09
SET
Diretoria da Ponte deveria abrir espaço à oposição para ajudar a tocar o futebol

Alô pontepretano da velha guarda: só a coluna Cadê Você revive a história do ponteiro-direito Alan. Leia!

Após esgoelar e manifestar total repúdio com aquilo que fizeram com o futebol da Ponte Preta, o torcedor jogou a toalha. Abatido, entregou-se ao conformismo, e sequer quis se manifestar no espaço destinado aos comentários, depois do vexame da noite de sábado em Campinas, no empate sem gols com o lanterna Sampaio Corrêa.

Exemplo de chama apagada é do parceiro Márcio, conselheiro outrora ativo neste espaço de comentários, que havia esmorecido com a contestação de tantos desmandos.

Pois Márcio reapareceu após a derrota para o Atlético Goianiense cobrando posição de oposicionistas que observam, inertes, o futebol do clube ‘sem eira e nem beira’.

Evidente que não se pode fechar os olhos ao processo de degradação do futebol da Ponte Preta, mas daí a se propagar rebelião entre membros do Conselho Deliberativo, como ‘ferramenta’ de pressão, não é o caminho.

LIDERANÇAS DA OPOSIÇÃO

O caminho para futuro processo de reconstrução do futebol da Ponte Preta passa por lideranças da oposição terem capacidade de dialogar com atuais dirigentes que, sobretudo, precisam admitir incompetência para gerir o futebol do clube.

Havendo essa consciência, o próximo passo seria conjuntamente buscar, entre pontepretanos, aqueles com traquejo pra coisa.

Assim, provavelmente seria possível não cair mais no conto da carochinha de empresários de futebol que empurram à Ponte Preta jogadores sem a mínima expressividade, que propiciam o nivelamento por baixo contra o fraco Sampaio Corrêa.

É preciso projetar soma de esforços para se iniciar paralelamente o processo de reconstrução do futebol do clube, visando à próxima temporada.

Sim, vão argumentar que tudo passa pelo presidente de honra Sérgio Carnielli, que até poderia colocar freio em empreitada como a sugerida.

Todavia, na hipótese de a proposta ser costurada pela atual diretoria, incontinenti haveria cobrança de bom senso para consentimento do mandatário máximo da entidade.

  • RMaia
    12/09/2018 10:23

    Ari, tudo dentro do esperado. Quem na verdade deve ser cobrado são os 239 conselheiros que elegeram pela 11a vez o grupo político dominado pelo rei Carnielli, sabemos que embora apodrecido politicamente, ele não vai renunciar e os conselheiros que reelegeram seu grupo político acham que está tudo bom, então segue o jogo. Como sempre disse a única alegria de fato do pontepretano é ganhar o dérbi (quando há dérbi).

  • LÉO - PR
    11/09/2018 09:16

    presidente bundão esse do guarani não tem peito pra ir ao mercado e contratar jogador de qualidade fica pegando esse monte de cabeça de bagre de empresários,empregando jogador que deveria tá disputando a segundona paulista,só pra agradar e fazer média,ainda bem que não deu tempo de registrar esse tal bruno do s.paulo.

  • LÉO - PR
    10/09/2018 22:03

    me desculpa mais não entendi nada sr. Zanelli.

  • LÉO - PR
    10/09/2018 22:01

    Torcida bugrina olha a novidade contrataram mais um volante, graças a deus acabou o prazo para inscrição,se não até o final da b estaríamos com uns 20 volantes meia boca,olha que com esse investimento daria pra comprar só 2 bom e mais 1 zagueiro,hoje em dia eles empurra guela a baixo esse monte de porcaria que eles chama de jogador de futebol nos treinadores e eles engole caladinho,abuso absurdo.

  • marcio
    10/09/2018 13:00

    Ari, obrigado pela citação Fato inconteste é que somos uma minoria que está se reduzindo cada vez mais. Este afastamento entre diretoria e torcedores é proposital. Trouxeram para dentro do Moíses , através da política do "pão e circo" , as organizadas para que não houvessem manifestações contrárias. Quanto ao conselho votante, ele têm e terá a maioria. São/Eram funcionários dele, que entraram ilegalmente (além de imoralmente) e com custo dele. Esbórnia total.

  • LÉO - PR
    10/09/2018 12:59

    Ari o guarani tá encaminhando uma parceria para o próximo ano,que com certeza vai ser a salvação,depois que a lei PELE entrou em vigor time pequeno estão se acabando,e a parceria é a unica saída,isso também sera o futuro da ponte,

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    10/09/2018 12:59

    ESTÃO FALIDOS POR MÁ GESTÃO DO FUTEBOL, COISA TRISTE. NÃO POSSO FALAR OU MELHOR ESCREVER A VERDADE, POIS O ASSUNTO É FORTE. IREI APENAS DAR UNS DADOS DA MÁTEMÁTICA PARAS OS TORCEDORES DA PONTE E DO GUARANI: NA RODADA 21, A SITUAÇÃO ERA A SEGUINTE: PONTE PRETA 32 PONTOS, CHANCE PARA SUBIR DE 43%, RODADA 26 = 35 PONTOS, CHANCE PARA SUBIR 45%...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    10/09/2018 12:58

    ... GUARANI = 32 PONTOS, CHANCE PARA SUBIR ERA DE 34,1%. RODADA 26 = 37 PONTOS, CHANCE PARA SUBIR = 16,5 %. ESSA É A SITUAÇÃO ATUAL. EU GOSTARIA DE ESCREVER MUITAS COISAS, MAS NÃO PODEMOS. O SILÊNCIO É A MELHOR SOLUÇÃO NO MOMENTO.

  • Rubão Ricotinha
    10/09/2018 09:58

    Gostaria de saber por onde se encontra a soberba de 3 ou 4 que viviam neste espaço difundindo os feitos da associação de bairro como se fosse o verdadeiro Real Madri do Interior. Não que estejamos bem tb, mas o futebol é fase, ciclo...e o ciclo desta turminha está bem próximo do final. Quem aproveitou e viu a fase da "quinta força" de SP viu, quem não viu acho que Nunca verá...

  • mauricio
    10/09/2018 09:57

    Sua ideia Ari é fantastica mais hoje mais hoje impossivel opociçao na Ponte é da velha guarda Peri Chaib, Lauro Moraes ,Zaiman de Brito,Marco Herbelin, Mandrake,esses nao querem conviver com desmando na direção da Ponte ficaram cansados de falar e entra com pedido de esclarecimento das contas ficam ouvindo esse mantra que Carnielli pois dinheiro e isso nao acaba nunca nao tem fim essa vendas de jogadores das categorias de base com contrato de confiabilidade nao sabemos

  • mauricio[2]
    10/09/2018 09:57

    quanto entrou nos cofres da Ponte ,hoje é impossível rastrear as contas fecharam um contrato com a EURO ESPORTE [Juan Figuer] centro de treinamento para categoria de base a menina dos olhos de Carnielli a venda constante de promessa absurdo Felipe Cardoso 5 meses de profissional ser vendido e a Ponte em busca de centro avante ,os oposicionistas nao querem mais e os mais jovens sao limados pelo ex presidente afastado Carnieli ,o atual Sr Abdala jamais tomara decisão que nao seja de agrado SC

08
SET
Com futebol horroroso, meta da Ponte Preta é tentar escapar do rebaixamento

Torcedor pontepretano lamenta o empate sem gols com o lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, o Sampaio Corrêa, na noite deste sábado no Estádio Moisés Lucarelli.

Grande problema da Ponte Preta é não ter um dirigente sequer com habilidade para lidar com essa coisa chamada futebol.

Por isso eles entram na conversa de empresários que empurram jogadores de baixíssimo nível técnico ao clube, o que implica na montagem num dos piores elencos das últimas décadas.

Não se justifica dificuldades financeiras para se contratar tão mal. Com o mesmo dinheiro gasto era plenamente possível fazer coisa melhor.

A falta de dirigente com discernimento sobre futebol implica em deixar o treinador Marcelo Chamusca fazer aquilo que lhe dá na telha, como se tivesse pleno conhecimento do elenco.

Chamusca: erros primários
Chamusca: erros primários

ERROS DE CHAMUSCA

No paupérrimo futebol mostrado pela Ponte contra o Sampaio Corrêa, Chamusca cometeu erros na escalação e trocas.

Ninguém teve percepção para avisá-lo que o atacante Vitor Rangel é muito fraco? Pior até que Yuri, centroavante revelado nos juniores e já desligado do elenco.

É de se questionar a insistência com o também atacante Júnior Santos, que perde a maioria das jogadas e gols aos montes.

Num time com incrível dificuldade para criar oportunidades, é inadmissível Júnior Santos perder gol a três metros da risca fatal, e com o goleiro Andrey caído. Pois chutou a bola para fora.

Como é possível Thiago Real não conseguir render sequer metade daquilo que sabe?

O que se esperar da escalação do volante André Castro, que quando foi titular nada acrescentou à equipe?

DANILO BARCELOS

Errar cobrança de pênalti é circunstância inerente a quem cobra, e Danilo Barcelos errou.

O problema é que sequer deveria ter sido escalado, como foi citado neste espaço após derrota da Ponte Preta para o Atlético Goianiense.

Pior ainda é escalá-lo na lateral. Sem força física para sequer dar um drible no adversário, alonga a bola ao ataque. E pra marcar, quando enfrenta adversário de velocidade - como ocorreu após entrada de Bruninho no segundo tempo - não consegue acompanhá-lo.

Logo, é injustificável a escalação dele.

ANDRÉ LUÍS

O que se vê, então, é todo adversário dobrar a vigilância sobre o atacante André Luís, certo de que isso já seria o suficiente para anular a principal válvula de escape da Ponte.

Diante desse cenário, o sonho de acesso já era pra Ponte Preta, que precisa se planejar para somar rapidamente 45 pontos e com isso escapar do rebaixamento à terceira divisão do futebol nacional.

Não fossem duas defesas difíceis do goleiro Ivan, em finalizações de Marcos Aurélio e João Paulo, o mal teria sido maior à Ponte.

  • Jhon
    09/09/2018 16:41

    Sumido em JT !!! Estudando muito Geografia ? Kkkkkkkk Ou caindo na real ?

  • JP
    09/09/2018 12:08

    Amanhã é o último dia para inscrever novos jogadores na série B. Pegue o dinheiro da venda do Felipe Cardoso e busque 1 ou 2 reforços para o elenco.....ops!! Será que o Santos vai pagar? Porque até hoje não pagou o Rildo! A Ponte é o único time que vende fiado para quem já está devendo! Aliás, será mesmo que essa grana do Cardoso virá para os cofres da Ponte? O grande problema da Ponte Preta chama-se Gestão com transparência!

  • Profeta da Tribo
    08/09/2018 22:09

    No Bugre, com o empate, a distância para o G4 diminuiu em 1 ponto. Agora são 4. Temos obrigação de vencer o Juventude e tentar a reaproximação. Esse time tem qualidade. Longuine, Xavier e Mendes são bons de bola. Tem que trabalhar o psicológico desses caras, para que joguem com vontade de vencer, com sangue nos olhos, e confiantes no seu potencial. E bora fazer um agrado financeiro pelo acesso. Um algo a mais nesse momento é o que o Bugre precisa.

  • Profeta da Tribo
    08/09/2018 22:01

    O time da AAPP é muito fraco. Barcelos e Real só enganam. O único que salva é o André. AAPP cometeu um erro grave demitindo o Brigatti e trazendo Chamusca. Vejam só: como o elenco é tecnicamente sofrível, a única chance de ter algo mais era na raça. E incutir raça, isso o Brigatti sabe fazer. Já o estilo do Chamusca é de mais frieza, toque de bola, etc. Não é treinador que pilha o jogador. Por isso, a AAPP pode dar adeus ao acesso. Empatar em caso com Sampaio é o fim.

  • Barba
    08/09/2018 22:01

    Piada! Bando de Frouxos! Rua!!

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo