07
JAN
Promoção da molecada é indício de reformulação em curso no Guarani

Já que elucubrar não é pecado, então que elucubremos sobre o Guarani.

Estariam comissão técnica do clube e dirigentes com projeto de reformulação, independentemente daquilo que possa ocorrer na sequência desta Série B do Campeonato Brasileiro?

Técnico Felipe Conceição
Técnico Felipe Conceição

Se é fato que o Guarani tem colocado em prática intensidade ofensiva nos últimos jogos em Campinas, até com abuso de bola alçada à área adversária, por que o treinador Felipe Conceição sequer tem feito uso do centroavante Rafael Costa, jogador de área de ofício?

Evidente que Rafael Costa é jogador de pouca mobilidade e a baixa estatura o prejudica no jogo aéreo, mas pelas circunstâncias de bola rondando seguidamente a área adversária, até que poderia ser opção em caso de placar adverso, mas tem sido relegado.

Esse é um claro indício de que o jogador esteja fora dos planos para a temporada, e assim passa a dar espaço a outros como o garoto Matheus Souza, da mesma posição, que tem sido apoiado.

BIDU E ELIEL

Como explicar as sucessivas vezes em que o lateral-esquerdo Eliel tem entrado na equipe?

Se no segundo tempo diante do Sampaio Corrêa ocupou o lugar do atacante de beirada Renanzinho, para ajudar numa dobra de marcação no setor, nada justifica ter substituído Bidu em partidas com grau maior de dificuldades contra América Mineiro e Ponte Preta.

Em jogos que o Guarani não tinha o placar favorável, como prescindir de Bidu para escalar um substituto que por ora se vale apenas da voluntariedade?

Ainda por conta de elucubração, estaria encaminhada suposta negociação de Bidu, e com isso já se busca preparar um substituto?

LUDKE E VICTOR RAMON

A perda de espaço do lateral-direito Cristóvam para o surgimento do novato Matheus Ludke na posição é outra amostragem de que já se pensa no próximo Paulistão com grupo modificado.

Cabe lembrar que o recém-saído da base Victor Ramon, quarto-zagueiro, teve o batismo de fogo no time bugrino em jogo contra o Cruzeiro, no Estádio Mineirão, no empate por 3 a 3.

Falhou sim naquela ocasião, mas, mantido no time contra a Chapecoense, até marcou gol de cabeça na vitória bugrina.

ELENCO BARATO

Sem recursos para reformulação do elenco com jogadores qualificados, já há direcionamento da diretoria bugrina, em consonância com comissão técnica, de promoção da garotada da base, como já foi o caso de Matheus Ludke, Eliel, Renanzinho, Matheus Souza e Victor Ramon.

Outros ainda poderão ser puxados ao profissional, e assim se juntarem a remanescentes selecionados a dedo, para complemento com contratações pontuais indicadas pelo treinador Felipe Conceição.

Portanto, embora não tenha descartado a possibilidade de 'luta' pelo acesso nesta Série B do Campeonato Brasileiro, os fatos vão se encaixando de que uma reformulação já está em curso no Guarani, até porque a largada do Paulistão está prevista dentro de um mês e não há tempo a perder.

  • João da Teixeira
    07/01/2021 21:36

    Ceni pondo os pés pelas mãos. Rogério Ceni teve uma atitude típica de quem é arrogante e autosuficiente, veja o que ele disse: "O que nós criamos é suficiente para marcar gols e vencer o jogo. Agora, os erros que cometemos são grotescos para uma equipe que quer ser campeã". Jogou toda a responsabilidade sobre os jogadores, ou seja, o trabalho é bom, mas os jogadores estão errando de forma grotesca. Eu sou bom e vocês estragam tudo. O efeito imediato disso é perder a parceria.

  • Herald
    07/01/2021 21:35

    Não estranhei o fato do Conceição optar pelos mais jovens num elenco que não é nenhum primor de qualidade técnica, assolado por covid e lesões. Acho que acertou na escalação inicial. Ludke foi uma aposta, assim como Victor Ramon contra o Cruzeiro, mas, como digo há tempos, o Cristóvam, embora de qualidade razoável, não tem boa condição física e é facilmente batido em velocidade. E teria que enfrentar o melhor atacante da Ponte.

  • Herald II
    07/01/2021 21:35

    No ataque, lembremos que havia 3 ausências: Pablo, Sávio e Todinho. Natural a manutenção do Renanzinho, já que fez vários jogos, é irregular, mas vem subindo de produção e contribuído com gols. Quanto ao Matheus Souza, o melhor argumento é a pouca mobilidade e a fase ruim do Rafael Costa. Certo que faltou experiência para definir 2 lances vitais, mas mostrou velocidade, disposição e certa qualidade quando deixou 2 marcadores mais perdidos que cachorro em dia de mudança.

  • Herald III
    07/01/2021 21:34

    Quanto às substituições, creio que o técnico não tenha muita paciência se não for cumprido o combinado, mas acho que o Crispim, que tem sido o melhor do time, poderia ter saído no intervalo. Faltavam 5 minutos. É a entrada do Eliel,, no fim do jogo, talvez pelo cansaço do Bidu, que correu muito. Resumindo, um time modesto, com meia dúzia de garotos da base, fez um bom jogo e poderia, sim, ter ganho da Macaca, que investiu muito mais pra subir neste ano.

  • Herald IV
    07/01/2021 21:33

    Finalizando, vejo com bons olhos a utilização da base, para dar casca aos garotos, economizar na montagem do grupo para a temporada 2021 e viabilizar algum ganho com possíveis vendas. E o Conceição parece ser talhado para esse trabalho. Mas tem que ter o apoio e paciência da torcida, o respaldo da diretoria e que a imprensa tenha consciência das dificuldades, dos erros e derrotas que virão até a consolidação do processo.

  • Profeta da Tribo
    07/01/2021 18:10

    Nossa, saiu notícia de atraso de salários na AAPP! Que coisa! Para o Bayern de Campinas! O modelo de gestão! O time das contas em dia! A associação financeiramente saudável! Nossa, incrível!

  • Léo - Pr
    07/01/2021 13:07

    Ari tudo bem acho válido colocar os garotos sim mais desde que melhore a qualidade técnica do restante do grupo, e até 4 garotos é normal mais que isso seria exagero,pelo menos o jogo conta a Ponte acho que seria melhor jogador mais experiente mais devido contusões e corona faltou opção pro treinador Conceição.

  • Léo - Pr
    07/01/2021 13:07

    Fla x Flu ontem foi bem parecido com jogo de Guaraní x Ponte,só que Flamengo não teve tanta sorte e perdeu, joga melhor posse de bola mais acaba nos contra ataque se dando mal.

  • Profeta da Tribo 1
    07/01/2021 13:04

    Ari, a sua elucubração faz sentido. É bom o Guarani dar espaço para a base. Faz parte do DNA, e ajuda nas finanças ao economizar salários, e pode ajudar em futuras vendas (apesar de que o Bugre deve ter percentuais pequenos dos direitos). Esses meninos que estão tendo chances têm potencial, mas precisam de mais confiança, experiência, aprimorar alguns fundamentos e aprender alguns atalhos do jogo. E eu acho que o Conceição é o treinador certo para isso. Por quê?

  • Profeta da Tribo 2
    07/01/2021 13:04

    Primeiro, porque o Conceição implanta um esquema tático onde é claro o que cada jogador tem que fazer. Isso ajuda principalmente a garotada da base. Segundo, que o Conceição sabe injetar confiança nos jogadores. Terceiro, poucos notam, mas alguns jogadores começaram a ter melhorias técnicas simples, mas que fazem a diferença. Por exemplo, reparem como Bidu começou a usar mais a perna direita e Pablo, a esquerda. Isso é dedo do treinador, e são detalhes que ajudam muito nos jogos.

  • Profeta da Tribo 3
    07/01/2021 13:03

    Só vejo que tem que ter cautela com reformulações. Penso que elas se justificam quando a questão é financeira, ou de elenco rachado, ou de campanha pífia. Caso contrário, o mais inteligente é fazer a melhoria contínua: mantém os atletas mais utilizados da campanha anterior, e contrata novos que sejam, no mínimo, tão bons quanto os remanescentes. Quando se fazem profundas reformulações, sempre existe o risco de piorar. No esquema da melhoria contínua, esse risco é muito pequeno.

  • João da Teixeira
    07/01/2021 13:03

    Tem fogo nesse "Pantanal", que tem, tem! Conversinha do Conceição é de que, ou está se auto promovendo, ou preparando a torcida para algo de grandes mudanças que serão sentjdas. Tem lógica sim essas análises de comportamento. Tem outra, que jogadores que são do Gfc mesmo? Conceição sabe que terá que preparar a base para o futuro, pois se não, essa ciranda nunca vai ter fim. Pega jogador e devolve no final, lucro quase zero, "trocando figurinha", só empresário ganhando dinheiro.

  • João da Teixeira 1
    07/01/2021 13:02

    E o Mengo que tomou a virada do Flu, jogando fora a oportunidade de encostar no líder. São Paulo deu muita sorte nessa hora, perdendo um jogo contra um emergente das profundezas, mas vendo um concorrente direto dançando tbém. O Santos, na Libertadores, tem que ficar esperto com a Conmebol no jogo da Vila contra o Boca na semana que vem. Aquilo que os juízes de campo e do VAR fizeram ontem, é claro indício de falcafrua armada, já que o Santos pode não jogar bem no próximo jogo...

  • João da Teixeira 2
    07/01/2021 13:01

    ..., já que o Santos pode não jogar bem no próximo jogo, e aí sim, o VAR fez toda a diferença no jogo de ontem. Muita treta da Conmebol, até se usando VAR. Nesse "angú tem caroço". Para quem não sabe, esse ditado popular vem da cozinha brasileira. O angú, que nada mais é que a polenta dos italianos, era servida para os escravos para melhorar o seu rendimento no trabalho e para melhorar o prato servido, as escravas colocavam pedacos de carne escondidas no meio, formando "caroços"

  • João da Teixeira 4
    07/01/2021 13:01

    O verdadeiro "angú de caroço" foi utilizado como forma de alguém estar escondendo algo. O blog tambem é cultura. Só espero que não processem por usar o angú dado aos escravos como forma de racismo, por que o mundo está muito chato com essa tal história do "politicamente correto", tem que ficar se policiando o tempo todo. E um amigo que levantou da mesa de um bar num domingo, onde havia um sambão lascado, dizendo que ia embora porque amanhã era "dia de branco", quase apanhou.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
05
JAN
Moreno acerta ao posicionar a Ponte; Conceição pisa na bola no 1 a 1 deste dérbi

Empate justo entre Guarani x Ponte Preta. foto: Álvaro Jr.
Empate justo entre Guarani x Ponte Preta. foto: Álvaro Jr.

Alô, alô, Felipe Conceição, treinador do Guarani: parafraseando o narrador Dandan, do canal SporTV, o 'C' tá de brincadeira ao sacar o meia Lucas Crispim aos 42 minutos do primeiro tempo, no dérbi campineiro desta terça-feira.

Esse é um dos primeiros passos para um treinador começar a perder o grupo. Boleiro desconfia quando o treinador começa a mostrar inconsequência.

Alô Fábio Moreno, treinador da Ponte Preta: parabéns por fazer aquilo que foi possível com um elenco limitado, sabedoria para posicionar o seu time que, no frigir dos ovos, criou as chances mais claras para sair vencedor da partida disputada no Estádio Brinco de Ouro, no empate por 1 a 1.

E Conceição teria que explicar ainda mais quando quis mostrar ousadia ao provocar batismo no profissional do garoto da base Mateus Ludke, na lateral-direita.

Que o então titular Cristóvam estava devendo, não se discute. Todavia mexida deste tipo em dérbi, heim?

Por sorte o garoto soube explorar erro clamoroso do meia Camilo, que o presenteou num erro de passe, e disso ele se aproveitou para acertar chute certeiro no canto esquerdo de Ygor Vinhas, aos 15 minutos do segundo tempo.

MORENO

Além de ter assistido no sábado a derrota do Guarani para o América Mineiro por 1 a 0, de certo Fábio Moreno fez questão de rever o jogo para detectar que uma forte marcação na cabeça da área seria o indicativo para que o Guarani rodasse a bola de um lado ao outro do campo, até optar por cruzamentos.

Foi exatamente aquilo que aconteceu no jogo contra o América Mineiro, que se dispôs a explorar contra-ataques, ou quando o Guarani afrouxasse a marcação colocar em prática saída de bola da defesa, de forma organizada.

A cópia da sábia estratégia do América Mineiro até poderia ser contemplada se o time pontepretano não fosse marcado por repetidos erros, diferentemente do Coelho.

O sistema defensivo da Ponte cometeu três erros ao longo da partida, que poderiam ter sido fatais.

O primeiro, na real chance bugrina antes do intervalo, quando Murilo Rangel enfiou bola para o atacante Matheus Souzas, nas costas do zagueiro Luizão. Ao ficar cara a cara com o goleiro Ygor Vinhas da Ponte, o bugrino chutou a bola na perna dele.

Depois quando o mesmo Matheus Souza fez jogada pessoal de velocidade, driblou Luizão e Barreto, mas o chute foi pra fora.

Por fim, o erro de Camilo da Ponte, que resultou no gol de Ludke.

GOLS DE GUARANI 1 X 1 PONTE PRETA

GUILHERME PATO

Raciocinou coerentemente Fábio Moreno quando optou pela escalação de Guilherme Pato, mas com função de evitar progressões do lateral-esquerdo Bidu, do Guarani.

Ele acreditou em Zanocelo como segundo volante e o jogador respondeu à altura, com alta incidência de desarme e tentativa de articular saída de bola, embora nem sempre bem-sucedido.

Problema da Ponte é que Camilo continua devendo melhor rendimento, pois mostrou lucidez apenas quando participou da troca de passes com Bruno Rodrigues, até a bola chegar aos pés do centroavante Matheus Peixoto, deslocado pela meia esquerda, livre com demora para aproximação do zagueiro Wálber.

Aí, aos 12 minutos, o chute certeiro, no canto esquerdo, não propiciou chances de defesa ao goleiro Gabriel Mesquita.

TROCAS NA PONTE

Se a troca de Matheus Peixoto por João Veras era previsível no começo do segundo tempo, tão logo sofreu o gol de empate a Ponte Preta começou a mudar por atacado.

Apodi, sem condicionamento físico adequado, que se limitou a defender, cedeu lugar para Léo Pereira, que colocou em risco o setor com faltas desnecessárias.

Volante Neto Moura substituiu Camilo com vantagem, pois deu mais mobilidade ao time.

Igualmente acertada foi a entrada de Yuri no lugar do cansado Guilherme Pato, para fortalecer a marcação pelo lado esquerdo, além da troca natural de Zanocelo por Dawhan.

Foi quando a Ponte começou a achar espaços na desguarnecida defesa bugrina e perdeu dois gols.

Primeiro quando Bruno Rodrigues driblou o zagueiro Didi, mas chutou a bola pra fora. Depois com João Veras, que permitiu defesa de Gabriel Mesquita, que no lance anterior havia errado.

Afora isso, aos 44 minutos do segundo tempo, Bruno Rodrigues preparava-se para ingressar na área quando Wálber, por trás, cometeu falta e foi expulso.

TROCAS NO GUARANI

No Guarani, nem parecia que a beira do gramado estava o lúcido treinador Felipe Conceição.

Não bastasse ter imprudentemente trocado Crispim por Rickson antes mesmo do intervalo, sacou o atacante Waguininho - cansado sim -, mas no lugar dele colocou um volante, caso de Lucas Abreu.

O que o Guarani teria a ganhar com a entrada de Eliel no lugar de Bidu? Ou Devid no posto de Bruno Silva?

CHANCES CONTINUAM

Matematicamente Guarani e Ponte Preta continuam com chances de brigar pelo acesso, apesar do avanço do Cuiabá com a vitória por 1 a 0 sobre o Juventude.

Se ambos venceram o Cuiabá nas duas próximas rodadas, seguram o adversário direto que subiu para 54 pontos, contra 48 do Guarani e 47 da Ponte Preta.

Sequência do Guarani será com dois jogos fora de casa: o primeiro diante do CRB, em Alagoas, na próxima segunda-feira.

Na sequência a Ponte Preta recepcionará Cuiabá e Náutico, e irremediavelmente terá que vencê-los, para não ficar distante dos concorrentes diretos.

Está tudo aberto para os clubes de Campinas, que agora precisam vencer e torcer por tropeços de concorrentes.

  • Marcio
    09/01/2021 17:16

    Aliás esqueci de mencionar os casos de obras de governos militares nos casos das usinas nucleares de Angra I e II. Angra II aquela que nunca acabou, então imagine os altíssimos valores corrigidos nos dias de hoje e quer saber ? A gente nunca vai ficar sabendo desses valores reais porque os registros convenientemente sumiram...Tá vendo fazer comparações é complicado ? Não tem fim...

  • Marcio
    09/01/2021 17:13

    Além do mais João, é só ver também o caso do tenente que se tornou capitão reformado, porque houve acordo com o tribunal militar na época, no caso do plano de atentado contra o alto comando do Exército. Isso está bem explicado no livro do jornalista Luiz Maklouf Carvalho e não me diga que o falecido Jornalista era petista até porque ele foi perseguido também pelo PT por críticas ferozes ao partido e a Lula, então essa desculpa de acusá-lo de ser petista já cai por terra...

  • Marcio
    09/01/2021 17:13

    Então João, nós precisamos fazer comparações com algo ruim para dizer que outra coisa é boa e que na verdade não é. Não citei PT em nenhum momento, parece que atual governo precisa do PT para sobreviver. Para mim houve um governo de 92 a 94 que se não foi o gov erno dos sonhos, resolveu o problema de hiperinflação e economia, coisa que os governos anteriores(incluindo os militares) não fizeram. Governos militares estes idolatrados pelo atual. Foram todos no mínimo incompetentes.

  • Marcio
    09/01/2021 17:10

    Nos governos Geisel e Figueiredo, além da inflação altíssima o desemprego também era recorde além da monstruosa e astronômica dívida externa, sempre aumentando. Vocês sempre citam os casos de corrupção com empreiteiras, por ex. a Odebrecht, mas lá no governo Geisel as propinas corriam soltas também. A usina Itaipu por ex foi super mega faturada, houve escândalos financeiros como o caso da coroa brastel, só que esses arquivos comprovando as falcatruas sumiram não é verdade ?

  • João da Teixeira
    09/01/2021 13:16

    Pois é Marcio, tentamos por um governo dos trabalhadores no Brasil, fiz parte disso, cara! Fpi uma decepção só, num "governo de trabalhadores", tivemos 13 milhões de desempregados sem Covid19, por absoluta incompetência e sede de "pegar o que é meu" o mais rápido possível, sem pensar em estruturar o governo primeiro, com gente trabalhadora e competente. Fizeram o que já se vinha fazendo em governos passados e até pior, tirar além da conta, deixar de joelhos. Então é isso, fé!

  • Marcio
    08/01/2021 22:37

    BozzoNero louco e destemperado ? Nada disso, ele não passa de um Maduro de sinal invertido !!!

  • Marcio
    08/01/2021 22:36

    Leo eu apenas concordei com a saída do Crispim, mas não com a entrada do Rickson, saída de um meia e entrada de um volante perdendo de 1x0, aí também não concordei !!! A sorte foi que o Ludke quebrou nosso galho. Se o Conceição tivesse colocado outro meia que produzisse algo mais que o Crispim, tentasse Arthur Rezende e posicionasse melhor o time talvez até tivéssemos uma sorte melhor no jogo, mas como tudo na vida o SE não resolve nada...

  • Marcio
    08/01/2021 22:33

    João, você continua acreditando na falácia de que em um país 500 % capitalista e que sempre foi capitalista, existe realmente esquerda ? Lá o que realmente existe são progressistas e conservadores. Partido Democrata e Republicano é como se fossem pernas de um mesmo corpo.

  • João da Teixeira
    07/01/2021 13:06

    Trump entrou qdo não deveria entrar, culpa dos eleitores americanos e agora tumultua na sua saída. Independente do Trump, que realmente destoa de uma democracia real, esse Biden tbem me parece pouco preparado para encarar o governo americano, que se encontrava estruturado, diferente do nosso governo, cuja origem mais parecia vinda de uma colônia emancipada de país africano, uma balbúrdia de maneira geral, onde roubar e corromper era vista como coisa normal pelos governantes.

  • João da Teixeira
    07/01/2021 13:06

    Biden se mostra muito ligado a esquerda, Trump 8, Bidem 80, ou 8 ou 80, e isso é muito ruim para a democracia. Vamos ver como se comporta o novo presidente no decorrer do seu governo. Diferente do Trump, que posou de louco, criando expectativas de brigar com todo mundo que era contra ele e o Biden no ritmo "paz e amor". Na atual conjuntura do Brasil, paz e amor não funciona nesse momento, que é de afastar os ratos do celeiro. Tem que ser desvairado ou sucumbe, são muitos ratos.

  • João da Teixeira
    07/01/2021 13:05

    Alguns não entendem as atitudes do intempestivo e "louco" do Bolsonaro, pois não sabe o que é mexer no queijo dos ratos que estão ainda no poder. Pior que o povo continua a se orientar com os ratos de algumas das mídias tradicionais, que faziam uso do celeiro furtivamente e indevidamente. Que sejamos pelo menos coerentes e vemos as virtudes do novo governo que tem que ser pesticida ainda. É muita gente que ainda está no governo, que mamava na teta com facilidade e hoje se vê

  • João da Teixeira 2
    07/01/2021 13:05

    ...e hoje se vê na necessidade de boicotar ou dificultar as coisas, com a esperança de voltar ao que era, ter o queijo com facilidades, dane-se o povo. Gente, precisamos estar atentos ao que acontece, são muitos ratos, muitos mesmo...

  • João da Teixeira
    07/01/2021 01:27

    São Paulo tomando bicho em Bragança, só não tomou mais devido ao preciosismo dos atacantes do RBBr. O Mengo ganhando do Flu, já diminui bem a diferença. Se na sequência o Mengo ganha do Grêmio, a coisa fica olho no olho. Mengo só não está na Libertadores porque perdeu para ele mesmo. Outros resultados, Botafogo e Coritiba na Série B do ano que vem.

  • João da Teixeira
    07/01/2021 01:27

    A Conmebol continua fazendo a Libertadores para países de língua hispânica. Hoje os juízes de campo e do Var garfaram assintosamente o Santos na Argentina. O Var nem chamou a atenção o juiz qto ao penalti claro no Marinho. Um roubo e na era do Var, um roubo em dobro. Conmebol fez arbitragem caseira na Bombonera. Lamentável, podem sumir com esse Var...

  • Léo - Pr
    07/01/2021 01:26

    Não concordo não com opinião dos bugrino que viu como acerto a saída do Crispim,uma que o Rickson não rende nada como atacante,eu acho que o melhor momento do Guarani no jogo foi a partir do segundo tempo se o Crispim estivesse em campo provável que viria a virada,com a saída do Crispim Murilo Rangel caiu de produção perdendo o companheiro de tabela,o Rickson e lento e passa mau a bola não acrescenta nada pro time na parte ofensiva, Felipe ótimo treinador mais errou feio.

« Anterior : [ 1 ] 2 3 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo