12
ABR
Deu Palmeiras no final; como a Ponte deve se programar para surpreendê-lo?

Da dramática vitória do Palmeiras sobre o Peñarol por 3 a 2, com gol do lateral-direito Fabiano aos 52 minutos do segundo tempo, pela Libertadores, o torcedor pontepretano de certo está a perguntar sobre aquilo que a Ponte Preta precisa fazer para não apenas parar o adversário no domingo, como chegar à vitória, a fim de ter chances de classificação à final do Campeonato Paulista.

O Palmeiras colocou em prática contra o Peñarol duas alternativas ofensivas. Primeiro tentou a fluência natural de jogadas, com sentido sempre vertical, em busca de um atalho a ser explorado para se chegar ao gol.

Como o Peñarol, do Uruguai, entrou com proposta extremamente defensiva e congestionou por dentro, o Palmeiras optou pelo uso do lado de campo com Dudu, pela esquerda.

Como ele é driblador, até conseguiu, várias vezes, se desvencilhar de até dois marcadores, mas errou demais nos passes.

Pra piorar, o Palmeiras sofreu gol em cobrança de escanteio, com cabeçada do zagueiro Ramon Arias aos 31 minutos do primeiro tempo.

SUFOCO APÓS INTERVALO

Os primeiros dez minutos do Palmeiras no segundo tempo foram de sufoco total. Foi quando o volante Tchê Tchê se transformou em meia e por vezes atacante de beirada. O meia Gerra encostou nos atacantes, e aquela avalanche resultou no gol de empate de William logo aos dois minutos. Aí Dudu, num dos raros vacilos da defesa uruguaia, ampliou para o Palmeiras três minutos depois.

Aos dez cravados, em pênalti sofrido por Dudu, Borja poderia ter ‘matado o jogo’, mas na cobrança de pênalti chutou a bola para fora.

Como Borja continuou perdendo gols, no enfrentando com o goleiro uruguaio, o treinador Eduardo Baptista se encheu e o sacou do time, colocando Michel Bastos aos 24 minutos.

Logo em seguida, o Peñarol, novamente em jogada aérea, chegou ao empate. Primeiro quando Quintana ganhou a cabeçada de Mina, enquanto Gastor Rodriguez aproveitou o rebote do goleiro Fernando Prass para marcar: 2 a 2.

O placar parecia definitivo até o gol de Fabiano para o Palmeiras.

PONTE PRETA

Agora, a discussão do pontepretano é sobre o que fazer para reverter o favoritismo do Palmeiras, no domingo.

Marcação alta, na saída de bola do adversário é um suicídio. Tendo espaço, o Palmeiras é um time extremamente veloz pra puxar o contra-ataque, e chega fácil na cara do gol.

Não estranhem se o treinador Gilson Kleina, da Ponte Preta, optar por rigorosa marcação na cabeça da área, e provavelmente dobrar a marcação sobre Dudu, o atacante palmeirense mais perigoso.

Há uma diferença fundamental do estilo da Ponte Preta para o Peñarol, porque ela sabe puxar o contra-ataque igualmente veloz, principalmente tendo espaços geralmente oferecidos pelo Palmeiras, que propõe o jogo.

CLAYSON E POTKKER

Assim, tanto Clayson como Potkker serão incumbidos de colocar em prática a tal velocidade, como forma de surpreender o Palmeiras.

Eis aí, portanto, um cenário para o próximo domingo, que vai render muita discussão.

Sendo assim, pontepretano, vamos nos concentrar naquilo que você enxerga sobre futebol para fomentarmos a discussão.

Com certeza terá mais validade de que trocar flechada com torcedores bugrinos.

Seja sensato!

  • João da Teixeira
    13/04/2017 08:50

    Libertadores não é a praia do Palmeiras definitivamente. Tem mais, Felipe Melo e o enrustido Dudu, são duas bombas de pavio curto. Esses dois logo, logo, colocam o Parmitão em maus lençóis. Ontem foi por pouco que as Peppas não perdem ponto em casa, afinal estava com 10 em campo por culpa das reclamações do encrenqueiro pinscher miniatura. Manja aquele cachorrinho encardido, que nem tamanho tem? Que arruma briga fácil com os cachorros grandões? É o tal do Dudu. Felipe é outro...

  • João da Teixeira
    13/04/2017 08:50

    Se a Ponte souber aproveitar esses desvios palmeirenses de conduta, poderá se dar bem no jogo de ida. Olha que o Parmitão poderão vir com time reserva, o que seria pior, ao meu ver. O problema é que os jogadores da Ponte são meia boca e achariam que o time reserva do Parmitão seria mais fácil. Dançariam. Prefiro o titular, que teriam que tirar o pé, pois estariam teoricamente cansados e facilitaria. Vou deixar bem claro, milagres acontecem, mas não é todo dia! Devagar com o andor

  • TIO LEI
    13/04/2017 00:53

    Vamos lá. Meu querido amigo AGOSTINIS, desculpe a minha falha, claro que em toda regra existe exceção, e você meu caro amigo É uma das raras exceções desta torcida, Receba um fraternal um abraço. Meus respeitos ao DITÃO DE SUMARÉ...Agora, se pairou alguma duvida, eu as dissiparei: Não estou falando de PONTE PRETANO não torcer para o gfc e vice e versa. Estou dizendo que BUGRINO TORCE PARA DETERMINADO TIME SER CAMPEÃO, ou seja torce para UM TIME ESPECÍFICO no campeonato, capiche?

  • JHON
    12/04/2017 19:56

    Caramba !! O Palmeiras vai colocar time misto no Domingo. Pelo jeito, vai decidir tudo no Allians.

  • DE ARI PARA ERIC
    12/04/2017 19:54

    Eric, quem falou pra você que sou bugrino? Já disse centas vezes que meu time é o Jornalismo Futebol Clube. Ainda não deu pra perceber?

  • Eric AAPP (para Ari)
    12/04/2017 19:38

    Nossa, Ari, não vai comentar a derrota do seu guarani para o Mogi Mirim, que está no Z6 da A2 (credo, parece até que estamos jogando Batalha Naval)??? Ficou tão abalado assim? Ou foi ver o jogo em Mogi e não dá pra escrever agora?

  • João da Teixeira
    12/04/2017 19:37

    Peraí, Ari! Não teve jogo hoje a tarde? Ou até vc. ficou de saco cheio? Tá certo que o jogo não foi transmitido, mas algum bugrino foi para lá para comentar alguma coisa. Como falei, o nível de sorte alcançado deve ter chegado no máximo, agora é a vez dos concorrentes estar com a bunda virada para a lua... Sem stress, porque o nível da A2 é isso mesmo. Let's Rodeo, bugrinos! Domingo tem mais...

11
ABR
Cálculos dos bugrinos passam necessariamente por vitória em Mogi Mirim

Desse imprevisível Campeonato Paulista da Série A2 tudo pode-se esperar, faltando três rodadas para o complemento da primeira fase.

Se há menos de um mês o Guarani era tido como carta fora do baralho, hoje depende apenas de suas forças.

Na abertura desta antepenúltima rodada da competição, joga em Mogi Mirim na tarde desta quarta-feira, estando o time da casa com a corda no pescoço. Caso seja derrotado, e o XV de Piracicaba vencer o Batatais, a sua queda será inevitável.

Quanto ao Guarani, na projeção natural de resultados que lhe favoreçam nas três últimas rodadas, precisa vencer Mogi Mirim e Barretos.

Assim, pode eventualmente chegar na partida derradeira, em Batatais, já classificado, ou precisando apenas do empate para atingir 34 pontos.

BRAGANTINO

Nessa conjuntura, apenas o Bragantino poderia ser uma pedra no sapato, pois o seu limite é de 35 pontos caso vença todos os seus jogos. Isso convencionando-se o Bugre chegar na última rodada com 33 pontos e dependendo de empate em Batatais.

Hoje o Braga recebe o Oeste. Depois vai a Penápolis enfrentar o Penapolense. E encerra a primeira fase diante do Votuporanguense.

Toda essa conjuntura com envolvimento do Guarani é feita na hipótese de o Rio Claro confirmar a classificação. Nos próximos três jogos, recebe Taubaté e Sertãozinho, e sai para enfrentar o Rio Preto.

Com a clareza dos números, qualquer outro resultado que não seja o de vitória para o Guarani nesta quarta-feira vai provocar mudança de configuração. Aí os cálculos terão que ser refeitos, com base naturalmente da combinação dos resultados da rodada.

  • Eugenio para Ruz
    13/04/2017 12:26

    Caro Ruz, sim tem razao, foi mesmo mais um grande jogo da CL. Borussia x Monaco tbm foi um grande jogo. Fique de olho nos destaques Franceses Dembélé, Mbappé e Coman. Daki a pouco a França tera novamente uma grande seleção.

  • Eugenio
    13/04/2017 12:25

    Eric, com esse time eu so posso viver mesmo de memorias ... pelo menos no Sec XX fomos melhores ... parabens ao seu time q soube se manter e teve boa adm. Lamentavel foram as adm. recentes do Guarani.

  • TIO LEI
    13/04/2017 00:53

    KKKKKKKK...1.800 havia NO ESPAÇO RESERVADO ao torcedor PONTE PRETANO, como para lá NÃO HAVIA MAIS INGRESSOS e NEM LUGAR, o jeito foi se "infiltrar", como dizem os MISTOS, quando o CLÁSSICO É NO MAJESTOSO...Pena que você como MISTO não ficou no portão, igual ao eduardo, para conferir...KKKKKKKK

  • Eric AAPP (para Eugenio)
    12/04/2017 19:55

    No Século XX o guarani foi mesmo o Melhor do Interior mais vezes que a Ponte (16 x 10), parabéns!!! Já neste Século XXI, a Ponte foi a Melhor do Interior 5 vezes, e o guarani só uma.... mas Ok, para quem vive das memórias, entendo sua alegria.

  • Paulo Sergio
    12/04/2017 19:38

    Quando um PONTE-PRETANO fala não é atoa, veja que o gfc tomou uma PIABA do MOGI MIRIM e os torcedores deles não comentam o jogo, entram aqui para falar de torcida ou coisas que não interessam a ninguém!! Pelo amor de Deus, FALEM DO JOGO DO FALIDÃO DA VALA FEDIDA!!! E vou dizer hein, o BATATAIS vai te pegar e vai ser lá, primeiro vai colocá-lo de 4 e depois, CRÉU, CRÉU, CRÉU KKKKK..

  • João da Teixeira
    12/04/2017 18:49

    Incrível essa a2, quem esperava essa. Nem o mais pessimista bugrino acreditaria no que aconteceu. O Sapão convidou o bugre para ir para o brejo e ele foi, literalmente. Sapo, bugre e vaca, todos para o brejo...

  • João da Teixeira
    12/04/2017 18:49

    Ari, não deixe os bugrinos órfãos. Fale alguma coisa. O barqueiro Caronte está louco para levar mais um na sua barca. Destino: Como diz o Batistão, nas profundezas dos 5° dos infernos. Brejo, mas com jeitão de inferno.

  • Ditao (sumare)
    12/04/2017 18:48

    Parabéns pelo blog Ari,sempre que posso dou uma espiada.Essa briga de pontepretanos e bugrinos não leva a lugar nenhum. Aqui em casa todo mundo é bugrino,mas tenho muitos amigos pontepretanos. Torço também para o Palmeiras, não vejo nenhum problema em torcer pra dois times. Com meu verdão enfrentando a ponte,a torcida será tota. Um abraço aos amigos do blog também, fiquem em paz

  • DIOGO SP CAPITAL
    12/04/2017 18:48

    Caro Ari . Sou corintiano e estive no Pacaembu na segunda-feira . Nao havia mais do 1.800 torcedores da aapp ( conforme a sua carga de bilhetes ) . Gostaria de dizer que morei 15 anos em Campinas e aprendi tb a amar o BUGRAO . Agora, por favor , nao comparem o tamanho da torcida do guarani com a da aapp . Incomparavel . Em 2012 estiive na final no Morumbi a torcida do guarani dividiu o anel superior com a torcida do Santos.

  • arnaldo jardim aurelia
    12/04/2017 18:47

    Faz tempo que nao entro aqui no blog e agora resolvi entrar . Sou BUGRINO e posso dizer com certeza absoluta que pertenço a MAIOR DO INTERIOR DO BRASIL ( nao tenho duvida nenhuma e nem admito discussao , fatos comprovam isso , nao sou eu que digo . Basta lerem sites ou borderos de rendas ) . Agora virem aqui e dizerem que tinham 5 mil simpatizantes da associaçao no pacaembu e 3 mil luluzinhas no brincao. kkkkkk.Parei tb

  • Ruz para Eugênio
    12/04/2017 18:46

    Já que você é um dos únicos que fala sobre futebol, vai a dica que hoje tem o Real Madrid, acredito que deva ser um jogão .

  • Paulo Sergio p/ Marcelo
    12/04/2017 18:46

    Caro Marcelo, respeito seu post mas, pelo amor de Deus, quando vocês vão se desamarrar das correntes do passado?? Eik Batista, Sergio Cabral e tantos outros que estamos vendo ai também já foram milionários e famosos, hoje...O Guarani foi campeão, já teve ótimos times, revelou muitos jogadores etc..etc.. porém isso ficou num passado longiniano. Quem vive de passado é saudosista, até em nossas vidas temos que viver o presente e o presente do GFC todos conhecem, ou não?

  • Paulo Sergio p/ Marcelo 2
    12/04/2017 18:43

    A Ponte teve problemas também no passado mas também teve inúmeras glórias, revelou centos jogadores até para a seleção, mas para mim tudo que a Ponte passou seja de bom ou ruim ficou lá atrás, o que me interessa é o hoje. Caso o Guarani se levante das cinzas que ainda se encontra, você com certeza não vai nem querer lembrar disso, ou vai? Se a Ponte está anos luz à frente, fazer o que, é aceitar que dói menos mas, aceite um conselho: Viva o presente!

  • Paulo Sergio p/ Marcelo 3
    12/04/2017 18:42

    Esse negócio de "Mai nóis foi campião" já virou motivo de chacota por que além de ser passado, e que passado hein!! vocês ficam batendo na mesma tecla que todos nós já sabemos e pra nós Ponte-pretanos não muda em nada.

  • Paulo Sergio p/ Tio Lei e bugrinos
    12/04/2017 18:41

    Com todo respeito que vocês Tio Lei e bugrinos merecem, vou dizer o que eu penso dessa discussão sobre MISTOS. Tremenda bobagem e perda de tempo já que todo torcedor sempre torcerá pro adversário do seu rival!! Pergunto: qual torcedor do SP e do Corinthians não torcerá para a Ponte domingo? qual ponte-pretano não torcerá para o Mogi Mirim hoje? e qual bugrino não torcerá para o Palmeiras? Não vejo isso como sendo misto, só faz parte do futebol.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo