17
FEB
Dá pra apostar sobre quem fará companhia ao Botafogo e Coritiba?

Imaginem se já estivéssemos livre da pandemia da Covid-19?

Teria gente até pelo ladrão no jogo decisivo do próximo domingo, no Estádio do Maracanã, entre Flamengo e Inter (RS), na penúltima rodada do Brasileirão.

Inter 69, Flamengo 68. Pode-se dizer que quem ganhar vai colocar uma das mãos no caneco, ou a última rodada tem peso significante?

Aí, enquanto o Inter vai recepcionar o Corinthians, o Flamengo visitará o São Paulo.

RETRANCA DO TIMÃO

Quem diria que o então destemido Corinthians incorporasse literalmente o espírito retranqueiro do saudoso treinador Milton Buzzetto, nos tempos de Juventus, década de 60?

Pois foi assim diante do Flamengo que, diferentemente dos tempos do técnico português Jorge Jesus, encontrou terrível dificuldade para furar o cerco.

Tão retrancado quanto foi o Sport, que desprezou a condição de mandante diante do Bragantino, para sustentar um empate sem gols na noite desta segunda-feira.

É provável que os 42 pontos já conquistados o encaminhem para se livrar do rebaixamento, nos jogos em que receberá o Galo mineiro e atuará fora de casa contra o Athletico Paranaense.

REBAIXAMENTO

Pra bugrinos e pontepretanos, o interesse maior na reta de chegada do Brasileirão prende-se àqueles que vão se juntar a Botafogo e Coritiba já rebaixados à Série B.

Então, façam as suas apostas.

O confronto direto de Vasco e Goiás, na última rodada, pode ser determinante para a queda de um deles, pois conquistaram até agora 37 e 36 pontos, respectivamente.

Antes disso, será que o Goiás vai conseguir pontuar ao recepcionar o Bragantino?

Bahia, com 38 pontos, igualmente ameaçado, terá confronto direto com o Fortaleza, que com três pontos a mais ainda corre risco.

Caia quem cair, o certo é que as missões de Ponte Preta e Guarani ficaram complicadas para a próxima Série B do Brasileiro, até porque o Cruzeiro começou o processo de remontagem da equipe visando retorno à elite nacional.

  • TIO LEI - IV
    19/02/2021 22:53

    ... de um técnico "mais cascudo", mais rodado, mais "calejado. Será que não estão entregando um carro de F1 nas mãos de um piloto de autorama? Outra coisa que não entendo é a "forçação" de barra em se formar treinadores no Majestoso. Inicia-se "planejamento em mão pouco experientes, para depois ficar correndo atrás de "salvadores" da pátria. Espero sinceramente estar enganado, mas que a mim não estão apresentando boas perspectivas, ah! Não estão mesmo.

  • João da Teixeira
    19/02/2021 22:52

    Hoje tem um jogo decisivo para o S.Paulo contra o Palmeiras. Jogo de um interesse só, mas o "Parmitão" promete cair fora de sua via dolorosa e aprontar para "os bambis". Eles estão de olho na Copa do Brasil, financeiramente e pelo troféu, porque a vaga na Libertadores, está garantida. Com essa história, vai sobrar uma vaga a mais para os postulantes. Quem sabe o Red Bull não leva uma. Pena que deu azar, ao enfrentar o Goiás antes de sua possível queda. Ó céus, ó vida, ó azar...

  • Luiz Otto Heimpel
    19/02/2021 22:51

    Discordo Joao pois o Graziiano esta comprometido pelo acordo na justica . Ou cumpre ou jogou milhoes no lixo e fica sem nada. Por putro lado o Carnieli e um torcedor da associacao mas seus herdeiros nao e alguma hora o emprestimo sera cobrado.e ai a cobra vai fumar. Voce com serteza e um torcedor da macaca fanatico assim como eu sou do Bugre e por isso jamais concordaremos nesse assunto pois o amor fala mais alto. Abraco

  • Luiz Otto Heimpel
    19/02/2021 22:50

    O objetivo do futebol e fazer gols. Para isso o Bugre precisa urgentemente de im camisa 10 e um centroavante de verdade. So beques e volantes ajuda mas nao resolve.

  • Profeta da Tribo
    19/02/2021 22:50

    Allan tem treinado o Bugre com a escalação parecida com o que falei esses dias. 4-3-3, meio com Marcelo, Índio e Tony. Ataque com Savio, Pablo e Costa. Acho que pode dar certo. Torcer muito.

  • Léo - Pr
    19/02/2021 13:20

    A perca que o time do Guarani teve na defesa não afetou em nada acho que tivemos ganho eles indo em bora,agora tivemos perca principalmente no meio campo o ponto mais importante, ataque a perca é fácil de reposição não tínhamos nenhum atacante que deixaria saudade não,mais acho que do meio para frente nosso time vai ser pior nesse ano,devido a perca do Crispim e Murilo Rangel.

  • Profeta da Tribo
    19/02/2021 13:19

    Quinta-feira do terror no Brinco de Ouro. Que contratações foram essas? O Airton sequer era reserva no Avaí! O Rodrigo Andrade está sendo emprestado pelo Vitória, que também está na Série B, fora que é mais um volante. Sciola já com 35 anos, será que vai dar certo? E o Julio Cesar, atacante? 20 jogos e 2 gols, em 2020. Enfim, a preocupação é grande. Michel Alves, não podemos sequer cogitar rebaixamento!

  • Profeta da Tribo
    19/02/2021 13:18

    Esses atletas contratados, em algum ponto da carreira mostraram valor, mas a temporada anterior foi ruim para eles. A ideia do Bugre é, aproveitando o mal momento, contratá-los por um custo menor, e tentar recuperá-los. É arriscadíssimo. Deu certo com Pablo e Crispim, por exemplo, que chegaram aqui desacreditados. Mas nem sempre funcionará. Índio deu uma entrevista e já adiantou a cara que Allan está dando ao Bugre: time brigador. Vai ter que ser assim, pois na técnica, não vai dar.

  • João da Teixeira
    19/02/2021 13:16

    Não adianta alegar que o Graziano veio como um inimigo, como um iconoclasta. A obrigação de vcs é terem abraçado e tentado fazer gostar do clube, afinal, um dos melhores presidentes que o bugre teve era "Pó de Arroz" e foi um dos que começaram a construir o quase já extinto Brinco. Vcs sabem que foi? Pois é, mesmo sendo um presidente misto, talvez vcs teriam muito mais a ganhar do que como está essa loja de 1,99, hoje. Uma balbúrdia sem tamanho e só o "salvador" que ganhou...

  • João da Teixeira
    19/02/2021 13:15

    Estava travando uma discussão inglória sobre nossos salvadores, pois ambos investiram muito dinheiro no intuito de salvar os nossos clubes, um diretamente outro indiretamente. Apesar de serem investimentos diferentes, um pensando em salvar o clube da falência e o outro comprando um patrimônio já quase engolido pelas dívidas, que no pacote de compra exigiu-se a construção de um estádio, um CT e um clube social sem um detalhamento preciso dessas construções ou locais a serem feitos

  • João da Teixeira 2
    19/02/2021 13:14

    ...e a coisa só vai indo devido ao acordo com a justiça trabalhista, que pressiona o "investidor", caso contrário a coisa estaria mais nebulosa ainda. Um salvou a Ponte, tinha um vínculo como torcedor, o outro, sem vínculo nenhum com o bugre, somente "cresceu os olhos" sobre o patrimônio do clube, diferente, não? A Ponte recebeu o seu investidor como salvador. O bugre sendo estuprado, em vez de relaxar e gozar, combateu o "salvador" ao invés de atraí-lo a causa. Já tinha sido

  • João da Teixeira 3
    19/02/2021 13:13

    ...Já tinha sido estuprado mesmo, o negócio agora era fazer virar realmente um investidor, não adiantava continuar orgulhoso e espernear. Deu no que deu, o dono de tudo, cúrinthiano assumido, pegou ojeriza do "verdinho" e hoje vivem digladiando tendo um juíz como mediador. Se tivessem abraçado o salvador da pátria bugrina, como a Ponte o fez, talvez tivessem numa melhor condição estrutural. Agora é continuar relaxado e gozando. Entendeu Otto, como a sua luta é inglória?

  • Marcos
    19/02/2021 02:07

    Uma frase de música que traduz bem as contratações do Bugre : " Sobrou prá mim, o bagaço da laranja... sobrou prá mim..."

  • João da Teixeira
    18/02/2021 10:08

    Um ponto separa os 3 mais fortes candidatos às 2 vagas restantes para o rebaixamento. Apostar com a certeza que vai ganhar, impossível. Arriscaria a queda do Goiás e do Bahia por um detalhe, o Vasco decide em casa contra o Goiás, um concorrente direto, mas não poria a minha mão no fogo de jeito nenhum. Tanto porque o Vasco ainda tem um jogo contra o Cúrinthians fora de casa, o Bahia pega o Santos e o Goiás o Red Bull, todos 3 estão brigando por vaga na Libertadores e Sulamericana

  • João da Teixeira
    17/02/2021 09:11

    Mesmo sem um título de 1° linha, a Gloriosa está sempre sendo requisitada. Qdo. não é convidada por "se" tratar de sua fama, a sorte vem e bafeja por alguma feliz coincidência e acaba sendo beneficiada por estar no lugar certo e na hora certa. Diferente de outro time, que a ajuda da FPF veio direta e reta para que não caísse, de um ex dirigente, "se" não contabilizava mais um rebaixamento nos muitos que teve. Campeão do século nesse quesito, né? O rasgado falando do roto.

16
FEB
Enquanto Ponte e Guarani atrasam, clubes da Série B já buscam reforços

Comumentemente Guarani e Ponte Preta usam o Campeonato Paulista como laboratório, para posterior contratações pontuais de jogadores visando a Série B do Campeonato Brasileiro.

E mais uma vez cartolas das equipes campineiras assim agiram, só que agora desconsiderando algumas variantes, se é que cobiçam verdadeiramente acesso ao Brasileirão de 2022.

O próximo Paulistão será curtíssimo, coisa de 85 dias, a partir do próximo dia 27 de fevereiro.

Igualmente desconsideram que grandes equipes da segunda divisão nacional já estão se reforçando.

CRUZEIRO

Apesar das intermináveis dívidas, o Cruzeiro começa alicerçar a equipe já para o Campeonato Mineiro, visando atingir o apogeu na Série B.

Marcinho troca Sampaio Corrêa pelo Cruzeiro
Marcinho troca Sampaio Corrêa pelo Cruzeiro

Contratou o lateral-esquerdo Alan Ruschel da Chapecoense, meia Marcinho do Sampaio Corrêa e zagueiro Eduardo Brock, do Ceará. Logo, é candidato.

Se recentemente o Vitória fez campanha decepcionante, agora já mira remontagem da equipe, dispensando jogadores como o volante Gerson Magrão, mas se esforçando para renovar o empréstimo do meio-campista Matheus Frizzo e apostando em novidades.

Será que o volante João Pedro, 21 anos, buscado na Portuguesa Santista, teria sido um 'achado' que clubes paulistas não viram?

Já que o Sampaio Corrêa desmanchou o seu time, o Vitória disputa com o Coritiba a contratação do lateral-esquerdo Marlon.

BOTAFOGO (RJ)

Após magoar a sua torcida com o rebaixamento, o Botafogo (RJ) quer se reorganizar buscando o atacante de beirada Ronald, do Botafogo de Ribeirão Preto, e só saiu da disputa pelo atacante Reis, do Confiança, porque o destino dele será o futebol sul-coreano.

Isso fora outros dois rebaixados da Série A, que serão conhecidos até o final do mês, que estão entre Vasco, Goiás, Bahia e Fortaleza.

Não bastasse tudo isso, o argumento de Ponte Preta e Guarani para busca de reforços em clubes interiorano perto do término do Paulistão, supostamente sem calendário no segundo semestre, cai por terra com participações de Botafogo, Ituano, Mirassol, Oeste e Novorizontino na Série C; enquanto Portuguesa, Ferroviária, Santo André e Inter de Limeira estão na Série D.

NOVORIZONTINO

A rigor, o Novorizontino, primeiro adversário da Ponte Preta, em Novo Horizonte, no próximo dia 27, continua reforçando.

Com o desmanche do Sampaio Corrêa, seu ex-treinador Léo Condé levou para o Novorizontino o rápido atacante de beirada Roni, 29 anos, 48 jogos e oito gols no clube maranhense.

Ele se junta a outros contratados como o centroavante Jenison, emprestado pelo Cuiabá, e meia Murilo Rangel.

Ainda não existem comentários.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo