11
MAI
Demoraram pra trazer zagueiro e o fraco Jussani continua com camisa no Guarani

Embora com atraso, incluo-me entre aqueles que reprovaram a provocação gratuita do vereador Jorge Shneider ao Guarani, por ocasião da contratação do polivalente Richarlyson. “Reforço certo para o lugar certo’, foi a referência do vereador através do facebook, informou o portal da casa.

Embora saiba-se que o vereador seja pontepretano fanático, deveria refletir que exerce função pública e que indistintamente todos os segmentos de Campinas merecem respeito.

Vem aí a estreia do Guarani no Campeonato Brasileiro da Série B a partir das 20h30 desta sexta-feira, no Estádio Brinco de Ouro, contra o Brasil de Pelotas (RS).

E jogo com portões fechados por culpa de parte de bugrinos que protagonizaram cena de vandalismo no estádio municipal de Varginha, por ocasião da finalíssima do Brasileiro da Série C, contra o Boa Esporte.

E chega de se atribuir culpa do conflito ao despreparo do policiamento local. Tem sim uns baderneiros infiltrados em torcidas organizadas do Bugre, prova está que o clube é reincidente em ato de selvageria.

Por culpa desses baderneiros o contingente ordeiro de bugrinos paga o pato. Lamentável.

Além disso, acrescente o prejuízo do clube sem receita de bilheterias, e atletas sem o calor humano transportado das arquibancadas.

MESMAS CARAS

Quando se observa a escalação da equipe bugrina para enfrentar o Brasil, o torcedor mais exigente torce o nariz.

E não é pra menos. Confere novamente o fraco Jussani na quarta-zaga e o contestado Gílton na lateral-esquerda.

Ambos sequer deveriam continuar integrando o elenco nessa Série B e ainda têm camisa no time.

Escancaram por aí o interesse do Guarani pelo zagueiro Édson Silva, cuja passagem pelo São Paulo - anos atrás - não foi recomendável.

Caso venha, é possível que até me desminta, mas não seria indicação ideal.

Informa a redação do FI que o treinador Oswaldo Alvarez, o Vadão, ainda pensa se opta por Bruno Nazário ou Juninho em uma das meias.

Vadão quebra a cabeça por solução tão simples. Basta colocar os dois em campo e deixar o meia Fumagalli na reserva.

No ataque, só o fato de Uederson ter se desligado já é um alívio para o torcedor bugrino.

Eliandro passa a ter companhia de Claudinho e vamos conferir como reage essa nova dupla ofensiva.

Dinheiro escasso no Guarani implicou no retardamento para remontagem do elenco. Assim, parte da leva que chegou ainda não foi devidamente regularizada na CBF.

Assim, o Guarani desta estreia é uma incógnita.

  • Paulo Sergio (Saindo um pouquinho do futebol)
    12/05/2017 15:44

    Ari, desejo a você e a todos que frequentam seu blog um feliz dia das mães, aos pontepretanos, bugrinos, funcionários do portal F.I enfim a todos que tem suas mamães e também suas esposas infelizmente não tenho mais a minha em vida, mas a tenho em pensamento. Que Deus abençoe as mamães de vocês e todas as mães do mundo, e que vocês tenham um feliz dia ao lado delas.

  • FERNANDO
    12/05/2017 15:41

    Na minha opinião Fumagalli é banco !!!! Jogaria com Bruno Nazário e Juninho !!! Jussani é banco !! Gilton é banco !!!! VADÃO PRESTA ATENÇÃO !!!!!!!!!

  • Roberto
    12/05/2017 15:41

    PRECISA COMEÇAR C O PÉ DIREITO, MESMO QUE JOGUE MAL, É DESSES TIMES QUE O BUGRE TEM OBRIGAÇÃO DE GANHAR, MESMO JOGANDO C OS PORTÕES FECHADOS

  • João da Teixeira
    12/05/2017 15:41

    No meu post de hoje, das 09:31, a conjugação verbal é no futuro, ..."os torcedores começarão..." e não começaram como escrevi e "a torcida bugrina não superou o término época ou do tempo das vacas gordas...", como também escrevi. Talvez tenha ficado sem sentido o post, por isso dessas correções, mas tudo bem, o negócio é escrever... rs, rs, rs...

  • João da Teixeira
    12/05/2017 15:40

    Apesar da derrota acachapante contra o Danúbio no Uruguai ontem, o Sport classificou nos penais pela Sulamericana e ainda é um time que bota respeito. A Ponte vai ter que jogar muito se quiser suplantar o Sport no jogo de estreia no Majestoso nesse domingo. Diego parece que não jogou ontem, mas domingo, acho que vai...

  • eduardo para tito lei
    12/05/2017 15:39

    CORRETISSIMO SEU COMENTARIO TITO LEI ...TB FIQUEI SURPRESO COM ESSA CONTRATAÇAO ...TALVEZ A VISIBILIDADE OU A CAMISA TENHAM PESADO ( KKKKKKKK) " , SUDAMERICANA , "MAIOR DO INTERIOR ( KKKKKK) PRA JOGAR NA SERIE B DO BRASILEIRAO 2.017...ESSA , CONFESSO , FIQUEI MAIS ESTARRECIDO QUE VOCE...PODE TER A CERTEZA DISSO

  • Mar
    12/05/2017 15:39

    Nossa! Cade os comentarios do Eduardo ? Sao tao profundos !!!

  • Tony
    12/05/2017 15:38

    O vereador Shneider, como cidadão que é, e assumindo suas resposabilidades, tem o direito de manisfestar-se atraves de redes sociais - isso não é crime Ari. Voce deveria se abster em comentar futebol, coisa que nao tem feito ha tempos. Deixe de mostrar seu lado barriga verde e se ofender com "coisinhas" do time dos 3%. Fica feio fazer isso em publico, usando espaço esportivo. Seus chefes deveriam coibir tamanha parcialidade.

  • ALEX PP
    12/05/2017 15:38

    Sr. Ari, nao entendi quando V.Sria. diz que nao se pode dizer que Richarlysson é o certo para o lugar certo! Por que? Nao se pode expressar mais nada neste País cheio de frescura, mas pode-se roubar o que quer e ainda se pode candidatar a presidente! De toda maneira repito, Richarlysson é o cara certo no lugar certo, interprete como quiser. E vamos parar de frescurada!

  • João da Teixeira 1
    12/05/2017 09:32

    Quatro jogos vão abrir a temporada da B nessa 6ª feira, a maioria no Premiere, inclusive o jogo do bugre, ainda mais que não se tem torcida em campo, aí a Globo aproveita e mete uma TV paga para quem quer assistir. Por falar em não ter torcida, já foi o tempo de torcida ganhar o jogo "na mão". Isso não existe mais. Quer brigar, vai em uma academia de luta ou se inscreva no UFC ou congêneres. O problema é não decepcionar e se decepcionar, que os outros times não o supere em muito

  • João da Teixeira 2
    12/05/2017 09:31

    cont.Caso contrário, os torcedores já começaram a "meter bala" nos dirigentes. A torcida bugrina ainda não superou a fase "das vacas gordas" e continua muito exigente. Bom, até vc., né Ari? Exige do HS que compre jogadores e que para isso o HS tenha um "burro que caga dinheiro" no quintal. Sou neto materno de portugueses e ouvia sempre minha avó falar qdo. pedíamos a ela para comprar algo caro, a expressão "Menino, vc. pensa que eu tenho um burro que caga dinheiro?" É bem por aí

10
MAI
Outra vitória convincente do Corinthians; agora no Chile

Quem atribuiu ao acaso aquela goleada do Corinthians sobre a Ponte Preta por 3 a 0, na primeira partida da final do Campeonato Paulista, tem que se render às evidências.

Na vitória por 2 a 1 sobre o Universidad Católica do Chile, na noite desta quarta-feira em Santigado (CHI), pela Copa Sul-Americana, o rendimento da equipe foi semelhante àquele de Campinas: forte esquema de marcação, desenvoltura de posse de bola, e reais oportunidades para ampliar a vantagem.

Diferente do projetado, o Corinthians não ficou acuado em seu campo de defesa. Optou por marcar atrás da bola, mas ao recuperá-la soube trabalhá-la de forma que a tônica da partida fosse o equilíbrio.

Os desfalques de Facner e Pablo na defensiva corintiana não alteraram a produção do grupo.

O treinador Fábio Carille, do Corinthians, sabiamente deslocou o atacante Romero do lado esquerdo para o direito, com atribuição mais defensiva. O intuito era conter o ímpeto ofensivo do lateral-esquerdo Beasejour, que mais parece um ponta-esquerda à moda antiga.

RODRIGUINHO

Desde o jogo diante da Ponte Preta, Rodriguinho tem se posicionado mais no ataque, às vezes até mais adiantado de que o atacante Jô.

Neste jogo contra os chilenos, o Corinthians foi testado num estilo diferente do convencional.

Se geralmente equipes brasileiras optam pela compactação de jogadores, o time chileno se distribui em campo de forma que os dois lados do campo sejam ocupados nas execuções das jogadas, e a preferência é pelos cruzamentos de fundo de campo, em vez dos manjados chuveirinhos.

Essa estratégia provocou algum embaraço aos corintianos, inclusive resultando no gol dos chilenos através de Felipe Moro, mas no geral o time brasileiro soube administrar aquela situação.

TIRO DE META

Quem sugeriu que apenas a Ponte Preta permitiria ao Corinthians marcar gol com início da jogada em cobrança de tiro de meta se equivocou redondamente.

Pois o goleiro Cássio voltou a quebrar a bola de seu jeito costumeiro de alongá-la até a intermediária adversária, e aí Rodriguinho soube dominá-la, escapar da marcação de dois adversários e ‘pimba’: 1 a 0 Corinthians durante o primeiro tempo.

A vantagem foi ampliada através de Jadson já no segundo tempo, ao receber passe livre já dentro da área, em movimentação rápida dos corintianos em contra-ataque.

Natural que o time da casa fosse aumentar o volume de jogo ofensivo nos 15 minutos finais, sem que isso implicasse em susto ao time brasileiro.

  • Marcio
    12/05/2017 23:30

    Essa foi boa, até eu tenho que concordar Tio Lei....rsrsrs, o pior que é verdade ! Paulo Sérgio ainda tá nervosinho com a perda do título ? Vai pescar rapaz ou então vai lá dar uma bitoca no Sheik, quem sabe te acalma....kkkkkk

  • João da Teixeira
    12/05/2017 15:43

    Eugenio vc. escreveu que "Nós pontepretanos tivemos o privilegio de termos tido uma pessoa como o Moisés, um torcedor apaixonado e isso, é para poucos times. Devíamos por flores no busto dele todo jogo". Podíamos dizer que não é para qualquer time, mas clubes quase sempre tiveram seus abnegados, o próprio Guarani, para ser o clube que era na década de 1950 a 90, tinha que ter os seus abnegados. Pena que hoje, no bugre, os abnegados desapareceram, só tem os antônimos dos abnegados

  • João da Teixeira 1
    12/05/2017 15:43

    Eugenio, escrevi bobagem ao citar que foi um ex presidente. Seu cargo era de Diretor, sendo um abnegado na construção do estádio para o "time de onze camisas", como era chamada a Ponte por não ter uma casa. Foi contrário ao ser homenageado com o nome do Estádio e o pior da história, a oposição dentro do clube passou a cobrar dele uma prestação de contas de todo o processo, situação que o magoou muito da forma que foi feita, sendo essa a responsável pelo seu afastamento definitivo

  • João da Teixeira 2
    12/05/2017 15:42

    Eugenio, a Ponte teve sempre, nos piores momentos, amantes abnegados. Assim como Moisés Lucarelli, tivemos mais recente o Sergio Carnielli, que só por administrar o clube naqueles momentos complicados da década de 1990, já merece um busto também. A sua ideia de se por flores todos os dias, daria uma sugestão de fazer uma pequenina praça interna com flores e um banco de madeira para os torcedores fazerem meditação sempre que pudessem e espaço para no futuro colocar-se outro busto.

  • Eugenio
    12/05/2017 09:30

    Caro Joao da Teixeira, otima sua lembrança do Moises Lucarelli, pessoa excepcional, grande empreendedor Campineiro, mas ele nunca foi presidente da AAPP, seu irmão Irmante, que era chamado de Armando, foi sim presidente. Vcs pontepretanos tiveram o privilegio de terem tido uma pessoa como o Moises, um torcedor apaixonado, isso é para poucos times. Deviam por flores no busto dele todo jogo.

  • TIO LEI
    11/05/2017 22:51

    São coisas assim que nos deixam cabreiros. Já era sabida a saída do Potker, e que o corintians estava negociando com o Clayson. Isto é, de um ataque formado por 3 jogadores, DOIS saíram, e isto JÁ ERA SABIDO. Aí trazem o Emerson, que está fora de forma e só. Se já sabiam da lacuna que abriria, por que não se anteciparam ao problema? Outra coisa. Cajá AINDA FORA DE FORMA? Isso só pode ser brincadeira, né?

  • Paulo Sergio
    11/05/2017 19:11

    E essa do Alex Silva que agora estão dizendo que o gfc desistiu do jogador, PODE?? assumam que não pode pagar o que o jogador quer, pô!! Empresário esperto e jogador esperto não passam nem perto do PINICÃO DA PRINCESA!! Piada pronta mesmo, viu!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....

  • TIO LEI - Essa é para se pensar...
    11/05/2017 17:26

    Esse site FI solta cada uma, que só rindo mesmo. E. Páscoa deixa o nautico (pasmem) por ATRASOS NO PAGAMENTO e acerta com o (pasmem novamente) gfc. KKKKKKKKKK Vai gostar de mover processo assim, lá em baixo, sô. ...Isso é que é sair do naufrágio e cair no meio de uma tribo que vive de ( ou na) tanga, né?

  • TIO LEI
    11/05/2017 17:25

    Ah eugenio. Pára o MISTÃO. Você NÃO PERDE nem um jogo da NOSSA PONTE PRETA. Minha unica duvida é se domingo VOCÊ VAI ESTAR NO NOSSO ESTADIO ou ira assistir pela TV!!! Cuidado que as crianças já estão se ACOSTUMANDO a ver muuuuiiiito mais jogos da NOSSA MACACA do que jogos do indiozinho de tanga ( ou seria NA tanga)?

  • João da Teixeira 2
    11/05/2017 13:46

    O Majestoso, estádio particular da torcida da Ponte Preta, foi construído pelos torcedores literalmente e acabou sendo o 3º estádio em tamanho do Brasil, perdendo somente para o Municipal do Pacaembu e para o do Vasco, de São Januário. Em 1950 veio o Estadual do Maracanã, tornado-se o maior Estádio do Mundo. O nome Moisés Lucarelli dado ao Majestoso, foi em homenagem ao Presidente da Ponte, idealizador do projeto. Estádio da Torcida que Tem um Time...

  • João da Teixeira 1
    11/05/2017 13:21

    O Estádio das Laranjeiras está fazendo 98 anos da reforma e inauguração, porque o campo das Laranjeiras é de 1904 ou até menos. É que 1919, o estádio das Laranjeiras foi inaugurado após a reforma do campo e construção das arquibancadas. Ficava ao lado da Sede do Fluminense. Nessa época, era o principal estádio do Rio, já que São Januário foi inaugurado em 1927, como sendo o maior estádio da América do Sul. Em 1949 foi inaugurado o Majestoso, estádio da Ponte Preta, o 2º em...

  • Mar
    11/05/2017 13:20

    Nossa! Cade, os comentarios profundos do EDUARDO?!

  • João da Teixeira 1
    11/05/2017 13:19

    Carille seguindo o trabalho deixado pelo Tite e adicionando um pouco do "seu tempero" no time, está fazendo do Cúrinthians, um time competitivo e que vai dar trabalho no Brasileiro. A molecada está gostando de jogar junta e já é um forte concorrente ao título. Posso até estar falando bobagem, mas vamos ver no decorrer do campeonato se estou certo ou errado. Por sinal, a parte técnica dos times nos campeonatos do Brasil, vem caindo assustadoramente. cont.

  • João da Teixeira 2
    11/05/2017 13:18

    cont. Já estou queimando a língua, pois era um defensor de se pegar jogadores no Brasil para mesclar com alguns jogadores que atuam nos campeonatos europeus, mas competitivos e técnicos, para forma a seleção brasileira. Mas estou vendo que do jeito que está indo, a coisa vaia tender a só ter jogador estrangeiro na seleção. Agora o Cássio e o Rodriguinho já merecem um lugarzinho na seleção.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo