20
NOV
Ponte tinha planos de trazer empate com Flu, mas o juizão minou as esperanças

Meu dentista, doutor Wilson, tem premonição.

No bate-papo durante a semana, até avaliei que seria possível a Ponte Preta trazer um empatezinho no confronto com o Fluminense, após observá-lo naquele empate por 2 a 2 com o Fluminense.

- Pode tirar o cavalinho da chuva. Você acha que o juiz vai permitir que a Ponte traga ponto do Rio de Janeiro? – questionou o dentista.

Na ocasião, ainda não se sabia que o gaúcho Anderson Daronco apitaria o jogo, mas o certo é que doutor Wilson acertou na mosca. Ou melhor: no olho da mosca, como costuma dizer o radialista Carlos Batista.

NALDO

O rigor de Daronco na expulsão do volante Naldo, aos 30 minutos do primeiro tempo, minou de vez as possibilidades de a Ponte sonhar em pontuação no jogo da tarde deste domingo no Estádio do Maracanã, na derrota por 2 a 0.

Convenhamos que a aplicação de um cartão amarelo, considerando-se apenas a falta dura feita sobre Sornoza, já estaria de bom tamanho.

Como o juizão abusou do rigor ao anotar outra falta de Naldo sobre o zagueiro Henrique em lance anterior, decidiu por expulsá-lo. A partir daí, o pior estava por vir para a Ponte Preta.

LÉO GAMALHO

A estratégia de o treinador pontepretano Eduardo Baptista colocar seu time marcando atrás da linha da bola e não oferecer atalhos para o Fluminense penetrar era cumprida à risca, até porque o adversário não dispunha do driblador e tocava a bola com extrema lentidão.

Todavia, quem corre sem a bola se desgasta, e para o segundo tempo a Ponte Preta abdicou de vez de seu setor ofensivo. Baptista sacrificou o centroavante Léo Gamalho para restabelecer a cabeça da área com a entrada do volante Fernando Bob. Detalhe: foi em cabeçada com Léo Gamalho, após cruzamento de Nino Paraíba, que a Ponte ameaçou na única vez, quando exigiu reflexo do goleiro Diego Cavalieri para a defesa.

No segundo tempo, bastou o Fluminense colocar um pouquinho de velocidade nas jogadas para ameaçar logo aos cinco minutos, quando o atacante Matheus Alessandro acertou a trave e no rebote Marcos Júnior exigiu portentosa defesa do goleiro Aranha.

PRIMEIRO GOL

A pressão resultou no gol do Flu. Na origem da jogada, uma cabeçada do zagueiro Henrique exigiu nova defesa difícil de Aranha. Só que no rebote, o mesmo Henrique serviu Douglas, que empurrou a bola pra rede, aos 13 minutos.

Estava claro que a Ponte não teria chances de reagir, mesmo com a troca do ineficiente Léo Artur por Renato Cajá, na meiúca.

Com essa percepção, o Fluminense rodou ainda mais a bola, sem pressa, mas voltou a ameaçar.

Isso voltou a ocorrer em jogada pessoal do centroavante Henrique Dourado, que em dribles secos e desconcertantes obrigou o zagueiro Luan Peres sujar o calção ao patinar e cair, assim como deixou Jefferson procurando a bola. Como a finalização foi fraca, o atento Aranha defendeu aos 25 minutos.

Um minuto depois, não fosse Nino Paraíba salvar de cabeça em cima da risca, o Flu teria ampliado em finalização de Marcos Junior.

DOURADO AMPLIOU

E assim se arrastou a partida até os 41 minutos, quando o meia Gustavo Scarpa encobriu Aranha em chute de longa distância, e a bola devolvida pelo travessão sobrou para Henrique Dourado, de cabeça, sacramentar a vitória do time carioca.

A derrota obriga a Ponte a vencer de qualquer forma o Vitória no próximo domingo, para ainda alimentar esperança de escapar da degola.

As duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro serão dramáticas, com Ponte, Vitória e Sport em plano semelhante para se evitar as duas últimas vagas de rebaixados.

  • Paulo Sergio
    22/11/2017 23:12

    A Ponte por incrível que pareça ainda depende só dela até pela dificuldade dos jogos dos adversários. Eu ainda acredito!!!

  • marcelo
    22/11/2017 23:12

    nao desejo rebaixamento pra voces... so acho que no ano que vem vai ser pior.... tem gente metendo a mao, nao e juiz, e de dentro da ponte. o discurso e sempre o mesmo. ano que vem luta pra nao cair de novo, la e ca. os melhores jogadores do flu, eram do juniores., salario baixo botafogo e vasco tambem... agora, se voces trazem peças de museu, com salarios fora da realidade, pra no fim da temporada ficarem chorando.....dai sao outros 500.

  • Profeta da Tribo
    22/11/2017 23:11

    A expulsão do Naldo foi justa. Duas faltas para cartão amarelo. Não há o que reclamar. O Vitória é o quarto melhor mandante desse campeonato. Vai vir para Campinas jogar com inteligência e levará os três pontos. Eis minha profecia. Podem cobrar depois: a AAPP estará rebaixada ao apito final do próximo jogo.

  • Profeta da Tribo
    22/11/2017 23:11

    Quanto ao Bugre, é tempo de se reestruturar para o próximo ano. É preciso planejamento: a curto, médio e longo prazo. O Lisca tem seus defeitos, mas é uma pessoa que está querendo muito apagar sua fama de bombeiro. Acho que vale a pena a aposta nele para o Paulista. E temos que tomar cuidado e jogar de forma honrosa contra o Inter. Vamos tentar encerrar com um bom resultado.

  • MARCOS FRANCA
    22/11/2017 23:10

    NAO ADIANTA PREZADO ARI CULPAR JUIZ E TAL. O TIME E RUIM DEMAIS,MAL PLANEJADO,SEM PECAS DE REPOSICAO QUANDO SE PRECISA E DEU NO QUE ESTAMOS VENDO AI. SOU PONTE PRETA COMO A MINHA VIDA TODA MAS NAO ACREDITO QUE ESCAPE ESTE ANO DA DEGOLA. AS VEZES A GENTE MORDE A LINGUA MAS VAI SER UM MILAGRE DAQUELES! O DICA SABE TUDO DE BOLA MAS O FILHO DELES E MUITO RUIM,MAS MUITO RUIM MESMO,NAO SABE DE NADA. E OUTRA COISA,TREINADOR MUITO FRACO,TEM MUITO QUE APRENDER. POBRE PONTE PRETA,POBRE TORCEDOR.

  • Marcio
    22/11/2017 23:10

    Ué Jhon pelas suas contas caem 3 ? o Atletico GO caiu e segundo você o Coritiba não cai e caem dois dos quatro que citou, Como assim ???

  • JHON
    20/11/2017 23:07

    aapp...Vitória...Sport e Avaí : Dois destes quatro estarão na série B 2018. Coxa não cai.

  • JP
    20/11/2017 23:07

    Enquanto estávamos 11 contra 11, a Ponte não fazia um bom jogo, mas o Fluminense tbm não estava jogando nada! Estou com Marcião: se Naldo fosse jogador do Flu, duvido que seria expulso. Além das dificuldades normais, a Ponte sempre tem que lidar com a má vontade da arbitragem . Esse ano a briga pela degola está tão acirrada, que tudo deverá ficar para última rodada, sendo decidido no saldo de gols

  • Mar
    20/11/2017 21:23

    Fernando Bob e Renato Caja... nao pode ser reserva de Naldo e Leo Artur. Voce nao acha tambem Eduardo comentarios profundos!!!

  • MARCIAO
    20/11/2017 21:23

    Ari, Duvido que o Andenson Daronco daria vermelho se fosse ao contrario. Ele foi muito rigoroso mesmo !!! O amarelo seria o certo. Agora e´ganhar ou ganhar do Vitoria. Mesmo assim, provável teremos que pontuar em São Januário.

  • Ruz
    20/11/2017 21:02

    Com 10, com 11, com 20 ia perder do mesmo jeito, infelizmente esse time não joga nada

  • Antonio Carlos
    20/11/2017 21:01

    Até quando a Ponte vai entrar para empatar e vai perder? Até quando os técnicos vão trocar atacantes por volantes/laterais, chamando o adversário para sufocar e derrotar a Ponte? Não era óbvio que isso iria acontecer, mesmo com a expulsão? Porque tirar Leo Gamalho, que numa bola alçada poderia fazer a diferença? Até quando os comentaristas vão achar isso normal? Até quando TORCEDORES vão achar isso normal?

  • Antonio Carlos
    20/11/2017 21:01

    Por qual motivo o Grupo que comanda a Ponte quer continuar no poder, se está claro que não tem como objetivo fortalecer a Ponte como agremiação de futebol? Faz vinte anos que somos meros coadjuvantes, andando na corda bamba, com esquema tático covarde, sem reação alguma da Direção? Será que na vida só importa garantir vantagens pessoais? É muita pobreza de espírito diante de milhares que torcem pela grandeza da Macaca!

  • TIO LEI (1)
    20/11/2017 21:00

    Como ja venho fazendo nas ultimas 5 partidas, onde tenho me esquivado em comentar nossos resultados. Recuso-me a ser como o rapaz do remedinho, que virá aqui para dizer que o arbitro agiu assim, por que a CBF esta de olho na torcida PONTE PRETANA, ele com certeza mais uma vez falara do "CarnieRi, alem de dizer que seu time foi campeão em 78. Continuará ACHANDO" que ano que vem, conseguirão ao menos um EMPATE nos derbys. Por que estou falando isso? Ora é simples, ...

  • TIO LEI (2)
    20/11/2017 20:59

    ...sim, porque terei que repetir o que vinha falando desde a metade do Brasileirão. Time de baixíssima qualidade, técnico medroso, se a derrota era o que mais se desenhava, por que não tentar a vitória? Time sem padrão de jogo, sem alternativas no ataque. É fazer como o rapaz do remedinho, continuar batendo nas mesmas teclas. Agora, é vencer ou vencer as DUAS partidas restantes. Qualquer empate, nos levara para a série B, cuja tragédia estamos alardeando faz tempo.

« Anterior : 1 [ 2 ] : Próxima »
19
NOV
TEMA LIVRE

Peço compreensão aos prezados parceiros para que optem por tema livre, dissertando sobre Ponte Preta ou Guarani. Ou ainda a rodada do Campeonato Brasileiro.

Obrigado pela compreensão.

Ari

  • Ric PARA MOACIR
    20/11/2017 14:59

    Discordo - dado que o jogo é fora, um empate seria, sim, EXCELENTE resultado, contando claro com uma vitória em Campinas. Afinal a disputa será, estritamente, entre Ponte e Vitória (AAPP contra o Vasco fora, e Vitória com jogo em casa) - o resto ou já estará salvo ou já caiu.

  • Ric PARA MOACIR II
    20/11/2017 14:58

    E por que digo isto? Porque, mesmo que perca hoje mas vencendo o Vitória, a Ponte chega a 42 e 11 vitórias na rodada 37. O Vitória fica com 40 e 10 vitórias. Aí, na última rodada, a Ponte se safa com apenas um empate frente ao Vasco, mesmo que o Vitória ganhe (já que igualaria o número de vitórias da Ponte mas tomaria pau no saldo - salvo goleada roubada do Vitória, claro).

  • João da Teixeira
    20/11/2017 14:57

    Até entendo a preocupação futura do Moacir na tabela, mas como o Tio Lei falou, perdemos de quase todos os nossos concorrentes ao rebaixamento a Série B, que tudo que vier agora, é lucro. Se sairmos para cima do Flu, correremos o risco de perder o jogo, então o negócio é armar uma arapuca, como possivelmente o Vitória vai armar para cima de nós, e tentar trazer o mais pontos possíveis. Até entendo que se sairmos dessa e ficarmos na Série A, seremos mais um vira lata, mas nobre

  • Antonio Carlos
    20/11/2017 14:56

    Concordo com o colega Moacir. O empate de forma alguma será um bom resultado, pois pressiona a Ponte vencer o Vitória e o Vasco. Espero que o time jogue para vencer. Não foi boa atitude desprezar o Sheik, pois precisaríamos contar com todas as opções. Importante também não repetir alterações anteriores de tirar atacante ou meia e colocar lateral no lugar, não deu certo e certamente será temerária nova alteração neste sentido.

  • Eduardo
    20/11/2017 14:52

    Hoje a quinta potência... Hoje o modelo de gestão... Hoje a estrutura perfeita..... Kkkkkkkkkkk.....cai......ecvamos todos de feriasr

  • Eduardo
    20/11/2017 14:52

    Impugnaram a outra chapa nas eleições da linha do trem ?...kkkkkk....o mundo sabe que enquanto o carnieri não receber o que ele já gastou ele JAMAIS SAIRA DA ASSOCIAÇÃO... P

  • João da Teixeira
    20/11/2017 14:50

    Agora o dirigentes bugrinos e o técnico YodaLisca contagiaram a torcida bugrina ao término do jogo de sexta, ao ponto delas saírem batendo palmas ao invés de vaiarem o trabalho realizado. Convenhamos que o "le dernier jeu" bugrino mostrou que não caiu por questões milesimais. E pelo jeito vai ficar pior., junto com o último do comboio. Mas sabe o que será pior moralmente, se vier uma goleada sem precedentes diante do Inter-RS. E não adianta dizerem que foram desmotivados para lá

  • João da Teixeira
    20/11/2017 09:23

    Partindo do princípio que estamos abraçados com a morte, a rodada até que foi boa para as pretensões pontepretanas. Derrota do Coritiba e empate do Vitória. O que não foi bom foi a vitória do Sport que grudou no nosso calcanhar novamente. Precisamos trazer pelo menos um pontinho do Rio, pois o Flu vai ser um adversário complicado, já que está próximo do Z4. Semana que vem, contra o Vitória, nem pensar em um empate. Seria interessante que o Avaí perdesse hoje, seria menos um...

  • Cláudio
    20/11/2017 09:23

    O Campeonato Paulista de 2018 terá somente clubes em dia com o PROFUT. Como fica a situação do falido de Campinas, que não consegue aderir ao PROFUT? A FPF foi taxativa que times sem PROFUT não disputarão nenhuma divisão.

  • Moacir
    20/11/2017 09:19

    Absurdo o Eduardo Batista dizer que o empate com o Flu é bom resultado. É péssimo, pois mantém o Vitória na frente e o Fluminense a 4 pontos. Aí, mesmo vencendo o Vitória (o que não é fácil), na última rodada eles podem nos ultrapassar novamente (jogamos fora e o Vitória em casa). Basta ver a tabela: o empate é ótimo para o Flu pois não o ultrapassaremos mais. E a Ponte precisaria vencer Vitória, Vasco fora e ainda torcer por resultados. Se liga, Batista!

  • TIO LEI
    20/11/2017 09:19

    Para quem perdeu EM CASA para: bahia, avai, a. goianiense, dá até arrepio só de pensar que teremos que vencer a qualquer custo o vitória.

« Anterior : 1 [ 2 ] : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo