14
MAR
Resenhas pós-jogos com dirigentes de clubes campineiros ficam esvaziadas

Fábio Moreno
Fábio Moreno

No pós-jogos de Ponte Preta e Guarani, no complemento da quarta rodada do Paulistão, cabe reavaliações de seus respectivos treinadores - Fábio Moreno e Allan Aal -, em assunto que mereceriam reflexão de seus dirigentes, se de fato os clubes contassem com 'gente da bola' para a devida resenha.

Foi impactante a falta de leitura de jogo do inexperiente treinador pontepretano Fábio Moreno.

Ele não percebeu como mexer nas peças do tabuleiro para reduzir a impetuosidade do apenas esforçado Botafogo, durante o segundo tempo daquela partida de sábado passado.

CONTRA-ATAQUES

Se a Ponte havia abdicado propor o jogo após o intervalo, a escolha foi pela administração da vantagem por 1 a 0 e explorar contra-ataques, convenhamos que seria elementar reforçar a pegada de marcação no meio de campo.

Simples. Bastaria sacar Pedrinho ou João Veras e colocar em campo um homem de marcação.

Na prática Moreno deixou o barco correr e seu time sofreu susto desnecessariamente.

E se tivesse enfrentado um adversário mais categorizado, que trabalha melhor a bola e encontra espaços para penetrações?

Por sorte, as limitações do Botafogo implicaram em levantamento de bola à área pontepretana, não aproveitadas.

Não, vírgula. E a jogada em que Ruan Renato descuidou-se da marcação e deixou o lateral Jean Carlos disputar e perder de cabeça para Richard?

Se a bola entra, em vez de chocar-se na trave, lembrariam que Ruan Renato falhou.

Como a bola não entrou, passou despercebido a falha grotesca de Ruan Renato, porque não era Jean Carlos quem deveria estar na disputa daquela bola.

ALLAN AAL

Allan Aal
Allan Aal

O formato de entrevistas coletivas pós-jogo é de uma superficialidade impressionante.

Bem falante, o treinador do Guarani, Allan Aal, não só se estendeu nas respostas das perguntas, como até discordou frontalmente de colocações, sem chance de réplica ao seu interlocutor.

Começou corrigindo quem discordasse da saída de Rodrigo Andrade para entrada de Bruno Silva.

“Você teve impressão errada”, informou ao repórter.

“O Rodrigo pediu substituição. Disse que não tinha mais condições de continuar”.

E quem discordasse do rendimento do Guarani, Allan Aal recorria aos números do jogo, lembrando duas bolas na trave do São Bento, chances desperdiçadas por seu time, e por isso já antecipou intensificação de treinos específicos para aprimorar finalizações.

Ao discorrer sobre temas diversos, passou rapidamente pela necessidade de melhorar estágio físico de alguns jogadores, sem dizer quais.

Estaria o lateral Bidu neste contexto?

Sobre equívocos de escalação, como teimosia pela manutenção do volante Índio e meia Tony entre os titulares, passou batido.

Sobre melhor estratégia para a bola chegar ao ataque pelo lado esquerdo, tudo em silêncio.

RENANZINHO

Claro que caberia explicação por que Renanzinho é obrigado a cometer o despropósito de buscar a bola, porque ela custa a chegar ao ataque.

Lerdeza na transição da defesa ao ataque também ficou sem resposta, e sei lá eu se ele foi questionado sobre o assunto.

Portanto, se lamenta-se falta de dirigentes da bola na Ponte Preta, o mesmo se aplica ao Guarani.

Do contrário, em resenha pra se colocar conversa em dia no pós-jogo, esses assuntos fariam parte da pauta.

VEJA GOL DE SÃO CAETANO 0 X 1 CORINTHIANS

  • TIO LEI
    15/03/2021 21:59

    Quanto ao Alarcon Pacheco, fisionomia bem ao estilo "máfia", e máfia é o que aparenta estar de posse do Majestic. Alex Brasil chegou mudo e saiu calado. O engraçado é que esses dois "diretores" trocaram de clube. Será que esse moço vem "sob encomenda"? E nossa "diretoria"? Acabaram-se os "produtos do mercado" ou ainda estão em fase de "análises"? O pior é que quando contratam, contratam ainda por DVD ou por "ouvi dizer". Seria o Alarcon diferente?

  • TIO LEI - Dou conta não.
    15/03/2021 21:59

    Desisto . É demais pra mim... o cara é tapado demais da conta ... será necessário verificar quem está ministrando o remedinho do cidadão, pois estão errando na dose, só pode ser isso. ... quanto às suas ameaças de agressão, ameaças de processos e acusações sem fundamento, veremos isso no momento oportuno ... tudo a seu tempo. Não é a toa que assemelham esquerdistas ao asno. Está muito bem fundamentado.

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    15/03/2021 19:10

    TL (SEJA HUMANO). NOTA: AUMENTAR PRODUÇÃO NACIONAL DE VACINAS CONTRA COVID EM 75%, PODE REDUZIR MORTES EM 57% DIZ UNICAMP. MUDA O SEU MODO DE SER, VEJA QUANTIDADES DE MORTES NO BRASIL. AGORA PRECISAMOS SALVAR VIDAS E NÃO FALAR DE POLÍTICA. BASTA O PRESIDENTE PEDIR AJUDA PARA FMI, OU PARA O MUNDO. ORGULHO DO PRESIDENTE E INCOPETÊNCIA ESTÁ MANTANDO BRASILEIROS, NOSSOS IRMÃOS, NOSSAS FAMÍLIAS...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    15/03/2021 19:10

    ... EU QUERO QUE O GOVERNO FEDERAL FAÇA A SUA PARTE URGENTE, TIRE A BUNDA DA CADEIRA E TRABALHE PARA SALVAR VIDAS. VOCÊ ESTÁ PROTEGENDO UM GOVERNO, BRIGANDO COMIGO, OFENDENDO, MUDE O SEU FOCO, AJUDE A SALVAR VIDAS. REFLITA, AJUDE OS BRASILEIROS E NÃO FICAR CRITICANDO...

  • ARIOVALDO ZANELLI (3)
    15/03/2021 19:10

    TL, como tem tudo registrado para fins judiciais, uma dica muito importante, em primeiro lugar leia a constituição brasileira, segundo lugar o estatuto do idoso. Agora escolha um órgão do seu governo, faça sua queixa contra a minha pessoa. Preste bem atenção, caso use o BLOG DO ARI, você está colocando todos participantes em risco...

  • ARIOVALDO ZANELLI (4)
    15/03/2021 19:09

    ... Todos que participam serão convocados para depor. Portanto, comigo pode mandar bala hoje mesmo. sou PASEP, ajuda bastante. Tudo que escrevi assumo, tudo. Boa sorte no seu processo.

  • Léo - Pr
    15/03/2021 19:08

    o volante Vitor Bolt do Botafogo teve uma atitude que pra muitos de indiciplina no jogo contra a ponte sábado,quando o treinador interino fez a quinta alteração e não colocou ele no jogo, ele simplesmente abandonou o banco e foi para o vestiário, certinho um time horroroso como do Botafogo o cara não consegui ser titular sendo que quem está jogando é bem pior que ele, isso deveria servir de exemplo para outros que se sinta injustiçados, parabéns Bolt tô com vc.

  • Eugenio
    15/03/2021 17:31

    Se o Alan Aal fosse falar a verdade diria que o elenco é fraco pq o clube nao tem $$ e que nao se pode esperar muito mais desse time; alem disso o time foi refeito em poucos dias e que nao temos centroavante ... dai seria fritado pelos jogadores e sairia ja na proxima rodada. Entao o que vc espera dessas entrevistas ? Tudo menos a realidade.

  • Profeta da Tribo
    15/03/2021 17:29

    A situação do Guarani preocupa. Se pensar em pontos, beleza: é só manter a média de 5 a cada 4 jogos, e terminamos com 15, sem risco de queda e se bobear até classificado. O problema é que, nesses 4 jogos, fizemos apenas 2 gols: um foi de um chute de longe que desviou no zagueiro, e outro foi de um pênalti esquisito. Fora isso, jogamos pelo menos 90 minutos com 1 a mais, e ainda não pegamos o trio de ferro, fora que já pegamos os piores times do campeonato: São Bento e Botafogo.

  • Profeta da Tribo
    15/03/2021 17:27

    Ou seja, a situação do Bugre é muito perigosa. Dos 8 jogos que faltam, 3 são contra times da Série A. Temos 5 jogos para fazermos 7 pontos e não corrermos riscos. Está preocupante demais, nosso meio de campo é lento, o ataque não faz gols. Falta qualidade. Treinador escala o time errado. Tony fraco e lento. Eder Sciola muito limitado. Andrigo não rende pela direita, tem que por no meio. Renanzinho oscila demais. Bidu está irreconhecível. Só um milagre para não cair.

  • Antonio Carlos
    15/03/2021 17:26

    Esse Alarcon é mais do mesmo. Até se parece com o GB. Tanto na forma fisica, como na gestão. Adora empresários. Depois deixa a bucha para o departamento juridico. Nada mudou!

  • Léo - Pr
    15/03/2021 01:09

    Ari tamos cansado dessas desculpa esfarrapada de treinadores, sempre as mesma desculpa que o time tá em uma crescente tá evoluindo coisa e tal blá blá blá bla, mais na verdade sempre o mesmo futebolzinho pobre, mais tá aí os próximos quatro jogos ótimo pra provar a evolução, Ferroviária fora, Ponte fora, Palmeiras em casa, Santo André fora, vamos ver quantos pontos ele vai somar, acho que será o divisor de águas, terá que somar no mínimo 6 pontinhos.

  • Jose Ricardo I
    14/03/2021 20:27

    Por acaso alguém já tinha ouvido falar de Alarcon Pacheco??? Pois é, ninguém, este é o novo diretor de futebol da Ponte. No seu currículo consta que vem do Vitória da Bahia, como bem sabemos o presidente do Vitória é uma espécie de Beto Zini, interfere diretamente nos trabalhos do treinador, como ele estava no Vitória desde 2019, é óbvio que deve ser uma pessoa bem flexível e não se importar nem um pouco de ser tratorado, saber de contratações pela imprensa e até mesmo, desde

  • Jose Ricardo II
    14/03/2021 20:26

    "amaciado" fazer vista grossa pra certas contratações.Enfim, é o cara ideal para que as "parceria$$$$" funcionem na Ponte e fará dupla com Fabio Moreno, outro que também não contesta nada, uma vez que treinar a Ponte é sonho de sua vida e tá se virando como pode pra se manter no cargo. Pro lugar do Alarcon Pacheco irá ninguém menos que Alex Brasil o ex-diretor da Ponte que mesmo depois de ser jogado aos leões ao ter de explicar a greve por atraso de salários, não abriu o bico.

  • João da Teixeira
    14/03/2021 20:26

    Bugre já tomou uma goleada para por o time nos eixos e a Ponte precisa de uma tbém. Quem sabe acorda o Moreno e seus pupilos semi alfabetizados em termos de futebol. O profexô tbém é semi alfabetizados como técnico. Na A2 seguem o líder Água Santa, o Oeste e o XV, todos com 100 percentos. Na A3 só Noroeste 100 percentos. Na A1 o Palmeiras engoliu a Ferrinha no Allianz, Mirassol ganhou tbém em casa da Inter e o S.Caetano e Sto.André estão perdendo do Timão e RBB respectivamente.

13
MAR
Ponte vence, mas falta melhor leitura de jogo ao treinador Fábio Moreno

A irregularidade do Botafogo era o combustível favorável à Ponte Preta para arrancar de Ribeirão Preto a primeira vitória no Paulistão, por 1 a 0, na noite deste sábado.

E a Ponte só correu algum risco na partida devido à inexperiência de seu treinador Fábio Moreno que, nervoso na área técnica do gramado, faltou-lhe a real leitura de jogo para tomada de providências práticas.

Se no início ele teve percepção que o atacante de beirada Pedrinho teria que recuar para fazer dobra de marcação sobre o rápido atacante Dudu, do Botafogo, que levava vantagem sobre o improvisado Marcos Júnior na lateral-direita, no segundo tempo poderia ter fortalecido a pegada no meio de campo, de forma a evitar que o Botafogo aumentasse o seu volume de jogo ofensivo.

DUDU

Antes de a marcação da Ponte Preta ter sido ajustada no lado direito de sua defesa, o Botafogo havia oferecido perigo na jogada em que Dudu serviu Richard, em condições de completá-la, mas ele não conseguiu chegar na bola, aos quatro minutos.

Depois disso, por três vezes foi a Ponte quem criou embaraço ao Botafogo.

João Veras precisa aprender que atacante deve ficar antenado a rebotes de goleiros adversários.

Quando Igor Bohn, do Botafogo, espalmou a bola para o seu campo de jogo, em chute do meia Thalles, João Veras chegou desequilibrado no lance, porque não estava atendo para concluir.

O mesmo se aplica a Thalles quando Marcos Júnior, no fundo de campo, cruzou para trás. Desequilibrado, Thalles chutou fraco e desperdiçou.

O desenho da partida era favorável à Ponte Preta, mas um descuido à marcação de Dudu só não custou caro porque a finalização dele foi fraca, aos 39 minutos, e Ygor Vinhas, goleiro pontepretano, defendeu.

Embora não tivesse flagrante superioridade, a Ponte foi premiada aos 45 minutos com jogada individual do atacante Moisés, que do fundo de campo colocou a bola na área e o volante Léo Naldi, de carrinho, concluiu pra rede: Ponte 1 a 0.

FORTALECER A MEIÚCA

Com duas 'pontadas' do Botafogo em menos de seis minutos do segundo tempo - através de Rodrigo e Emerson -, já era para Fábio Moreno ter observado a necessidade de 'encorpar' o cinturão de marcação na cabeça da área, de forma a picotar jogadas do adversário no nascedouro.

Na cabeçada de Émerson o goleiro pontepretano Ygor Vinhas praticou defesa com grau de dificuldade, e isso se repetiu em conclusão de Richard, além de lance posterior em que, na cabeçada dele, a bola chocou-se contra o poste esquerdo da meta pontepretana.

Por isso que exceto Moisés, o treinador Fábio Moreno poderia ter trocado ou o atacante Pedrinho, ou Moisés por um jogador de contenção, - até porque ficou claro o objetivo de sua equipe em apenas contra-atacar.

Todavia Moreno preferiu correr risco desnecessário e o preço só não foi salgado pela fragilidade do adversário, que preferiu insistir em alçar a bola à área pontepretana que, embora rechaçasse a maioria, era perceptível o desajuste a partir do trigésimo minuto, quando o estreante lateral-esquerdo Jean Carlos deu lugar ao instável Anderson, e o time deixou de contar com os cabeças-de-área Léo Naldi e Vini Locatelli, para entradas de Igor Maduro e Robinho.

Naquela altura, Moreno não teve percepção que o treinador interino do Botafogo, Valdir Benedito, mudou o atacante Richard de lado, para o setor esquerdo, ocasião que Pedrinho já não ajudava na marcação e Marcos Júnior tinha dificuldades para 'brecar' o ímpeto do botafoguense.

Até os 45 minutos do segundo tempo, Moreno manteve a estrutura do time no 4-3-3, ocasião em que sacou Pedrinho para a entrada de Papa Faye.

AJUSTES

Embora Pedrinho e Moisés sejam dribladores, não se recomenda que abusem da individualidade quando o time adversário duplica a marcação.

Por isso deve sempre haver aproximação de companheiros, para que o atleta possa ter discernimento do momento do drible ou passe.

A Ponte ainda carece daquele meia que saiba controlar o jogo, ora colocando mais intensidade, ora com sabedoria para esfriá-lo.

A velha mania de troca de passes ou recuo de bola improdutivos no compartimento defensivo continua, o que permite recomposição do adversário para se organizar na marcação.

O tempo passa e essas coisas não são ajustadas. Logo, a comissão técnica tem que ser cobrada sim.

  • Luiz Otto Heimpel
    14/03/2021 20:24

    Todo ano é a mesma coisa, começamos com esperança de uma boa equipe e jogo a jogo nos desiludimos. Porque pessoas batalham para ser dirigentes para depois fazer mais do mesmo ? Dentro do plantel vemos jogadores sem a mínima condição de envergar a camisa do time que surpreendentemente tem seus contratos renovados e outros que produziram saem sem o menor esforço para segura-los. Falta de capacidade ou má fé dos dirigentes? No final quem paga o pato emocionalmente é a torcida

  • TIO LEI - I
    14/03/2021 20:24

    Percebeu como sua obtusidade transcende o intelecto do ser humano? Por isso mesmo que "sugeri" que se mudasse para os EUA, pois brasileiro que venha comparar ações daquele governo com o nosso, é no mínimo desprovido de senso lógico. Começamos por ser aquele um país de PRIMEIRO MUNDO e por conseguinte posiciona-se NA LIDERANÇA DA ECONOMIA MUNDIAL, o que quer dizer que eles possuem condições de sobra para que o presidente eleito agisse como agiu ...

  • TIO LEI - II
    14/03/2021 20:23

    ... Em segundo lugar, TODOS OS PRESIDENTES que lá assumiram o poder TRABALHARAM EM PROL DA NAÇÃO, ao passo que nosso país FICOU REFÉM NAS MÃOS DE GOVERNOS CORRUPTOS por longos 20 anos e que com o dinheiro desviado por essas pessoas poder-se-ia ter construído mais de cem hospitais por todo o país ... terceiro, lá não existe um STJ onde seus componentes "devem favores" quanto as pessoas que os indicaram e os colocaram nesta posição estratégica.

  • TIO LEI - III
    14/03/2021 20:20

    ...Quarto ... apesar de existir oposição, os oposicionistas daquele país agem a favor do país e não fazem oposição e procuram "travar" o presidente apenas porque ele não faz parte de "seus blocos de atuações". Lamento e estarei orando pelo seu neto, e se ele está lá para TRATAMENTO GRATUITO e especializado é porque naquele país além da economia forte, os governos de 20 30 anos sempre se preocuparam com o desenvolvimento do país EM TODAS AS ÁREAS principalmente a

  • TIO LEI - IV
    14/03/2021 20:19

    ... medicinal, não se prenderam em seus "próprios bolsos". Por longos 20 30 anos, saquearam nossa nação, e agora vem você querer fazer comparações? Mas continue, zé, continue com seus pensamentos esquerdistas e pare de criticar o tiãozinho, pois vocês devem fazer parte da mesma laia. Você zé, usou de ofensas

  • TIO LEI - V
    14/03/2021 20:15

    ... fez uma série de sérias acusações, estarão registradas, quem sabe num futuro próximo elas não poderão servir para, digamos, uma representação judicial. Reitero o que disse: Não está contente? Mude-se para os EUA ou então, para os países, cujos regimes "democráticos", VOCÊS tanto apreciam, CARACAS, pode ser VENEZUELA ou quem sabe para a CUBA que partiu.

  • TIO LEI
    14/03/2021 14:35

    Só para registro: SPORTV passando por reformas em seu quadro de apresentadores, narradores e comentaristas, AO MEU VER, está sendo infeliz em suas escolhas sobre todos os aspectos. AS comentaristAs em seus comentários tentam passar um conhecimento alem daquilo que elas entendem, APRESENTADORES E APRESENTADORAS "sem sal algum", e narradores, inclusive o cara que esta narrando Mirassol e Inter de Limeira, o cara fraquinho, sô.

  • TIO LEI - SHOWS DE HORRORES
    14/03/2021 14:34

    Vi boa parte do jogo do gfc e é claro assisti ao jogo da NOSSA MACACA QUERIDA. Ô dó. Ao comentar de um pode-se simplesmente "copiar e colar" os comentários e colocar sobre o outro. Dois times fracos, erros de passes grotescos, falhas individuais dantescas e dois técnicos que não inspiram confiança às torcidas campineira. Pelo "andar da carruagem" teremos um "tenebroso" derbi que será um verdadeiro "teste para cardíaco" tanto de bugrinos como de PONTE PRETANOS.

  • TIO LEI
    14/03/2021 14:33

    Sim. Importantíssima vitória ainda mais se levarmos em consideração a escalação do time que iniciou a partida e quais foram "os 11" que a encerraram. Não dá para cobrar conjunto mas analisar individualmente acaba por ser uma ingrata tarefa, e neste quesito, vi um grupo de jogadores com sofrível qualidade técnica. Agota é esperar pela recuperação dos "titulares", os quais em sua maioria também não inspiram confiança alguma.

  • ARIOVALDO ZANELLI
    14/03/2021 14:32

    TL, ESCREVE SOMENTE PALAVRA DA B Í B L I A, PARECE PASTOR, FALA MUITO EM DEUS, MAS NA VIDA REAL É FALSO RELIGIOSO, SOMENTE ESCREVE MALDADE, VOCÊ NÃO TEM CORAÇÃO. IREI INTERPRETAR PARA VOCÊ O QUE ESCREVI. NOS ESTADOS UNIDOS, O PRESIDENTE JOE BIDEN FAZ TUDO PARA POPULAÇÂO NA SAÚDE, ESTÁ COMPRANDO VACINA PARA TODOS ADULTOS DO PAÍS SEREM VACINADOS NO PRIMEIRO SEMESTRE...

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    14/03/2021 14:32

    ... MEU FILHO MORA NOS ESTADOS UNIDOS, EXPLICOU QUE NOS HOSPITAIS EXISTEM TECNOLOGIAS MUITO MAIS AVANÇADAS QUE A NOSSA. ESTAVA MUITO PREOCULPADO COM A NOSSA SAUDE, POR FALTA DE ESTRUTURA NO BRASIL. O PRESIDENTE ATUAL FAZ TUDO PARA A POPULAÇÂO, NÂO IMPORTA A NACIONALIDADE. AGORA NO BRASIL, O NOSSO PRESIDENTE NÃO FEZ NADA PARA A POPULAÇÃO EM TERMOS DE VACINAÇÃO...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    14/03/2021 14:32

    ... ROBOU VACINA DO ESTADO DE SÃO PAULO E QUERIA ROUBAR TAMBÈM SERINGAS E AGULHAS, MAS O SUPREMO NÃO DEIXOU. NO DIA 12/03/2021 TOMEI A PRIMEIRA DOSE DA VACINA, EM UM LOCAL EM CAMPINAS, CHAMADO NAED NOROESTE, JARDIM LONDRES. NOS IDOSOS FOMOS TRATADOS COM GENTE, TODOS COM EDUCAÇÃO E CARINHO. MINHA NOTA É 10 PELO TRATAMENTO QUE RECEBEMOS NO LOCAL...

  • ARIOVALDO ZANELLI (3)
    14/03/2021 14:31

    ... AGORA NO BLOG, NÃO POSSO DIZER ISSO DE VOCÊ, POIS É UM ASSASSINO SERIAL KILLER. O BRASIL PRECISA DE VACINA URGENTE. TL, PARA DE ESCREVER PARA MINHA PESSOA, POIS TENHO QI E VOCÊ NÃO. SEJA HUMANO, E NÃO ASSASSINO DE VIDAS. VOCÊ É DESUMANO COM AS VIDAS NO BRASIL. SEJA HUMANO...

  • ARIOVALDO ZANELLI (4)
    14/03/2021 14:29

    ... TL, MEU FILHO ESTÁ NOS ESTADOS UNIDOS PARA TRATAMENTO DO MEU NETO DE 5 ANOS DE IDADE, TOTALMENTE GRATUITO PELO GOVERNO AMERICANO, CUSTO TOTALMENTE ZERO. PORTANTO NÃO FIQUE MOSTRANDO UM LADO SEU, SEM SABER E TER CONHECIMENTO DAS PESSOAS. NOSSO GOVERNO É TOTALMENTE SEM CONDIÇÔES DE GOVERNAR O BRASIL NA SAÚDE, POR INCOPETÊNCIA. RESPEITE OS SOFRIMENTOS DAS PESSOAS, SEJA HUMANO.

  • Antonio Carlos
    14/03/2021 11:02

    Parabéns pela necessária vitória. E ao goleiro São Ygor Vinhas. Agora, já passou da hora de buscar um técnico de verdade. Fabinho pode ficar como auxiliar. Mas chega de amadorismo. Outra coisa, buscar atletas experientes. Não dá pra disputar série B só com a base. o Pintado tá sobrando por aí.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo