09
SET
Campinas e outras praças em destaque

Eis aí assuntos diversos de Campinas e de fora

1- Circularam informações nos corredores do Estádio Brinco de Ouro de que o treinador Renê Simões teria pedido R$ 120 mil de salário, fora acerto com demais membros da comissão técnica, para assinar com o Guarani. Se confirmadas, claro está que o pedido fugiu do padrão do clube, que descartou a contratação.

2 - O fato de o atacante pontepretano Dadá ter discutido com torcedor, através das redes sociais, não seria suficiente para punição de uma semana e multa. O que de certo pesou foi ter exposto o momento de descontração do elenco em um churrasco.

3 - Sei lá eu sobre a validade de uma intertemporada de quatro dias para aproximação do elenco da Ponte com comissão técnica. Correndo o time já está. Problemas são ajustes, e aí no blá-blá-blá não se resolve. É preciso treino para acertar posicionamento e eficiência.

4 - Frutos já são colhidos pelo treinador João Brigatti, na passagem pelo futebol nordestino. Levou o Sampaio Corrêa ao acesso à Série B do Brasileiro, após vitória por 3 a 2 sobre o São José (RS). Brigatti é motivador e aos poucos agrega outros conceitos na parte tática.

5 - Estado de Sergipe foi à loucura com acesso do Confiança à Série B. Resta saber se será mais um bate-volta.

6 - Como não houve 'chiadeira' para o horário do jogo da Seleção Brasileira contra os peruanos, a 0h de desta terça para quarta-feira, a dedução lógica é que esse time do treinador Tite já não empolga.

7 - Sinceridade do treinador Rogério Ceni, ao criticar duramente a postura de seu Cruzeiro, goleado por 4 a 1 para o Grêmio, em BH, foi criticada por aí. Ao citar que estava envergonhado, e que só ficaria no clube se concordarem com mexidas drásticas, Rogério propôs sacudir com boleiros que há tempos optaram pela sonolência em campo.

8 - Coluna Memórias do Futebol continua ativa. Personagem da semana é o então goleiro argentino Andrada, felecido neste quatro de setembro.

9 - Coluna Cadê Você igualmente está de volta. Saiba a história do treinador Jorginho, ex-Ponte Preta, desde os tempos em que foi Atleta de Cristo.

  • Jose Ricardo
    11/09/2019 10:36

    Menos hipocrisia gente!! Segundo a diretoria da Ponte Dadá foi punido por divulgar vídeo não autorizado. Vamos ser claros, ele foi punido porque o vídeo mostra que jogadores, comissão técnica e dirigentes estavam bebendo cerveja no churrasco. Mas quem liberou a cerveja no churrasco? Certamente alguém da diretoria: Gustavo Bueno ou Abdalla. Se tava liberado consumo de cerveja, porque punir só o jogador por mostrar algo lícito e não o dirigente que liberou a bebida?

  • Jose Ricardo
    11/09/2019 10:35

    Situação do Rogério Ceni era previsível. Ele poderia muito bem dar uma de treinador "paizão" como muitos fazem e chegar nos traíras e falar, ô meu desse jeito você tão fod... com meu trabalho. Seguinte, papo reto, de que jeito vocês querem jogar pra parar de me fod... Nós precisamos fazer 47 pontos e nos safarmos do rebaixamento, assim eu não serei demitido e vocês ficam de bem com a torcida. ok! Fechou?? Mas ele resolveu guilhotinar os traíras e limpar o ambiente, vai dar certo???

  • DE ARI PARA PAULO SERGIO
    10/09/2019 19:07

    Prezado Paulo Sérgio, claro que foram priorizados os treinamentos e vamos aguardar os devidos ajustes. Quanto ao Brigatti, a marca registrada dele é a motivação, mas tem ganhado experiência para introduzir conceitos de bola rolando. Isso é bom. Passa a ser opção futuramente para retorno à Ponte Preta

  • Paulo Sergio
    10/09/2019 18:57

    Prezado Ari, até onde eu sei houve sim treinamentos na inter temporada da Ponte e ajustes. Quanto a Brigatti, ele poderia ou deveria ter mais contatos com pessoas como Cilinho por exemplo para melhorar conhecimento sobre táticas, só motivação não ganha jogo, você não acha?

  • DE ARI PARA MABÍLIA
    10/09/2019 11:28

    Prezado Mabília, o Zé Francisco jogou na Ponte Preta nos anos 60. Chegou a disputar o Campeonato de Veteranos da Liga Campineira de Futebol pelo Santa Odila nos anos 90, clube amador que desativou a modalidade futebol. Ele tem parente na região Sul de Campinas, parece-me que é a filha dele. Caso eu tenha mais informações vou lhe informar. Obrigado pelo retorno ao BLOG. Ajude a propagá-lo, para que tenhamos uma seção de comentários bem plural

  • Mabilia
    10/09/2019 11:21

    Caro Ari, voce tem noticias do ponta esquerda Zé Francisco, anos 70 da Ponte?

08
SET
Revanchismo não; Guarani precisa de alternativas

Perplexo com a situação do Guarani, o verdadeiro bugrino se desapega do revanchismo das alas inimigas no clube, e cobra solução para se evitar rebaixamento.

Com a contratação de Estevam Soares como coordenador de futebol, o que se espera é que ele faça indicações de reforços que presumivelmente possam ser contratados.

Já que Estevam tem trânsito nos grandes clubes paulistas, já passou da hora de bater às portas destas agremiações em busca de jogadores.

Se Carlos Eduardo, atacante de beirada, está sem espaço no Palmeiras e tem sido pouco aproveitado, seria possível um acerto sem que o Guarani banque o salário?

Reeditando aquele futebol de Goiás, Carlos Eduardo ajudaria a fazer diferença no elenco bugrino.

ZAGUEIRO

Estão falando na vinda de mais um zagueiro, e que seja melhor comparativamente àqueles que estão aí.

E não esqueçam de observar atentamente a estatura, aspecto vital no futebol de hoje.

Não esperem o colombiano Armero estar cem por cento recuperado para começar jogando. Vai até onde for possível e depois procede-se a troca.

Mesmo aqueles que nunca reconheceram todas as qualidades que atribuem ao lateral-direito Lenon, de certo concordam que na atual conjuntura é inaceitável que fique na reserva do jovem Bruno Souza, sem confiança pra jogar e com erros de marcação.

BADY

Incontáveis tentativas com o esforçado meia Bady têm sido em vão. Logo, ou buscam jogador da posição para 'ontem', ou procurem outra alternativa no elenco, passando até pelo reaproveitamento de Rondinelly, cobrando-lhe motivação.

Já não dá pro treinador interino Thiago Carpini insistir com o centroavante Michel Douglas. Tem sido anulado com incrível facilidade por defensores adversários.

Enfim, quem ganha pra pensar e buscar solução, mãos à obra.

  • Luiz Otto Heimpel
    09/09/2019 10:17

    Um central, im quarto zagueiro,um meia armador de verdade e dois atacantes de velocidade.Se contratarem ainda pode escapar senao pod comecar a juntar os cacos.

  • Jose Ricardo
    09/09/2019 10:17

    Contratações agora me soam desespero, além do mais nesse momento no mercado da bola só resta a xepa ou jogador de nível de Série D. Suponhamos que contratem jogadores, mas o que fazer com os pés de rato que estão no elenco? Pagar pra eles não jogarem ou não pagar e deixar que eles entrem na Justiça?

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo