10
JAN
O que se pode esperar de um time remendado do Guarani?

Você que acessa as mídias de Campinas e constata informação envelhecida sobre futebol, que ultrapassa 48 horas sem a devida atualização, não suspeite que seja descaso do quadro de reportagem.

Covid desfalca time do Guarani
Covid desfalca time do Guarani

Na sexta-feira passada, a medida que foi noticiada suspeita de Covid-19 para os jogadores Jefferson Paulino, Gabriel Mesquita, Wálber, Victor Ramon, Bruno Silva, Lucas Crispim e Waguininho, aguardou-se pronunciamento oficial do clube, que até a noite deste domingo havia ignorado.

Desconsideraram a necessidade de prestação de serviço dos veículos de comunicação, para atualizarem informações ao público receptor.

Alguém da cúpula diretiva ou comissão técnica deu a ordem para se omitir informação oficial, e, no caso, cabe à assessoria de imprensa do clube cumprir ordens.

Quem foi o pai da criança? Apareça aí e assuma o absurdo cometido.

O clube preferiu agir protocolarmente, visto que exige-se comunicação de eventuais casos positivos pós-testagem apenas no dia do jogo.

NÃO VIAJARAM

Não fossem fontes alternativas de informações consultadas por veículos de comunicação, não se saberia que os citados atletas já cumprem protocolo de dez dias de isolamento, e assim sequer viajaram para Maceió (AL).

Se a intenção seria confundir o CRB em referência à escalação do time bugrino para o jogo desta segunda-feira, de nada adiantou, visto que no dia do jogo é obrigatória a comunicação de atletas contaminados.

TIME REMENDADO

Se mesmo que dispusesse de força máxima o Guarani já enfrentaria dificuldades contra o CRB em Alagoas, a situação fica aparentemente complicada com a escalação de um time remendado, ainda sem contar com a voltas do zagueiro Romércio e polivalente Pablo, ambos diagnosticados com Covid no início da semana. E provavelmente sem o retorno do atacante Júnior Todinho.

CRB

Com 43 pontos ganhos, o CRB precisa de uma vitória para se ver livre de qualquer risco de rebaixamento nesta Série B.

Com a volta do treinador Roberto Fernandes ao clube nas três últimas rodadas, a equipe esboçou reação.

Se na estreia dele o time foi derrotado para o América Mineiro por 1 a 0, em Belo Horizonte, a recuperação veio na vitória também por 1 a 0 sobre o Avaí, em Florianópolis (SC), assim como a equipe venceu o Confiança por 2 a 0, em Maceió.

PONTE PRETA

É tudo ou nada para o Ponte Preta nesta segunda-feira, em termos de Campeonato Brasileiro da Série B, em jogo que começa à tarde e termina à noite.

Com 47 pontos, sete a menos de que o adversário Cuiabá, qualquer outro resultado que não seja o de vitória será o fim de linha aos pontepretanos.

Mantida ou ampliada a diferença, será impossível tirá-la deste concorrente direto na sequência, nos outros 12 pontos que ainda serão disputados. Além dele, a Ponte está atrás de postulantes ao acesso como CSA, Juventude e Guarani.

Caso passe pelo Cuiabá, tudo muda de figura.

Se chegar aos 50 pontos, a Ponte já diminui a diferença sobre o time mato-grossense para quatro pontos, e aí vai ficar na dependência de ganhar outros jogos na sequência e aguardar tropeços de concorrentes.

ZANOCELO

A Ponte Preta corre contra o tempo na tentativa de prorrogação de contrato com o meio-campista Vinícius Zanocelo, de 19 anos de idade.

Revelado na base do clube, o atleta tem contrato até o final desta temporada, e já há sondagens de clubes em torno do futebol dele que pode, a partir de junho, assinar pré-contrato com qualquer agremiação, visto que ao final do ano os direitos econômicos já vão lhe pertencer .

Bobeou a diretoria da Ponte Preta ao não buscar solução do caso com bastante antecedência.

LONGUINI

A exemplo das passagens por Guarani e Ponte Preta, o meia-atacante Rafael Longuini não foi bem-sucedido no CRB, e já rescindiu contrato iniciado em janeiro do ano passado.

Longuini interrompeu participação na equipe alagoana após 11 partidas, em decorrência de lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito, que exigiu cirurgia.

Ainda não existem comentários.

09
JAN
Botafogo goleia e Jeferson pede música no Fantástico

Pera aí. Pare tudo! Não é fake, não. Sabe o lateral-direito Jeferson, que a Ponte Preta emprestou ao Botafogo de Ribeirão Preto? Lembra-se dele, pontepretano?

Pois ele pode pedir música no 'Fantástico'. Marcou os três gols na goleada do Botafogo sobre a Chapecoense por 3 a 0, na noite deste sábado, em Ribeirão Preto.

Tá certo que Jeferson foi escalado como atacante de beirada, mas no primeiro gol parecia aquele centroavantão habituado ao cabeceio.

No segundo, como se fosse homem de área preparado para rebote, enfiou o pesão na bola e já estava no lucro.

No terceiro, em bola espirrada após cruzamento, acertou uma 'paulada' indefensável.

Jeferson vive noite iluminada pelo Botafogo-SP
Jeferson vive noite iluminada pelo Botafogo-SP

CADÊ O PÚBLICO?

Por ironia do destino, em jogo que sairia consagrado por torcedores de sua equipe, por ter sido

decisivo para uma sobrevida, visando escapar do rebaixamento nesta Série B do Campeonato Brasileiro, foi substituído aos 23 minutos do segundo tempo, recebendo apenas abraços dos companheiros e membros da comissão técnica da equipe pelo momento singular na carreira.

Nesse troço chamado futebol tem essas coisas. No jogo inigualável na carreira dele, típico pra torcida gritar em coro o seu nome, Jeferson vê aquela arquibancada do Estádio Santa Cruz vazia.

Resta saber que ao saltar para 30 pontos na classificação, ainda será possível o Botafogo escapar do rebaixamento, visto que Paraná tem 33, Figueirense 36, Vitória 37 e Náutico 38? Isso fora o Oeste, que já caiu.

CHAPECOENSE

Se o pontepretano estava desconfiado da agenda seguinte de jogos de seu clube nesta Série B, com a tabela programando partida em Chapecó contra a equipe local, será que depois desta 'piaba' já se pensa de maneira diferente, de que seria plenamente possível encará-la, na sequência?

Isso, claro, convencionando-se que a Ponte entre decisivamente no páreo com vitórias diante de Cuiabá e Náutico.

NOIVADO DE MARTA

Jornal Folha de Alagoas publicou que a atacante Marta, da seleção brasileira de futebol feminino, anunciou o noivado com Toni Pressley, sua colega de equipe feminina do Orlando Pride, com sede em Orlando, na Flórida - Estados Unidos.

Ainda não existem comentários.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo