16
ABR
Não fosse o juizão ignorar pênalti claro, seriam quatro na sacola do Palmeiras

Passei parte da semana propondo discussão sobre aquilo que a Ponte Preta precisaria fazer para inicialmente neutralizar o time do Palmeiras, e depois ainda buscar alternativas para a vitória, visto que o foco de parte significativa dos parceiros pontepretano era trocar insultos com bugrinos, desconsiderando que o seu clube é semifinalista do Campeonato Paulista.

Pois o treinador pontepretano Gilson Kleina queimou fosfato diuturnamente nos últimos dias. Pensou e colocou em prática com extrema sabedoria aquilo que deveria ser feito. Assim, deu uma ‘sova’ em seu adversário Eduardo Baptista, que caiu numa armadilha e saiu do Estádio Moisés Lucarelli, neste domingo, com derrota por 3 a 0.

E mais: considerando-se o alto índice de aproveitamento do atacante Potkker em cobranças de pênaltis, se o juizão Marcelo Aparecido de Souza não fizesse vista grossa em pênalti claríssimo do goleiro palmeirense Fernando Prass sobre o pontepretano, o chocolate seria de 4 a 0, e a fatura estaria praticamente liquidada, com a Ponte na final.

O que fez Kleina? Como recomendável, fixou Potkker pelo lado direito do ataque sobre o veterano Zé Roberto.

CLAYSON

O surpreendente é que Kleina deixou Clayson solto em campo, ora com papel de organizador, ora como condutor de bola por dentro.

Como a malha de marcação da Ponte funcionou conforme foi treinado, Clayson se incumbiu de desorganizar defensivamente o time palmeirense, ao explorar claros buracos na meiúca. Isso porque tanto Tchê Tchê como Guerra se preocuparam mais em atacar, sobrecarregando Felipe Melo.

Como o lateral-direito Jefferson se encarregou de neutralizar as infiltrações de Dudu pelo lado esquerdo, restou ao Palmeiras a tentativa de repetir a manjada jogada de quem recebe a bola no ataque faz a parede e a devolve ao homem que vem de trás.

ANTECIPAÇÃO

Pois Kleina também marcou essa jogada, como de certo condicionou seu time para antecipação.

Ao longo desta temporada, jamais a Ponte Preta alcançou índice tão alto de antecipação de jogadas.

E após a antecipação, a Ponte soube fazer a transição em velocidade, levando seguidamente a bola até as imediações da área palmeirense.

Agregando esses valores, clara está que a Ponte realizou sua melhor partida nos últimos dois anos. Jamais nas mãos de Eduardo Baptista, ano passado, o time pontepretano teve atuação tão soberba como neste domingo.

COMO REPETIR?

Difícil será a Ponte repetir uma atuação de gala como esta. Se repetir, passa pelo Palmeiras e só um desastre tira-lhe o título da competição, quer seja contra o Corinthians, quer seja contra o São Paulo numa eventual finalíssima.

Evidente que é preciso ir devagar com o andor porque o santo é de barro.

A instabilidade da Ponte Preta ao longo do Campeonato Paulista não assegura afirmar sequer que a vantagem de três gols lhe dá todas as credenciais para eliminar o Palmeiras no jogo de volta, em São Paulo.

Enquanto isso não acontece, cabe ao torcedor pontepretano passar a semana saboreando a goleada, a começar pela segurança do miolo de zaga que ganhou quase todos os chuveirinhos do Palmeiras, visto que não havia brecha para penetração.

A valorização de saída de bola da Ponte começou com o volante Fernando Bob, que, enfim, reeditou memoráveis atuações da última passagem por Campinas.

FELIPE MELO

Propositalmente, jogadores da Ponte deixaram o volante palmeirense Felipe Melo livre para receber a bola, convictos que ele a alongaria. E nessas bolas alongadas, o time campineiro se sobressaía.

Tudo foi bem planejado e executado com extrema obediência pela boleirada pontepretana, a começar pela marcação alta e dois gols nos primeiros dez minutos de jogo - através de Potkker e Luca -, que anestesiaram o adversário.

Aí, os jogadores se revestiram da necessária confiança, tocaram a bola com sabedoria, e,em falha gritante de Zé Roberto, Jefferson fez o pontepretano explodir de alegria com o terceiro gol, ainda durante o primeiro tempo.

Pra arrematar, nunca é demais repetir: não fosse o juizão, seriam quatro na sacola palmeirense.

  • Cabeça
    18/04/2017 22:39

    Obrigado Pedro Antonio, Marcelo - SP e TIO LEI, o importante é utilizar esse espaço para justamente debatermos sobre o nosso amado time, e assim quem sabe contribuir para o seu crescimento, pois desconfio que de vez em quando, assim como nós, os jogadores, comissão técnica e diretoria devem dar uma olhada por aqui

  • TIO LEI
    18/04/2017 19:30

    Olha aí...Comentários coerentes, sensatos e principalmente respeitosos. Principalmente no tocante ao de se respeitar a opinião de cada um. Como PONTE PRETANOS, cada qual a sua maneira, deixa BEM CLARO que o que mais importa é a NOSSA AMADA PONTE PRETA. Não podemos deixar de destacar também os comentários com isenção do Profeta da Tribo, este sim, fala de sua equipe bem como de nós, de forma coerente. Parabéns CABEÇA; MARCELO-SP e PROFETA.

  • Marcelo-SP
    18/04/2017 17:26

    Disputar títulos e fazer boas campanhas na Série A com orçamento de mais de 500 milhões (TV, arena, Avanti, Crefisa, etc.) é moleza! Sem tirar nenhum mérito do Alexandre Mattos. Mas quero ver fazer isso com um décimo do valor, como faz o Gustavo Bueno. Gustavo é competente e pontepretano, filho do Dicá e do Oscar Salles Bueno Filho, craque no campo e na postura! Há que respeitá-lo, até pela história de sua família, sim!

  • Marcelo-SP
    18/04/2017 17:25

    É isso aí, Cabeça! Não adianta fazer dívidas e acabar no fundo do poço, como o terceiro time de Campinas. A diferença de orçamento para os chamados grandes é gigantesca e a postura da Ponte deve ser esta mesmo, focando os investimentos no Brasileiro, que é onde tem mais recursos e mais visibilidade e ficar na Série A é importante. Hoje o trabalho deve ser de franco-atirador: guardar posição e, quando surgir, dar o tiro de oportunidade.

  • Marcelo-SP
    18/04/2017 17:25

    Dentro da realidade da Ponte, Gustavo Bueno e a diretoria tem acertado muito mais do que errado. Lembrando que é tudo subjetivo. Cada torcedor, fosse diretor ou técnico faria a coisa a seu modo, que é diferente de A, de B ou de C. Os jogadores e técnicos tem passado pela Ponte e o time vem se mantendo competitive. Por isso, podemos sonhar hoje dentro do campo. Fora, tem que ser pé no chão.

  • Profeta da Tribo - Sobre AAPP na final
    18/04/2017 17:24

    Acho que a AAPP tem totais condições de ir à final. Provavelmente contra o Corinthians. Aí, entretanto, a AAPP enfrentará uma situação diferente. 1) O Corinthians, que tem o plantel mais pobre dentre os 4 grandes, sabe de suas limitações e pratica um estilo de jogo cauteloso. Ao contrário de Palmeiras e São Paulo, o Corinthians não está se lançando ao ataque desenfreadamente. 2) Vocês podem ter certeza de que Santos e Palmeiras não estudaram a AAPP. O Corinthians fará isso.

  • Profeta da Tribo - Sobre AAPP na final - 2
    18/04/2017 17:24

    Se a AAPP enfrentar o São Paulo na final, pode comemorar o título. O Ceni tem uma proposta de futebol interessante, mas ainda é imaturo como treinador. Acredito que nunca a possibilidade de título esteve tão desenhada para a AAPP como nesse ano. Como torcedor bugrino, ficarei feliz tanto se perder o título, quanto se ganhar. Isso mesmo. É bom para o Guarani que a AAPP seja campeã. Quem sabe isso não faça o Bugre acordar!

  • TIO LEI
    18/04/2017 17:21

    Depois não quer ser chamado de MISTO. O gfc jogou, venceu, está bem situado na tabela e que o elemento faz? Vem aqui no espaço reservado à time GRANDE para dar seu pitacos. Fraquinho ele, não?

  • Eric AAPP (para Cabeça)
    18/04/2017 10:14

    Ainda se os campeonatos fossem resolvidos só dentro de campo, seria discutível a preferência em jogar a primeira em casa, mas infelizmente não é assim. O extra-campo já nos lesou varias vezes, e fazendo o último jogo em casa estaríamos bem mais protegidos contra isso. Nunca tivemos essa chance de decidir um Paulistão em casa.

  • HIERRO
    18/04/2017 00:05

    Que interessante! O intelectual do blog, o analista politico, o erudito, o estudioso do comportamento das sardinhas, o sedento de um palanque, o cara que só falta passar receita de bolo também sabe descer o nível. RSRSRSRS. Bem típico.

  • Pedro Antonio
    18/04/2017 00:04

    Cabeca, gosto muito dos seus comentário, sao sensatos. Concordo com voce, a Macaca esta em outro patamar hoje, se compararmos ao inicio de 2000, nao da nem para comparar com a decada de 90. Gestao segura, financeiramente estruturada e ano apos ano aumentando os niveis de investimento. Tem algo que me diz que vamos levar este campeonato, mas mesmo se nao levarmos, fica cada vez mais claro que viramos time grande. Este titulo paulista vira para a Ponte e depois outros mais no futuro proximo.

  • Cabeça
    17/04/2017 22:25

    É isso ai TIO LEI, apenas te cutuquei para mostrar que a diretoria também acerta, existem erros, sim vários, mas de modo geral estamos fazendo sempre boas campanhas e com pouco dinheiro, que sim faz total diferença. Talvez faça menos quando temos diferença de 100 e 80 milhões entre os grandes, no nosso caso estamos falando de 30 milhões, isso faz total diferença sim. No dia em que tivermos essas cotas melhor distribuídas, teremos mais momentos da Macaca como o atual

  • Cabeça
    17/04/2017 22:25

    Eric AAPP, tenho minhas dúvidas se seria melhor jogar a primeira fora e decidir em casa. A Ponte começando em casa e levando uma piaba de 2 ou até mesmo perdendo de 1, jogaria a segunda em casa tendo que tomar a iniciativa e com uma baita pressão. Jogando a primeira em casa, jogamos com menos pressão, e estamos surpreendendo os grandes que sempre vão para cima, mas talvez com vantagem ficariam esperando.

  • João da Teixeira
    17/04/2017 22:24

    A LavaJato está com conotação de filme de terror mórbido, tanto são as falcatruas descritas pelos delatores. Partidos levaram muito dinheiro e seus políticos corruptos levaram outro tanto. Filme de terror tendo como figurantes assombrados, o povo e os vampiros sugadores, os políticos. Temos que chamar os caças vampiros, pois de fantasmas eles não tem nada. São as escórias da nossa política mesmo. São os lixos humanos politiqueiros que vivem em Brasília e na maioria das Capitais

  • Eric AAPP
    17/04/2017 19:46

    À Comissão Técnica e Diretoria: o que interessa pra torcida da Ponte não é só "chegar na final", mas sim ganhá-la (pois de Vice Campeonatos já estamos cheios). Portanto, é importante pensar na possibilidade de fazer o segundo jogo da final em Campinas (se for na Capital, já sabemos como nos operam). Para isso, basta a Ponte ganhar no sábado, Corinthians perder no domingo, e zerarmos os 3 gols de saldo a favor deles até hoje. Se o SPFC for o classificado, nem precisa ver o saldo.

« Anterior : [ 1 ] 2 3 4 : Próxima »
15
ABR
Tropeços de concorrentes beneficiam o Guarani na reta de chegada

O Guarani continua dando uma sorte danada neste Campeonato Paulista da Série A2. Dois jogos de concorrentes diretos, nesta penúltima rodada da primeira fase, lhe satisfizeram.

Vejam que o instável Rio Claro foi goleado pelo Rio Preto por 4 a 1, atuando no campo do adversário.

Mesmo que na projeção natural o Rio Claro garanta classificação, dificilmente pode postular acesso com derrapadas como se tem observado ultimamente.

E o Água Santa heim? Apanhou do Velo Clube, em Rio Claro, por 2 a 1, estacionando-se, portanto, nos 32 pontos.

Pois o Água Santa, de quase classificado, passou a correr risco. Independente de outros resultados até o final da primeira fase da competição, terá que vencer o Taubaté em Diadema, no domingo da próxima semana.

BATATAIS E BRAGANTINO

Dois jogos ainda interessam diretamente ao Guarani neste domingo, ambos com início às 10h.

O Bugre fica de olho no confronto do Batatais com o Juventus, na Rua Javari, torcendo para que tropece.

Igualmente espera que o Bragantino tropece em Penápolis, na partida diante do Penapolense.

Lógico que independente destes jogos de domingo, o Guarani terá que fazer a sua parte na partida em que recepciona o Barretos, na noite desta segunda-feira.

  • DE ARI PARA JOÃO DA TEIXEIRA
    17/04/2017 14:20

    Meu caro João da Teixeira, infelizmente fui obrigado a cortar a frase final de seu comentário, com associação da palavra galinheiro por motivos óbvios. Por gentileza, reescreva-o.

  • João da Teixeira
    17/04/2017 14:14

    Ari, vc. aleijou o meu comentário, deixando sem sentido. Trocasse somente as palavras que vc. achasse indesejáveis e assim poderia continuar dando sentido ao comentário. O até seria melhor cortar tudo de vez, talvez até ficasse melhor. Até entendo que certas palavras associadas trazem mal estar ao blog, mas tente dar uma corrigida, sem mudar o sentido, claro! Se não der corte tudo. É que escrevo sem fazer correções e vez por outra esqueço certas palavras, vírgula, ponto etc...

  • João da Teixeira
    17/04/2017 11:27

    A bugrinaiada está pedindo que venham os touros, pois estão acreditando que tornaram especialistas em touros, depois de pegar o Touro dos Canaviais e transformar tudo em bife. Os touros do Let's Rodeo já imaginando aquilo ocorrido, talvez tenham a pretensão de vir iguais aos das touradas de rua do Festival de San Fermin em Pamplona ou San Isidro em Madrid, ambos na Espanha.

  • Profeta da Tribo
    17/04/2017 11:20

    A rodada foi muto favorável. Acho que hoje o Guarani aplica uma goleada sobre o Barretos e assume a terceira posição. O time está criando oportunidades de gol e isso é consolador. O problema foi a finalização, nos últimos dois jogos. Após as falhas sucessivas, o Guarani treinou intensamente esse fundamento e estaremos preparados.

  • DE ARI PARA DELLEI
    16/04/2017 20:52

    Delley, cabe reafirmá-lo mais uma vez que o seu comentário foi censurado porque usou a palavra galinha, abolida na coluna, a exemplo de xita, chiqueirão, etc.

  • LÉO - PR
    16/04/2017 19:35

    com a vitoria do braga o guarani tem que passar cebo nas canelas porque com certeza vai precisar de duas vitorias para classificar ultima rodada vai ser pura emoção.

  • João da Teixeira
    16/04/2017 13:20

    Como nada é perfeito, de 6 resultados que foram pedidos em orações pelos bugrinos para acontecer, somente 1 não foi atendido. Oração forte é assim. Será que pediram para o cavalo de rodeio de Barretos ter uma disenteria ou quebrar a perna na 2°feira? Só faltava terem esquecido.

  • João da Teixeira
    16/04/2017 13:19

    Batatais não está fazendo nem para o purê doméstico. Gfc tem que se preocupar com o Let's Rodeo porque se depender do Batatinha, já está no G4.

  • Barba
    16/04/2017 13:18

    Realmente é muito dificil acordar e assistir 2a divisão - Tem nada não, as 16h a Macaca, representando a Cidade (Não como maior rebaixado do seculo), joga na Globo - Nega veia! Orgulho da cidade, aquela dos 97%.

  • Roberto
    16/04/2017 13:16

    É VERDADE , AS RODADAS TEM NOS AJUDADO, MAS O TIME TAMBÉM EVOLUIU DENTRO DE CAMPO COM A CHEGADA DO VADÃO, ACREDITO QUE O TIME VENÇA O BARRETOS NA SEGUNDA FEIRA E DEPOIS VÁ PARA BATATAIS ATRÁS DE UM RESULTADO MAIS FÁCIL.

  • Fernando para Ari
    16/04/2017 10:59

    Ari, como todos os ingressos já foram vendidos,gostaria de convidar os amigos bugrinos do Blog pra acompanhar na tv hoje a semi final do Paulistão entre Ponte x Palmeiras. Essa é a única chance que os bugrinos tem de acompanhar a Elite, pela televisão e torcendo pra um time profissional. Deve ser horrível acompanhar um gfc x batatais. Podem torcer a vontade,e depois do jogo podem comentar muito.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo