23
ABR
Guarani perde em Batatais e bate na trave de novo no Paulista da A2

As colunas agregadas ao Blog estão atualizadas. Detalhe: em Cadê Você a história é sobre o volante e preparador físico Bebeto de Oliveira.

Novamente o Guarani ‘bateu na trave’. Se no Campeonato Paulista da Série A2, ano passado, ele decepcionou com a derrota para o Barretos por 2 a 0, em Campinas, agora o time lutou bravamente por vaga entre os semifinalistas, mas a reação veio tarde demais. Assim, a derrota para o Batatais por 1 a 0 o fez morrer na praia, e o time termina esta primeira fase na sexta colocação.

Até que o treinador Oswaldo Alvarez, o Vadão, deu uma melhoradinha no time bugrino. O problema é que chegou tarde. Foi contratado no dia 27 de março passado, ocasião em que o mais otimista dos torcedores estava incrédulo numa reviravolta na classificação, pois o time situava-se na décima colocação.

Torcida do Guarani foi até Batatais e se decepcionou
Torcida do Guarani foi até Batatais e se decepcionou
Na ocasião, enquanto o Guarani derrapava, os seus torcedores viam concorrentes diretos galopando e aumentando a distância pela briga direta por vagas.

Inicialmente, a varinha mágica de Vadão foi a prosa, acrescentada por boa dose de sorte nas vitórias contra Água Santa e Taubaté, que pareciam impossíveis nos campos dos adversários.

Não bastasse isso, todos os santos passaram a ajudar o velho Bugre. Registrava-se um tropeço atrás do outro de concorrentes diretos. Até Água Santa e São Caetano, posicionados na dianteira, andaram derrapando.

MOGI MIRIM

Inesperada derrota em Mogi Mirim e vitória às duas penas sobre o Barretos por 1 a 0, em Campinas, trouxeram certa instabilidade ao torcedor bugrinos.

Mais que isso: obrigatoriedade de vencer em Batatais, com o adversário ainda no páreo por vaga.

Agora, restou a certeza de que o elenco precisa ser reformulado consideravelmente para se ombrear a adversários mais consistentes no Campeonato Brasileiro da Série B.

Do setor defensivo titular, o lateral-direito Lenon e Genilson podem ser relacionados como opção de banco.

No meio de campo, pode ser mantida a dupla de volantes - Auremir e Evandro -, sem que isso signifique que seriam titulares.

BRUNO NAZÁRIO E ELIANDRO

Se o meia Bruno Nazário e o centroavante Eliandro têm um voto de confiança, todos os demais meias e atacantes precisam ser contratados.

Como se vê, o Departamento de Futebol Profissional do clube deve acelerar o processo de contratação, a fim de que a nova patota possa se enturmar o mais rapidamente possível.

Sobre o jogo em si, claro que não vou comentar por ouvir dizer.

Se você esteve lá ou teve contato com quem acompanhou a partida, esteja à vontade para emitir a sua opinião.

  • Gana
    24/04/2017 19:40

    Eu queria entender esse negocio de (bateu na trave), um time que ficou em 6º lugar num campeonato fraquíssimo com times extremamente limitados ele não conseguiu classificar nem entre os 4 para então brigar para subir. Que melhora teve um time que não ganhou em casa de uma pobre portuguesa, derrota para rebaixado Mogi mirim, vitoria magra sofrida em casa de sertãozinho sem objetivo nenhum no campeonato o que melhorou????? O time é ruim mesmo nem TELE daria jeito nisso.

  • TIO LEI
    24/04/2017 18:30

    Já se cogita pelos lados do gfc, uma lista de dispensas...Lista esta de deverá ser relacionada por ordem alfabética, e encaminhada uma cópia ao Cartório de Protestos, para já ir dando andamento na documentação que fatalmente irão solicitar. Comenta-se a boca pequena, que o mesmo cartório também esta pedindo que se envie a papelada daqueles que serão contratados, para evitar atropelos na hora das rescisões. Eficientes esses profissionais, não?

  • TIO LEI
    24/04/2017 18:29

    E a invasão a Batatais ??? Mais ou menos o que? 300, 400? Sim, PK (rsrsrs) outros 400, (que dão praticamente completam os 3%) devem ter ido a S.Paulo torcer pela porcada, né?

  • Paulo Sergio (Falando sério)
    24/04/2017 18:29

    Ari, Muito bem feita a matéria do F.I. citando os 5 motivos que não deixaram o Guarani chegar, só acrescento o seguinte: Pelo menos em 2 jogos tiveram penaltis a favor do gfc que NÃO foram, um deles contra a Lusa.

  • Marcelo-SP
    24/04/2017 18:28

    Pior que a dúvida, agora, é: fazer mais dívidas (se possível...) ou cair para a C novamente? A tal da Série B é o cão! Para subir, ou apenas se manter, gasta-se muito mais do que se distribui de dinheiro. Quem não vem de Série A, tem recursos ou algum financiador acaba no fundo da tabela. Ou devendo salários e o que mais tiver. Ou seja, Palmeron vai chupar uma cana que só. E já começou trazendo mau agouro, lá em Potato City...

  • TIO LEI
    24/04/2017 18:27

    Perdemos para o Batatais na taça de JUNIORES, e nossos ex-rivais apareceram com tudo aqui no blog. Agora, são eliminados da SEGUNDONA, campeonato que eles DIZEM SER DE PROFISSIONAIS, e cadê que eles aparecem? Como diria "aquele moço" Sabe PK? PK na verdade eles são MISTOS, daí pouco estão de lixando se o gfc ganha ou perde, isso é PK (rsrsrsrs) eles torcem mesmo é por algum time da capital.

  • Tito
    24/04/2017 13:28

    Quando o Vadão assumiu eu comentei que ele teria que tirar água de pedra nesse time do Guarani. Ele até conseguiu em três jogos, mas quando o peso veio sobre a qualidade o barco afundou. Melhor assim, pois imaginem só esse rascunho do que há de pior na varzea disputando uma série A de competição, seria impossível aguentar as caçoadas. Parabéns CA esse é o seu melhor.

  • João da Teixeira
    24/04/2017 13:27

    O termo bater na trave seria como se fosse o 5º na classificação geral, empatando com o 4º em número de pontos, de vitórias, só perdendo no saldo de gols. Isso é bater na trave. Na verdade faltou competência mesmo, ganhou do Barretos, as duras penas, num lampejo do Nazário e de muita sorte contra o Água e Taubaté. Se fosse time para subir, teria batido no Batatais ontem. Não é time de bater na trave, É TIME DE FRITAR BOLINHO. Nem para fritar "batatas" vcs. servem!

  • João da Teixeira
    24/04/2017 13:00

    Pelo jeito a torcida mista bugrina foi para Batatais aprontar mais uma. Para variar tem gente reclamando do terrorismo que as uniformizadas do Gfc fazem qdo. comparecem. Até que encontram uma que as deixam submissas e ainda põem apelido, fazendo trocadilho com o nome. A ignorância é tal que, se tivesse ganho, também quebrariam Batatais. Enquanto a fdp da FPF não punir exemplarmente o time de futebol, a torcida bugrina não vai parar de fazer baderna e dar prejuízo para as cidades.

  • Paulo Sergio
    24/04/2017 12:59

    Thiago Guerreiro, você tem toda razão, SE eu disse SE um dia o nanico gfc subir a freguesia continua mesmo, como sempre o freguês são vocês!! e agora já são freguês a 4 anos indo pro 5º de Barretos, Batatais, M. Mirim, Votuporanga, Capivari, tudo da várzea, mas vocês já se acostumaram né? NUNCA SUBIRÃO!!! No mais, vá plantar batatas!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK....

  • Paulo Sergio
    24/04/2017 12:51

    Batatinha quando nasce esparrama pelo chão, o falido foi comer e morreu de indigestão!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

  • Barba
    24/04/2017 11:09

    Faltou dinheiro, ta na cara! MAIOR REBAIXADO DO SECULO, aguardando mais 1 titulo de rebaixamento na serie B! Tchau Vadão!!

  • Barba
    24/04/2017 11:09

    A Ponte Preta eliminou 2 gigantes do futebol Brasileiro, é time de serie A, já jogou SULAMERICANA em seus dominios, a sua torcida merece receber 1 jogo da final assim como outros times do interior tambem receberam....e a Cidade de Campinas merece este respeito! Certo prefeito omisso? ou bugrino....

  • DG
    24/04/2017 11:07

    Nao houve invasao. Nao houve classificaçao. Houve um time pequeno e uma torcida pequena que nao sabem perder. Obrigado por terem posto minha familia em risco. Paguem o que quebraram em Batatais. Isso e em resposta as suas publicaçoes antes do jogo Sr Ari. Como leitor de seu blog, aceite respeitosamente este comentario como aceitei os seus. Abraços.

  • Roberto
    24/04/2017 11:06

    A VERDADE É QUE O TIME É MUITO RUIM E DEPOIS QUE O VADÃO CHEGOU DEU AQUELA MELHORADA TRADICIONAL SÓ PARA ILUDIR A TORCIDA,. PEDRO ANTONIO E VC TÁ FAZENDO O QUE AQUI ? O POST É SOBRE O GUARANI, PARECE QUE QUEM ESTÁ PREOCUPADO CONOSCO É VC,

« Anterior : [ 1 ] 2 3 : Próxima »
22
ABR
​Ela chegou! E agora?

Estejam aonde estiverem, saudosos pontepretanos de quatro costados como Sérgio José Salvucci, Renato Silva, Antonio Carlos Corsini, Gilman Farah, Armando Mendonça, Dr. Cláudio Rodrigues (Cabeção) e Carlos de Carvalho (Carlão Perna de Pau) - para não me alongar - devem, de punhos cerrados, estar comemorando a quinta passagem da Ponte Preta a uma final do Campeonato Paulista.

Essa euforia da nação pontepretana pôde ser manifestada após apito final do árbitro Raphael Clauss, mesmo na derrota da Ponte Preta para o Palmeiras por 1 a 0, na noite deste sábado na Arena Allianz Parque, do Verdão. (veja análise do jogo na postagem abaixo).

Com a maiúscula vantagem conquistada na primeira partida da semifinal - vitória por 3 a 0 - a Ponte poderia perder até por dois gols de diferença e assim decidir o título da competição com Corinthians ou São Paulo, que definem a condição de finalista na tarde deste domingo.

Por sinal, no último dia 19 foi registrado o 20º ano da morte do radialista Salvucci, que assumia publicamente a condição de torcedor pontepretano.

E mais: repetia incansavelmente no microfone que poderia até haver um torcedor da Ponte Preta igual a ele, porém jamais.

Quando questionado sobre ausência de título de expressão, o torcedor do clube define que ‘ser pontepretano é um estado de espírito’.

TANGENTE

Claro que esse tipo de manifestação é para sair pela tangente. O pontepretano espera com ansiedade o momento do grito de ‘campeão’, e há quem considere que nunca houve uma ocasião mais adequada de que a atual, considerando-se a instabilidade quer de Corinthians, quer de São Paulo.

Em 1977, quando tinha equipe mais categorizada, a derrota para o Corinthians foi atribuída em parte à arbitragem danosa, à época, de Dulcídio Vanderlei Boschilia.

Nas finais contra o mesmo Timão em 1979, São Paulo em 1981 e Palmeiras em 2008, os adversários foram a campo na condição de favorito.

LANÚS

A última sensação do pontepretano de que pudesse levantar o caneco foi em 2013, na finalíssima da Sul-Americana contra o Lanús, na Argentina.

Aí, cartolas da Ponte Preta conduziram a logística daquela decisão como se fosse de âmbito doméstico, e não se precaveram sobre o clima preparado para que o mandante fosse campeão.

Eis aí mais um desafio para a Ponte Preta. E não se apeguem apenas ao trabalho de campo. A guerra de bastidores tem igual importância.

  • João da Teixeira
    24/04/2017 11:10

    A mídia paulistana caseira, doméstica, bairrista, interesseira e sacana, já está pressionando a FPF para a possibilidade de um jogo no Morumbi e outro no Itaquerão. Já estão arrumando pretextos para tirarem o jogo de Campinas. Está certo que nosso time já tem "know-how" suficiente para não precisar de seu campo para ganhar, mas sempre é bom jogar em casa, com a nossa torcida apoiando. Afinal não inventaram o jogo de uma só torcida? Então que seja assim. Uma sacanagem!!!

  • TIO LEI P/ CABEÇA
    24/04/2017 11:03

    Esperar o que de um site parcialíssimo como este? Pode esperar. Suas matérias estarão sempre voltadas para 1977... Comentários frívolos em todos os departamentos, aliás, por viver remoendo o passado, o que é bem característico daquela torcida dos 3%, o site poderia trocar de nome e chamar-se Futebol Anterior.

  • Tony
    24/04/2017 11:02

    A Ponte Preta eliminou 2 gigantes do futebol Brasileiro, é time de serie A, já jogou SULAMERICANA em seus dominios, a sua torcida merece receber 1 jogo da final assim como outros times do interior tambem receberam....e a Cidade de Campinas merece este respeito! será que o Prefeito nao deveria entrar e dar uma mãozinha, ou tambem é bugrino???

  • TIO LEI (1)
    24/04/2017 11:00

    Não sei se é covardia corintiana ou se é obra dos "jornaleiros" deste site, mas pra tudo tem que haver um limite. Dizem que a diretoria corintiana só comentaria sobre possível negociação com o Clayson após o termino do Paulistão, mas o FI a cada DOIS DIAS volta a falar no assunto. Isso é desespero em ver que EXISTE A REAL POSSIBILIDADE DA NOSSA MACACA SER CAMPEÃ. Não sabem o que fazer para tentar desestabilizar não só o jogador, mas todo o elenco. Ridícula esta postura...

  • TIO LEI (2)
    24/04/2017 11:00

    ...Um órgão da imprensa jornalística, que deveria primar pela isenção, procura fazer joguinho de interesses por absoluta falta de ética desportiva. É lamentável que esse órgão por cima ainda venha a ser de Campinas. Simplesmente lamentável. Outra coisa, gostaria de lembrar a diretoria PONTE PRETANA, que o corintians é useiro e vezeiro em dar calotes, e nisso eles se assemelham em muito com aqueles nossos ex rivais, tão protegidos por este site ...

  • TIO LEI (3)
    24/04/2017 10:59

    ...basta se recordarem da negociação envolvendo o Rildo, agora, recentemente, o noticiário envolvendo o jogador Kazim e o coritiba. Nunca é demais alertar: Abram os olhos, diretoria.

  • Cabeça
    24/04/2017 00:24

    Mais uma final, e esse site quase não dá destaque a força do interior, impressionante a parcialidade, o próprio Ari faz comentários frios e óbvios, provavelmente constrangido por ter errado tanto em sua colunas sobre os cartolas da Macaca, dá-lhe Ponte Preta, se consolidando como um grande do futebol brasileiro! Enquanto isso imprensa nacional enaltecendo o Gustavo Bueno, matéria na Globo

  • Luis
    23/04/2017 18:42

    Pois bem, eh o Corinthians. Na minha opiniao menos time que Santos e Palmeiras, portanto temos totais condicoes de vencer. Estas proximas semanas o misticismo vai estar em alta, coisas do tipo:40 anos depois a revanche, aniversario do titulo mais importante do Corinthians, etc. O quanto isto deve influenciar a performace da Ponte, NADA. Temos um time mais competente que o Corinthians hoje. Foco, concentracao e postura vencedora, chegou a hora da Ponte vencer. Pouco importa o que aconteceu em 77.

  • João da Teixeira
    23/04/2017 18:15

    A armadilha que a Ponte armou nos dois primeiros jogos no Majestoso, com certeza o Cúrinthians não vai entrar. Vai ficar esperando a Ponte e depois sair no contra ataque. Lá no Itaquerão faz pressão na saída de bola e ao mesmo tempo fazendo o contra ataque. Esquema parecido com o time da Ponte. O negócio vai ser aqui...

  • Rodrigo U.
    23/04/2017 14:32

    A Ponte cresceu no momento certo no campeonato e agora é apoio incondicional, caso não ganhe na técnica que seja na raça e no coração. Importante para o clube se acostumar a jogar decisões como nestes últimos anos e que a torcida junto com o time conquiste este título mais que merecido.

  • Carlos da Farmacia
    23/04/2017 14:31

    Que bela dupla de zagueiros! AGora Diretoria, abra os olhos, e exijam ur arbitro FIFA no 1o jogo, pois agora todos sabem que a macaca mata o jogo em casa - Não dá para aguentar mais LADRÕES no Magestoso. O de ontem foi super honesto, tipico de FIFA.

  • Tony
    23/04/2017 14:30

    Partidaça do Aranha! Baita goleiro! e tambem do Potkker, nosso grande artilheiro e heroi. Agora, o Clayson precisa jogar mais e ser mais constante. E que Reynaldo volte na posiçao do Marllon. o resto nós já sabemos....

  • TIO LEI
    23/04/2017 14:30

    Que coisa, não? o cara disse que o Potker prefere jogar a segunda divisão pelo Inter do que disputar a Série A pela NOSSA PONTE PRETA...Por que será que o Potker escolheu disputar a SEGUNDONA pelo INTER se ele poderia ter escolhido o gfc, heim? Faça o seguinte, moço. Fale ao HS para PAGAR o que o INTER vai pagar para ele. É fácil. É só o gfc dispensar TODO O ELENCO, e pegar mais algum emprestado com o camelô do relógio, que conseguirão pagar ao menos UM MES de seu salário.

  • Barba
    23/04/2017 14:29

    O dia que anunciaram o Kleyna tive a certeza que o tituloe estava proximo. O Gilson adora Campinas, sua familia respira Ponte Preta, e ele é um mago. Jogou com o regulamento nas mãos. Deu tudo no 1o jogo, fez sobrar e depois foi buscar a classificaçao! Parabens Carnielli, muito obrigado Gilson Kleyna, este sim cidadão campineiro! que não foge do pau como outros.....

  • Carlão
    23/04/2017 14:28

    A Ponte, reconhecidamente pela FPF, também foi vice em 1929.

« Anterior : [ 1 ] 2 3 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo