09
MAR
Por que não se pensou em ampliar o espaço para a torcida do Corinthians, no Majestoso?

Acompanho o coro do editor do portal da casa de que Ponte Preta x Corinthians pode ser jogo das multidões, na tarde de domingo.

O preço de ingresso é o mais barato do Campeonato Paulista - vinte paus -, e parcela significativa de pagantes é beneficiada com a meia-entrada, que, naturalmente, custa metade do preço.

O preço dobra nas cabeceiras, mas ainda assim com valor compatível à realidade do torcedor.

Pena que por motivo de segurança não se pode destinar a cabeceira dos portões de entrada do Estádio Moisés Lucarelli à torcida do Corinthians.

Infelizmente o policiamento não teria controle para evitar conflito entre torcedores rivais.

AMPLIAR

O que se poderia pensar - e não se pensou - seria ampliar o espaço para os corintianos com liberação da atual dependência numerada, entre as vitalícias e cabeceira do visitante, para a torcida adversária.

No ‘chutômetro’, acho que ali caberiam cerca de 1,5 mil torcedores.

De qualquer forma, eis aí o jogo que pode provocar recorde de público no ano no Majestoso, naturalmente superior aos dez mil pagantes de Red Bull e Palmeiras.

  • barba
    11/03/2017 09:36

    Esta diretoria brinca com fogo. Elenco fraco e tecnico fanfarão, podemos tomar 1 goelada historica... E dai Jose? Sai amadorismo, entra brincadeirinha....

  • TIO LEI
    10/03/2017 20:45

    Diz o ditado que "Brincadeira tem hora", mas isso foge a regra quando se trata "dessa diretoria" PONTE PRETANA. É só ver a matéria em que consta no caso de vitória, o Brigatti seria "efetivado no cargo". Dizem ainda que Vadão NÃO é unanimidade entre eles. Então quem seria essa unanimidade? O A. Batista? Outros dizem que o Vadão NÃO GANHOU NADA. Então, o FM havia ganho alguma coisa? O próprio Brigatti? Pelo amor A Deus, parem de falar abobrinhas. CHEEEEEGAAAA, BAAAASTAAAA.

  • TIO LEI - Ah o imponderável "SE"...
    10/03/2017 20:44

    Conjecturando cá com meus botões, imagino que: Se SEM TÉCNICO, e com um time fraco como este que foi montado, ainda assim estamos bem colocados, o que não poderia ter feito se tivéssemos um TÉCNICO DE VERDADE? Se montaram um elenco de segunda, SALVO RARÍSSIMAS EXCEÇÕES, SE tivessem contratado jogadores certos para as posições certas, como seria então? Essa é para se pensar.

  • MARCIAO
    10/03/2017 20:44

    Ari, sei que o assunto não é esse, mas não podia deixar de opinar . Como é que pode o Bruno ser solto e voltar a jogar !! O sujeito e´um assassino , mau caráter ... O Brasil de merda !!! O cara não foi condenado a 22 anos ?? e com 7 anos é solto ? Esse País não tem mais jeito não !!!! Obrigado.

  • Fernando para Betão
    10/03/2017 20:43

    Caro Beto, se fosse você me preocuparia mais com o seu "clássico" da várzea contra o "poderoso" Votuporanguense do que da Ponte contra o Corinthians. A Ponte,líder do grupo, enfrentará o Corinthians. Vocês, a 2 pontos da A3, enfrentarão a filial da Ponte. Consegue entender o abismo que separa um time profissional de um time Falido e amador? Volte pro buraco da ridícula Segundona e comente sobre seu time Falido e amador no devido espaço.

  • João da Teixeira
    10/03/2017 20:43

    O Papa Francisco, ao visitar o complexo de favelas de Manguinhos-RJ em 07/2013, falou para milhares de jovens que saíram às ruas no Brasil, em protestos: “Vocês, jovens, têm uma sensibilidade especial frente às injustiças, mas muitas vezes se desiludem com notícias de corrupção de pessoas que, em vez de buscar o bem comum, procuram seu próprio benefício. Nunca desanimem, nunca percam a confiança. Não deixem que se apague a esperança, a realidade pode mudar, o Brasil pode mudar"

  • João da Teixeira
    10/03/2017 20:42

    O Papa retratou bem a nossa realidade, estamos nas mãos de facínoras e todos empregando o "modus operandi" idêntico, tentar se livrar o mais rápido possível o seu rabo da fogueira dos infernos. Só que agora os facínoras se uniram, não tem mais partidos, precisam urgentemente acabar com a República de Curitiba, assim denominada pela "Jararaca" (sua auto denominação). Gente, o Brasil não pode ficar do jeito que está. Agora estão passando mel na boca no povo, liberando FGTS inativo

  • eduardo para "associaçao "
    10/03/2017 20:41

    QUANDO UMA PESSOA E IGNORANTE NAO HA REMEDIO ... CURSO OU TREINAMENTO QUE FAÇA MELHORAR..NASCEU ASSIM E VAI MORRER ASSIM...DERBI SO SECULO FOI EM 2012 (3X1 BUGRAO ) JA QUE O PRIMEIRO DERBI FOI EM 1912. ( OU SEJA , 100 ANOS )..EM 1981 NAO PODERIA TER HAVIDO DERBI DO SECULO PK EM 1881 ( RSSSSS) NEM SONHAVA HAVER FUTEBOL NO BRASIL ....PORTANTO ISSO E IGONORANCIA PURA ...COM RELAÇAO A AUMENTAR A CARGA PRO CURINTIA ....

  • eduardo para asssociaçao
    10/03/2017 20:40

    COM RELAÇAO A AUMENTAR A CARGA PARA O CURINTIA SOU AMPLAMENTE FAVORAVEL JA QUE E UNANIME E NORMAL HAVER OS MESMOS 4.067 HEROIS NO CAMPO...SE AUMENTASSE A CARGA DARIA UMA BOA RENDA E AJUDARIA A ASSOCIAÇÃO A PAGAR O CARNIERI ...COM RELAÇAO A MATERIA ACIMA SE NAO ME ENGANO ARI E A QUINTA MATERIA QUE VOCE FALA SEM QUERER DA INOFENSIVA E MINUSCULA TORCIDA SA ASSOCIAÇAO ...ESSE TEMA TB JA DEU ...NAO TEM TORCIDA PRA IR ......

  • eduardo para associaçao
    10/03/2017 20:35

    CARO AMIGO LEI ...1 SECULO =100 ANOS......MEIO SECULO = 50 ANOS .....1/4 DE SECULO 25 ANOS .......PRIMEIRO DERBI 1.912......DERBI DO SECULO 2.012.............3X1 2 GOLAÇOS DO MEDINA ( LEMBRA-SE? ) COM A COLABORAÇAO DO BUGRINO VADAO DE CABEÇA ...KKKKKK..................MAIS UMA VEZ COMPROVADO .......FATO ...........E SO PARA TERMINAR COM O TEMA ........QUAL TIME A MISTAIADA VAI TORCER DOMINGO ? ...CURINTIA OU ASSOCIAÇAO ?

  • João da Teixeira
    10/03/2017 13:35

    A coluna do Silvio Gumiero no FI dá bem a dinâmica do que acontece na Ponte hoje em dia. Estamos correndo atrás de técnico quando na verdade deveríamos estar correndo atrás de jogadores que resolvam os problemas do time. Vão continuar tostando no micro ondas, triturando no liquidificador e pulverizando técnicos e mais técnicos, enquanto isso o time perneta continua a Deus dará...

  • BETAO ( DIC VI )
    10/03/2017 13:35

    Prezado Ari , pode aumentar a vontade pra torcia dos gambas pk acho que domingo e jogo de comadres das mistaiadas da ponte .Com certeza nao saberam para quem torcerem . Ja sao tao poucos os pontepretanos e ainda por cima a grande maioria e mista . Pode aumentar a carga a vontade . Nao faz diferença nenhuma pra ponte

  • João da Teixeira
    10/03/2017 13:31

    O meu lugar pode vender aos cúrinthianos. Mau acomodado devido a lotação, sujeito a acidentes de toda as natureza e pior, ver meu time capenga em campo. Melhor é ir assistir no conforto de casa ou de algum boteco com boa companhia. É preferível até ir no reduto palmeirense do Presta Atenção do que ir em jogo contra o Cúrinthians. É muito desconforto em pouco tempo de jogo.

  • Paulo Giolo
    10/03/2017 08:42

    Ta doido Ari?!? Se quisessemos renda colocariamos a entrada a 100 reais e ai sim aumentariamos o espaço pro CUrintia!! O que queremos é levar o torcedor Pontepretano de volta pro Majestoso!! Na minha opnião tinha é que liberar pra eles apenas o minimo obrigatorio (5% se não me engano!)e sermos a maioria esmagadora pra fazer de novo um caldeirão de pressão pra empurrar os nossos jogadores e intimar os adversarios! Dane-se jogo das multidões! kero os 3 pontos!

  • João do castelo
    10/03/2017 08:41

    Ari, nem em sonho pode ocorrer uma situação dessa, respeito sua opinião. Mas aumentar a carga para visitante é um desproposito com relação a segurança. Que alias é o que primeiro se pensa em um evento de grande publico.Tenho certeza que teremos casa cheia domingo. Agora o Tio Lei esta correto se a diretoria contratar corretamente desde tecnico e jogadores. sempre teremos casa cheia. É fato!

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
08
MAR
Apesar da expulsão de Vitor Hugo, Palmeiras poderia ir além do empate na Argentina

Há um conceito no futebol que clube que perde jogador por expulsão ainda durante o primeiro tempo tem todo direito de comemorar o empate, como foi o caso do Palmeiras após o resultado de 1 a 1 diante do Atlético Tucumán, na noite desta quarta-feira, na Argentina.

Esse conceito é discutível quando a diferença técnica de um time para outro é quilométrica.

Faltou ao Palmeiras previamente ter melhor leitura de jogo do adversário, que não adere à compactação. Prefere o espaçamento dos jogadores em campo, de forma que atacantes de beirada se fixem no setor e raramente fazem a diagonal.

Eles fazem cruzamentos à moda antiga, de bola rápida e na altura da cabeça dos companheiros, diferentemente do novo modelo adotado no futebol brasileiro de bola viajar até quatro metros de altura antes de cair, para a disputa aérea.

CAMPO ENORME

Logo, já que o Atlético Tucumán faz opção para distribuição de seus jogadores em campo enorme, oferece ao adversário generosos espaços para trabalhar a bola no meio de campo, detalhe não explorado pelo Palmeiras.

Por que? Porque o treinador Eduardo Baptista não quis prescindir de um dos atacantes de velocidade para puxar os contra-ataques, casos de Keno e Dudu, e preferiu sacar o meio-campista Michel Bastos quando o imprudente zagueiro Vitor Hugo foi expulso aos 20 minutos do primeiro tempo.

Tivesse Baptista mantido Bastos e sacado um dos atacantes de beirada, provavelmente o Palmeiras teria melhor equilíbrio no meio de campo, poderia segurar mais a bola, esfriar o jogo em certas circunstâncias, e com isso evitaria que o adversário rondasse a sua área a todo instante durante o segundo tempo.

CHUVEIRINHOS

A sorte do Palmeiras é que o time de Tucumán não dispõe de jogador criativo do meio de campo pra frente e abusa dos chuveirinhos, plenamente rebatidos pelos defensores do alviverde.

O mérito do Palmeiras foi explorar a bola aérea ofensiva. Foi assim que chegou ao empate, com bola levantada por Dudu em cobrança de falta, escorada no segundo pau para a chegada de Keno aos 39 minutos do primeiro tempo.

Isso depois de o atacante argentino Zampedri contar com dose de sorte quando dividiu bola com Edu Dracena, e num toque sutil deslocou o goleiro Fernando Prass aos 24 minutos.

Claro que avaliação conjuntural sobre o jogo é de quem o observa à distância, mas o objetivo do espaço é justamente discutir alternativas quando a bola rola.

Também podem argumentar que apesar de tudo o Palmeiras teve chances reais para sair vencedor, principalmente através do atacante Borja. E teve.

Todavia, esse negócio de a bola rondar a área palmeirense insistentemente foi perigoso. Uma falha seria fatal.

Ainda bem que o zagueiro Antonio Carlos entrou com segurança no jogo para suprir a expulsão de Vitor Hugo, e Edu Dracena foi regularíssimo.

  • Paulo Sergio p/ Ari
    10/03/2017 08:40

    Prezado Ari: De um toque para o pessoal do portal que na matéria da home não é diferença do G4 para o Z4 na série A2, mas sim G4 para Z6. Este ano caem 6.

  • TIO LEI - P/ PAULO SERGIO
    09/03/2017 23:54

    Caro parceiro. Não foi empolgação do discurso não. Você não achou estranho que DO NADA foram buscar o Brigatti? Você não notou que enquanto nos enganavam com os nomes do Cajá e L. Fabiano, eles foram contratando e renovando com quem bem entendiam? Que depois da derrota para os bâmbis, se apressaram em anunciar "interesse" no Alex? Bastou vencermos um jogo e ficou tudo por isso mesmo? Que ao sair o FM, surgiram 5 nomes, e NENHUM SE CONCRETIZOU? TUDO MENTIRA PRÉ ELABORADA.

  • Paulo Sergio
    09/03/2017 23:13

    Eu penso que toda aquela empolgação e discurso de J.Brigatti (o popular Landau) depois do jogo contra o Ituano, contagiou e contaminou a diretoria toda a ponto de fazerem todo esse carnaval para no fim continuarem com ele mesmo!! Resumindo: Ganha ou empata com o Corinthians e continua, Perde e na segunda feira a história começa tudo de novo, temos 3 nomes mas veremos com calma, bla, bla, bla...

  • marcio
    09/03/2017 20:32

    marcio para eduardo O derby do século foi o de 1981 , onde a Ponte, hoje o único time profissional de fato de Campinas, venceu o seu GFC por 3x2 e eu estava lá... Digo isto não por deboche a sua pessoa ( o que seria merecido) e tampouco ao seu time sem 'eira e nem beira", mas sim porque eram dois timaços que jogavam o verdadeiro futebol.O seu craque Medina, talvez service para lustrar as chuteiras de qualquer um dos jogadores (dos dois times)

  • TIO LEI (1)
    09/03/2017 17:57

    O que mais irrita nesta lenga lenga para se contratar um técnico, é que além da demora, mais uma vez a diretoria dá mostras de estar MENTINDO à seus torcedores. Vejam bem: Foi cogitado os nomes de: Luxemburgo; Vadão; Kleina; Nei Franco; Doriva; e A. Batista. Claro esta que o MENOS INDICADO seria o A. Batista, seguidos por Doriva e Nei Franco. E o que a diretoria faz? "Divulga" que justamento o MENOS COTADO é o "PREFERIDO". NÃO VI NENHUMA entrevista feita com o A.Batista...

  • TIO LEI (2)
    09/03/2017 17:57

    ...se ele REALMENTE RECEBEU ALGUM TIPO DE PROPOSTA POR PARTE DA PONTE PRETA. Sim, por que, se essa proposta realmente ocorreu, o que fizeram foi no mínimo um ENORME DESRESPEITO com o PROFISSIONAL E SER HUMANO que o A.Batista é. Fui um dos que, aqui nesse mesmo blog, se posicionou contrario a sua contratação, tendo em vista a "relação" de possíveis profissionais a ser contratado. NÃO ACREDITO que tenham efetivamente feito tal proposta ao A.Batista. O que fizeram, foi jogar...

  • TIO LEI (3)
    09/03/2017 17:56

    ..."farofa no ventilador", já sabendo de antemão qual seria nossa reação, depois vieram com essa história, que tal nome não agradava o torcedor. E tudo isso para que? Para que se dê tempo ao J. Brigatti dirigir a equipe por duas ou tres partidas, e dependendo dos resultados, segura-lo no mínimo até o final do PAULISTÃO. Por que chegar a essa conclusão. Já foi dito que o Luxemburgo descartou a "proposta" a ele apresentada. Ninguem sequer procurou se informar...

  • TIO LEI (4)
    09/03/2017 17:54

    ...verdadeiramente lhe fora formulada algum tipo de proposta. Quanto ao VADÃO, disserm por aí que ele (Vadão) havia recusado PRIMEIRA PROPOSTA. Onde esta a verdade, se vejo agora, na matéria que confirma J. Brigatti como técnico para enfrentar o corinthians, está BEM EXPLÍCITO: VADÃO NÃO FOI PROCURADO. Onde está a verdade Srs. diretores? Como acreditar em vocês? O que vocês estão fazendo com a NOSSA PONTE PRETA? CHEEEEEEGGAAAAA, BAAAAAAASSSTTAAAAAA.

  • eduardo para ari
    09/03/2017 17:52

    com a vitoria de 4xo do goias sobre o "cuiaba" da agora para o simpatizante da associaçao o quao foi vergonhoso a eliminaçao para esse time . da-lhe associaçao rumo ao titulo . com relaçao a associaçao torço imenso para o vadao assumir....bugrino apaixonado do jeito que e dara um jeitao pra nos ( ate gol de cabeça ele faz com associaçao ) ...vide derbi do seculo quando ele cabeceou junto com o medina.....kkkkkkkkk..

  • João da Teixeira
    09/03/2017 13:16

    Dizem que atrás de um grande homem tem uma grande mulher. Parece que o ditado não aconteceu no caso do Trump. Trump não é um grande homem, apesar de sua mulher, que por sinal é muita areia para o seu caminhãozinho, cair no gosto americano e ter mais popularidade do que o próprio presidente. Só faltava ela ter menos popularidade do que o Trump. Aí poderíamos dizer que "O Diabo Veste Prada" e mora na Casa Branca, mesmo!!

  • João da Teixeira
    09/03/2017 11:07

    Rodrigo, bem lembrado, o Goiás meteu fogo na linguiça cuiabana, na melhor maneira de degustá-la. Os dirigentes da Ponte, diferentes, já gostaram de saborear de outra maneira. Põe vergonha nisso. E no jogo contra o Ituano, com certeza, vão querer passar o mel em nossa boca. O time continua devendo...

  • João da Teixeira
    09/03/2017 11:07

    Libertadores definitivamente não é o estilo de campeonato que o Parmitão gosta. Qdo., mesmo com um homem a menos, tem chance de impor o seu jogo, encrua dentro da sua casca, a do palmito, claro! Como curiosidade, Tucumam ou Tucumã também é uma palmeira da nossa Amazônia. O seu fruto amarelos com tons avermelhados é de polpa grudenta e fibrosa e riquíssima em vitamina A. Então o jogo foi um clássico palmeirense, então estamos empatados...

  • João da Teixeira
    09/03/2017 11:07

    Ari, para vc. dizer que o meio da defesa do Parmitão foi a surpresa do jogo, por aí se tem uma ideia do que foi a partida. É por essas e outras que Libertadores não é a praia do Verdão. Falando em palmeira, lembrei desse samba rock, "Em frente ao coqueiro verde, Esperei uma eternidade, Já fumei um cigarro e meio, E Narinha não veio. Como diz Leila Diniz, Homem tem que ser durão, Se ela não chegar agora, Não precisa chegar. Pois eu vou me embora, Vou ler o meu Pasquim, Se ela...

  • João da Teixeira
    09/03/2017 11:07

    A homilia de hoje do Papa Francisco, deverá ser para moralizar os jogadores do seu time de futebol, o San Lorenzo de Almagro. Como disse a matéria, o Flamengo passou com o trator em cima, não sobraram flores para se colocar no vaso. O Flamengo tinha perdido no fim de semana a Taça Guanabara (1º turno do Carioca) para o "Pó de Arroz" e agora surpreendeu até a "Urubuzaiada da Gávea", pelo menos com esse placar dilatado e ainda mais sobre um time argentino. Que beleeeza!!

  • Rodrigo U.
    09/03/2017 00:31

    Somente para não passar em branco, o poderoso Cuiabá levou uma sapatada do Goiás de 4 x 0. Realmente é uma vergonha.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo