Anda Campinas

14
OUT
Comerciante mata cadela com tiro de espingarda

As pessoas estão se perguntando: em que país vivemos?

Um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), que deveria usar todo rigor possível contra narcotraficante internacional, condenado a 25 anos de prisão e encarcerado, decide soltá-lo para perplexidade geral.

Sim, foi o que fez o ministro Marco Aurélio Mello, que ainda torceu o nariz quando foi advertido por colega de toga.

TIRO DE ESPINGARDA

Aí, na segunda-feira passada (12/10), proprietário de mercadinho de Sapucaia do Sul (RS) - Região Metropolitana de Porto Alegre - se irritou com a presença da cadela Belinha na porta de seu estabelecimento e a matou com tido de espingarda.

Menino de 13 anos, dono do animal que sangrava, saiu de dentro do mercadinho e o levou em seu colo até os seus pais, mas chegando em sua casa ele já estava morto.

MAUS-TRATOS

O proprietário do estabelecimento, autuado em flagrante com base na lei de maus-tratos aos animais, confessou aos policiais a intenção de apenas assustar a cadela, e horas depois a Justiça mandou soltá-lo.

Ele recebeu liberdade provisória em uma decisão de um juiz plantonista.

PRISÃO

Enquadramento em maus-tratos a animais implica em reclusão de dois a cinco anos, além de multa.

Antes, em um caso semelhante, seria cabível apenas o registro de termo circunstanciado.

  • João da Teixeira 1
    18/10/2020 11:02

    Éeee, agora que tem muita gente observando que o país mudou. Mudou muito e esse senhor de toga que se diz defensor de justiça, esse mesmo, o "NARCO AURÉLIO", que pelas suas atitudes favoráveis a alguns integrantes do PCC, sim, porque não é a primeira vez que esse "DÁCANO" no STF e no povo, vem promovendo solturas de bandidos dessa facção. Terrível imaginar que um juiz dessa envergadura vem tendo esse tipo de atitude. E outro juiz G.M. trabalhando na soltura de empresários e

  • João da Teixeira 2
    18/10/2020 10:59

    ... E outro juiz, o G.M., que vem trabalhando na soltura de empresários e políticos. Um STF a serviço da bandidagem corrupta. O Brasil mudou muito. Coitado dos cães e gatos, que ousam aguardar seus donos na frente do supermercados. Realmente o Brasil mudou e muito. Podem abordar qualquer ramo, que vcs acharão gdes modificações. Talvez a zona do meretrício não tenha mudado muito. Se mudou, foi por culpa da emancipação feminina, a zona está aí, tudo junto e misturado...

  • João da Teixeira 3
    18/10/2020 10:59

    Escrevi os posts acima aqui, nessa seção de animais por motivos óbvios, afinal não estamos falando de gente, né?

04
OUT
Animais já podem entrar em hospitais de Campinas

A Câmara de Vereadores de Campinas aprovou projeto que permite legalmente entrada de animais em hospitais do município. A votação ocorreu no início de outubro e agora aguarda-se sanção do prefeito Jonas Donizete.

RISCO

Havia discussão de que animais possam transmitir vírus e bactérias aos doentes.

O jornalista Marcus Ozores, por exemplo, questiona se os animais que entrarão nos hospitais não carregam nenhuma doença.

“Nem nas patinhas? Podem visitar pacientes com problemas auto imune sem causar danos? E as pessoas alérgicas a gatos ou cachorros que estão hospitalizadas no mesmo quarto do proprietário do animal em questão? Alguém já se perguntou o que vai ocorrer?”

REGRA

A informação é que há um regramento a ser seguido por familiares e amigos de pacientes com pretensão de levar animais aos leitos ou enfermarias.

Apesar de eventuais receios, a avaliação foi positiva pela aprovação do projeto, considerando-se a finalidade terapêutica para os donos dos bichinhos que estejam internados.

Ainda não existem comentários.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo