminou participação nesta Série B do Campeonato Brasileiro como um dos pilares da equipe quando escalado na lateral-direita ou como atacante de beirada.

Como o Guarani entra em fase de reformulação do elenco, aguardando a confirmação do sucessor de Felipe Conceição no comando técnico, para respaldar os indicados, não contem com cem por cento de acerto sobre aqueles que virão.

NORTE E NORDESTE

Outrora avaliava-se risco de contratações de jogadores do Norte e Nordeste, antevendo-se dificuldades de adaptação.

Isso acabou. Jogador qualificado se enquadra em qualquer canto do País.

E se o pessoal do Departamento de Futebol Profissional do Guarani esteve devidamente ligado nesta Série B do Campeonato Brasileiro, de certo constatou que de ponta a ponta do País há jogadores com alguns recursos técnicos e contratáveis, de acordo com planilha financeira dos bugrinos.

Claro que os dirigentes do Guarani não podem demorar tanto para tomada de decisão, porque outros clubes estão igualmente em processo de reformulação, e em busca de atletas que se encaixem em seu perfil.

CADÊ VOCÊ E MEMÓRIAS DO FUTEBOL

O focalizado na coluna Cadê Você é o ex-zagueiro Wilson Gottardo, que vindo de Santa Bárbara d'Oeste, do União Barbarense, emplacou no Guarani, após se submeter a testes na década de 80.

Está no ar, também, o áudio Memórias do Futebol, com citação do então lateral-direito Vitor, o único atleta brasileiro a conquistar quatro vezes a Libertadores, a começar pelo São Paulo.

Ainda não existem comentários.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo