15
SET
Agora faltam nove pontos para a Ponte Preta se livrar do rebaixamento

A trajetória do saudoso zagueiro Eraldo do Guarani é contada na coluna Cadê Você.

Ao empatar sem gols com o Oeste na noite deste sábado em Barueri, a Ponte Preta cumpriu a meta de somar ponto para rapidamente se livrar do rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B.

Agora, com 36 pontos, o time precisa atingir mais nove pontos para que o objetivo de permanência na competição seja atingido.

Se é que havia reduzidíssima chance de a Ponte ainda sonhar com acesso, ela foi totalmente diluída neste empate.

De mais a mais, nem faz sentido um time com a pobreza técnica da Ponte Preta subir.

Há uma incrível dificuldade de se criar oportunidades de gols, e quando elas ocorrem não são aproveitadas.

DUAS CHANCES

A rigor, em ambas a Ponte fez jogadas de fundo de campo.

No primeiro tempo, quando o lateral-direito Igor Vinícius cruzou rasteiro, para trás, o atacante André Luís chutou a bola rente ao poste esquerdo.

Após o intervalo, na única vez que o lateral-esquerdo Danilo Barcelos chegou ao fundo de campo, cruzou, e o zagueiro Reginaldo não soube aproveitar a hesitação dos defensores adversários Joílson e Conrado e cabeceou a bola igualmente para fora.

O enredo da Ponte na partida se restringiu basicamente ao primeiro tempo, com avanços consecutivos de Igor pela direita, sem que tivesse marcação específica.

E quando a bola chegava aos pés de André Luís havia individualismo, num claro indício de desconfiança dele no jogo coletivo.

Supõem-se que tenha raciocinado arriscar as jogadas - mesmo com risco de perdê-las -, a tocar a bola e ver os outros perderem.

Acontece que tem recebido dupla vigilância dos adversários e raramente prosperam as suas tentativas.

JÚNIOR SANTOS E BARCELOS

Nem havia necessidade de se alternar jogadas de ambos os lados do campo.

Júnior Santos, escalado pelo setor esquerdo, não conseguiu dar sequência a um lance sequer.

Ora se enroscou na bola, ora foi desarmado facilmente.

E como previsto, também não contou com apoio de Barcelos, exceto nos minutos finais.

Considerando-se que o atacante centralizado Vitor Rangel tem destoado e sequer deveria ter sido escalado, resta, então, realçar o forte trabalho de marcação do meio de campo pontepretano, cujos volantes Paulinho e Nathan contaram com sucessivos recuos de Thiago Real.

Problema é que Real não é um meia contundente na chegada às proximidades da área adversária, e raramente finaliza. Por sinal, quando ficou livre quase na entrada da área, Rangel, de cabeça baixa, obviamente não o enxergou e deu um chutinho na bola, recuando-a ao goleiro Tadeu.

IVAN

Já o Oeste pouco criou. Quando Zé Love ocupou o espaço entre Reginaldo e Barcelos, provocou algum embaraço, principalmente ao exigir defesa do goleiro Ivan em chute rasteiro.

No segundo tempo o Oeste alçou bola quando se dispôs a atacar, enquanto a Ponte se ressentiu da falta de qualidade para infiltração em defesa fechada.

Como aparentemente o objetivo de permanência será atingido, compete aos dirigentes já traçarem o planejamento à próxima temporada, com análises criteriosas para que sejam evitados erros crassos em contratações.

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    16/09/2018 22:14

    MEU AMIGO XARÁ, 9 PONTOS PARA PONTE PRETA QUE NÃO SABE FAZER GOL, NÃO JOGA NADA, NÃO TEM TIME, DÚVIDO? VEJA A TABELA, ACIMA DOS 40 PONTOS :- FORTALEZA 47, CSA 46, GOIÁS 45, ATLETICO GO 43, VILA NOVA, 43, AVAÍ 42, GUARANI 41. ACIMA DOS TRINTA PONTOS: FIGUEIRA 39, CORITIBA 36, PONTE 36, LONDRINA 36, OESTE 35, SÃO BENTO 35, CRICIUMA 35, BRASIL31, PAYSANDU 30. ACIMA DOS VINTE PONTOS: CRB 29, JUVENTUDE 28, SAMPAIO 25, BOA 25...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    16/09/2018 22:13

    ... RESULTADO DAS 27 RODADAS, FALTAM 11 RODADAS, ACHO IMPOSSÍVEL FICAR NA B PELO FUTEBOL QUE ESTÁ JOGANDO. ATUALMENTE PLANTEL HORRIVEL. SEM VONTADE, SEM MOTIVAÇÃO, RUIDANDE, SOMENTE TEMOS UM JOGADOR QUE ESTÁ PEGANDO TUDO SALVADOR DA PÁTRIA ( I V A N ). OBS: AGORA É TUDO OU NADA PARA SERIE B. RESULTADOS JÁ ACONTECERAM NO FINAL DA SEMANA. É LAMENTAVEL PRECISAR USAR ESTÁTISTICAS DOS JOGOS FALTANTES, PROMETO PASSAR ATÉ TERÇA-FEIRA, ESTÁ COMPLICADO PARA FAZER.

  • LÉO - PR
    16/09/2018 22:13

    sempre muito participativo Ari cade João da Teixeira,

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    16/09/2018 22:07

    NOSSA PONTE PRETA PARECE BALÃO DE 8 METROS QUE SOBE, SOBE E APAGA A TOXA, E CAI COM TUDO EM VIRTUDE DO SEU PESO, QUANDO CAIR FAZ EXTRAGO. NA RODADA 21 DE 14/08/2018, PONTE PRETA 3 X 1 CRICIUMA. FOI A ÚLTIMA VITORIA. DA RODADA 22 DE 21/08/2018 = PERDEU PARA LONDRINA 1 X 0. DA RODADA 22 ATÉ A 27 = 15/09/2018, SÓ PERDE E EMPATA...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    16/09/2018 22:06

    ... RESULTADO 6 JOGOS SEM UMA VITÓRIA, JOGANDO MAL, PERDENDO GOLS, PERDENDO PENALTY, E O CHAMUSCA O ENGANADOR DE TECNICO. FALTAM 11 JOGOS COM SOFRIMENTO E HAJA CORAÇÂO, PARECE JOGO DE PELADA DE FINAL DE SEMANA DOS QUE TRABALHAM A SEMANA TODA. É HORRIVEL. TENHO PENA DO GOLEIRO IVAN, JOGAR NO MEIO DESSES VAGABUNDOS...

  • ARIOVALDO ZANELLI (3)
    16/09/2018 22:06

    ... MALANDROS QUE ESTÃO ACABANDO COM O NOME DA PONTE PRETA. DA RODADA 22 ATÉ 28, FEZ APENAS 1 GOL, NUNCA ACONTECEU NA MINHA VIDA, VEJAM BEM: TENHO 72 ANOS, FUI SÓCIO NÚMERO 484 NA ÉPOCA DO PRESIDENTE SERGIO ABDALLA. EU NÃO AGUENTO MAIS. OLHANDO NA FOTO, GAROTO, NÃO PERDIA UM JOGO EM CAMPINAS, CAMPO SEMPRE LOTADO.

  • LÉO - PR
    16/09/2018 17:29

    Ari não é muito do guarani ficar em meio da tabela,quase sempre esta entre os primeiros ou entre os últimos,portanto eu vejo o momento certo de crescimento do time,mesmo não jogando essa maravilha,mais ninguém tá apresentando o futebol de encher os olhos,agora esta claro de guarani a fortaleza são 7 times brigando por 4 vagas.

  • marcio
    16/09/2018 17:28

    Ari, apesar de jogarmos um futebol (?) paupérrimo, não cairemos. Já fui e sempre serei criticado por afirmar que o melhor pra Ponte seria o pior: queda pra C. Seríamos chacota pro GFC, seria uma perda financeira irreparável MAS seria a única maneira destes comandantes irem embora. Quando a escalação eu subiria a BASE....Putz! esqueci :"sumiram com 17 jogadores da base"...lá ninguém sabe, ninguém viu.... ORDINÁRIOS!!

  • TIO LEI
    16/09/2018 17:27

    A mim não enganaram. Desde as primeiras rodadas venho dizendo . "NÃO TEMOS TIME". Diretoria xula, fraca ao extremo, contratam jogador de acordo com a "lábia" do empresário . Só podia dar nisso . Não temos um time apenas COLOCAM 11 para jogar e seja o que Deus quiser. Elenco? O que é isso? O que temos é uma "baciada" de boleiro ruim. Então, como responsabilizar treinador? Só nos restar lutar para não cair . Simples assim.

  • MARCIAO P / PROFETA
    16/09/2018 17:26

    Mesmo, a Ponte e´ruim. Mas o seu timinho não consegue ganhar dela faz tempo !! Ate´no derbinho de Sub - 15 ,tomou pau.

  • JHON
    16/09/2018 10:43

    Se o nosso Bugre ganhar o próximo jogo entrará definitivamente no páreo, embora não tenha time para disputar uma série A atualmente. Vai aos trancos e barrancos , e com muita instabilidade na série B, assim como a maioria dos times que estão disputando. Quanto á aapp, seus torcedores acreditavam que seriam campeões, quando ganharam o derby na Zebra. A História se encarrega dos fatos como sempre dentro da associação...JAMAIS SERÃO !!!

  • JP
    16/09/2018 10:42

    Dentro de campo esse elenco mostra como essa Diretoria é fraca de planejamento e conhecimento de futebol. Montaram um time com uma defesa que não inspira confiança em momentos cruciais, um meio de campo pesado para marcar e que não consegue acertar um passe de 3 metros, e por fim um dos piores ataques da série B que apenas vive dos lampejos de André Luís.

  • Antônio Carlos
    15/09/2018 23:52

    Manda embora este elenco frouxo! Nao sobra 1!!

  • TONY
    15/09/2018 23:52

    Fazia muito tempo que o elenco da macaca nao era tão sofrível! Mas destaques de grossura para Danilo Barcelos, Victor Rangel, Nathan e Paulinnho. Além disso alguns inúteis como João Victor e a droga do Thia Real. Ano pra esquecer, de novo.

  • Profeta da Tribo
    15/09/2018 23:51

    Como a AAPP é ruim! Cadê o Barça do Interior, o Real de Campinas? É o preço da arrogância. Torcida e diretoria sempre vomitam arrogâncias. Agora colham. Agora pegam o futuro campeão do campeonato, o Goiás, fora de casa, e vão apanhar bonito. Diziam que seria bate e volta, mas está sendo só bate e bate. Estou com muita dó! Só que não! Para mim, ainda é pouco. Chamusca deve estar muito arrependido. Treinar AAPP será uma mancha em sua carreira.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
14
SET
Ah se Chamusca e Louzer absorvessem ensinamentos de mestres do passado!

Rotineiramente tenho visitado o amigo Peri Chaib - ex-dirigente da Ponte Preta - no Estacionamento Maratona, centro de Campinas.

Ali sempre foi ponto de encontro de desportistas da velha guarda, alguns com vasto conhecimento de bola rolando e mumunhas de bastidores, em que é possível absorvê-los e praticá-los.

Ao longo da carreira que supera 40 anos de jornalismo, a convivência com excelência no comando técnico como Zé Duarte, Cilinho, Castilho, Dino Sani e Ênio Andrade me garante citar, sem arrogância, que deu pra aprender um pouquinho desse troço.

Na tentativa de corrigir a lentidão do zagueiro Júlio César, em início de carreira no Guarani, o saudoso Castilho o deslocou à função de volante por um período. “Vai se movimentar bem mais, e isso será bom para ele” profetizou.

CILINHO, DINO E ÊNIO

Em pleno dérbi, Cilinho ousou sacar o lateral-direito Nelsinho Baptista - hoje treinador -, e optou por dois pontas com a entrada de Vicente, deslocando Alan à meia-direita.

Dino ensinou o centroavante Chicão a bater na bola de primeira, e o reflexo foi extraordinário.

O também saudoso Ênio Andrade provou que apesar das limitações do elenco bugrino em meados dos anos 80, era possível melhorá-lo com ligações diretas bem planejadas para que o então ponteiro-direito Chiquinho Carioca fechasse em diagonal e tivesse ótimo aproveitamento nas jogadas.

O meia Neto começou a aprender a pegar bem na bola com treinos repetidos de cobranças de faltas ensinadas por Ênio.

CHAMUSCA

Assim, aquela treinadorzada unia a capacidade de organização de suas equipes à dádiva de extrair o máximo do grupo nos planos técnicos-táticos.

Isso contrasta com os atuais treinadores das equipes de Campinas, que ignoram o óbvio ululante.

Marcelo Chamusca da Ponte Preta, por exemplo, insiste com o irregular Danilo Barcelos na lateral-esquerda, na partida deste sábado contra o Oeste.

Oxalá Chamusca até possa rechaçar as críticas da coluna na hipótese de rendimento aceitável do jogador.

Todavia, em circunstâncias normais, tenho convicção que nenhum dos treinadores citados incorreriam no abuso de manter no time um jogador sem força para chegar ao ataque e com limitações para marcação.

LOUZER

Há vários jogos do Guarani tenho citado que a saída de bola da equipe com o lateral Kevin pela direita tem sido oportuna válvula de escape.

Todavia treinadores adversários - que estudam o estilo do Guarani - têm enfiado um atacante de beirada pelo lado esquerdo do campo, exatamente pra prender o lateral bugrino à marcação.

Pois foi citado ‘centas’ vezes que o treinador Umberto Louzer deveria orientar eficiente cobertura na lateral, para que Kevin tivesse irrestrita liberdade de apoio ao ataque.

Adiantou? Claro que não. Nem volante fixo em cada lado é premeditado. Eles se revezam de setor de forma contínua.

Propositalmente treinadores de equipes adversárias deixam espaço escancarado para que o lateral-esquerdo Pará avance com a bola.

O raciocínio lógico é que o jogador bugrino vai errar e o adversário recuperar a posse de bola para recomeçar as jogadas.

Pra não se aprofundar em outros detalhes debatidos de forma recorrente aqui, fixemos nesses.

Oxalá providências práticas sejam tomadas.

Parece certo que contra o CSA Louzer não vai titubear na escalação imediata de Romário no lugar de Pará.

  • TIO LEI
    15/09/2018 23:49

    Ari. Técnicos atualmente só jogam procurando "preservar o emprego". Assim sendo eles ainda preferem "laterais" abrindo mão dos "alas". São jogadores que mal sabem marcar, quanto menos atacar. Não critico mais jogador ou técnico, mas quem os trouxe. Esses sim deveriam ter CONHECIMENTO de quem eles estavam trazendo. Eles apenas "aceitaram" as propostas que lhes fizeram.

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    15/09/2018 16:07

    XARÁ, SEU COMENTÁRIO SOBRE TECNICOS, ESTOU COM VOCÊ. NESSA ÉPOCA QUEM CORRIA ERA A BOLA QUE ROLAVA, HOJE É O JOGADOR. É UMA PENA QUE ESSA TORCIDA ATUAL NÃO SABE COMO JOGAVAM OS JOGADORES PROFISSIONAIS. É UMA PENA. MAS HOJE O NOSSO TECNICO MARCELO CHAMUSCA É FRACO, E NOSSO TIME É UM FRACASSO TOTAL EM TUDO. O PERIGO É A QUANTIDADE DE JOGOS QUE FALTAM, POIS CHAMUSCA DIZ QUE NÃO PODEMOS JOGAR USANDO A MATEMÁTICA...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    15/09/2018 16:06

    ... O CARA É BURRALDO, MAS NÃO TEMOS O QUE FALAR. DO PRESIDENTE, QUE FOI JOGADOR DA PROPRIA PONTE PRETA, E FORMOU UM ELENO QUE NÃO ACREDITO, QUE PARTICIPOU DESSA TRAGÉDIA. O GERENTE DE FUTEBOL É UMA ENGANAÇÃO. AGORA TEMOS UMA BOMBA. ESTAMOS COM PROBLEMAS COM A SAIDA DO RONALDÃO. AGUARDEM, OUTRA BESTEIRA DA PONTE PRETA.

  • LÉO - PR
    15/09/2018 15:47

    pela ruindade dos times esse ano a quarta vaga vai tá disponível pra no máximo 59 a 60 pontos,é uma das série B mais fraca que já vi,um monte de time patinando não sai do lugar,mais 6 vitorias 1 empate seria suficiente para o guarani com certeza chegar a série A.

  • Ruz
    15/09/2018 15:46

    Alguém acredita que algum desses 20 times que disputam a série B têm condições de disputar uma série A ? Eu não acredito em nenhum, e bate e volta .

  • LÉO - PR
    15/09/2018 15:46

    Ari se time tem 2 laterais que apoia bem nesse caso especifico do guarani,nem precisa desse volante de cobertura,se o Kevin não desse vai o outro quando Romário entra no time vai melhorar nesse sentido,o Pará é fraco o lado esquerdo do time é morto não cria nada,pra jogar assim tinha que entrar com 3 volantes ai não dá,o único volante de oficio é Willian Oliveira,Ricardinho é muito mais meia que volante.

  • LÉO - PR
    15/09/2018 01:23

    mais nenhum desses fala bonito e da explicação como Louzer,o cara é gênio hein.

  • LÉO - PR
    15/09/2018 01:22

    o Diniz tentou trazer o Francis para o Guarani no inicio do ano não deu certo,hoje no S.Bento como é bom jogador rápido habilidoso e goleador,e o Fortaleza mais uma derrota Sampaio Corrêa 1x0 Fortaleza que beleza.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo