05
FEB
Se não furou retranca lá, vai furar aqui, Corinthians?

Coluna de áudio Memórias do Futebol, com link à direita, está atualizada com particularidade de que o mês de fevereiro tem sido marcado, entre outras coisas, por mortes de jogadores com passagens pela Seleção Brasileira. Os casos citados são do zagueiro Orlando Peçanha, volante Bauer e meias Zizinho e Jorge Mendonça. Ouça!

CORINTHIANS

E o Corinthians, hein?

Dá pra reverter a vantagem do Guarany paraguaio, que venceu nesta quarta-feira, em seus domínios, por 1 a 0?

Seria a síndrome da fase de grupo da Libertadores?

Se neste jogo no Paraguai o Corinthians enfrentou um adversário que lembrou as retrancas do Juventus de décadas passadas, o que esperar no jogo de volta no Itaquerão?

Ter posse de bola, encurralar o adversário em seu campo, mas conseguir raríssimas chances de gols é preocupante sim.

E o meia Luan, hein?

Quem foi contratado como solução, como ele, jogar aquela bolinha não dá.

Como o adversário chega junto, em determinado lance ele deu uma senhora pipocada. Tirou o pé literalmente.

Libertadores é isso. Nem sempre a equipe teoricamente melhor vence.

A correria do Guarany paraguaio no começo e estilo do saudoso treinador Milton Buzzeto quando chegou ao gol foram preponderante para vencer.

BAHIA DANÇA

Se ano passado Ponte Preta e Guarani foram eliminados na primeira fase da Copa do Brasil, imaginem o prejuízo para o Bahia que perdeu do River por 1 a 0, no Piauí, e se despediu precocemente da competição.

Resta saber como presidente e vice do clube, devidamente remunerados, vão explicar esse desastre.

  • Jose Ricardo p/ Barba
    07/02/2020 10:06

    Caro Barba, Ivan é agenciado pela Elenko Sports, logo sua venda já está engatilhada para a janela europeia de julho e pra surpresa de ninguém, durante as Olimpíada quando imaginam que Ivan estará em campo. Quanto a falha de ontem, sim frango, mas a defesa do Brasil tá dando mole e não é de agora nesse quadrangular. A Ponte nem conta mais com ele no paulistinha e felizmente está bem servida pelo Igor Vinhas.

  • Jose Ricardo
    07/02/2020 10:03

    Primeira derrapada feia do técnico Thiago Nunes, cometeu um erro amador ao escalar Sidcley e perdeu o jogo. Colocou a corda no pescoço.... Não será demitido se for eliminado pelo fraco time paraguaio, mas deixará sequelas graves na sua reputação. Já na Ponte, não só o resultado, mas principalmente o desempenho contra o Palmeiras vão aumentar ou diminuir a temperatura no Majestoso e é certo que uma derrota e eliminação na Copa do Brasil vai causar a demissão do Kleina.

  • Barba
    06/02/2020 23:07

    Boa noite Ari e amigos do Blog. Ari, está ficando chato alguns comentários desagradaveis de parceiros que não visitavam nosso convívio. Era legal discutir futebol com boas maneiras. Sugiro retirar esses indivíduos, pois estão chateando. Macaca ou Bugre, aqui discute-se futebol sem baixaria.

  • Barba
    06/02/2020 23:06

    E o nosso IVAN não? de novo, mostrou que não é goleiro de seleção. Na Ponte teve inúmeras falhas. Na seleção, não vai. Hoje falhou diversas vezes, e tomou 1 frango. Como vender? Ninguém quer. Se é verdade que não aceitaram EU 3.500.000, deve ter algum maluco na ponte. Ou é mais uma estória para boi dormir.

  • Tony para Eugènio
    06/02/2020 23:05

    Eugênio - Ou voce é muito INGENUO mesmo, ou naao entendeu ainda a brincadeira sadia deste Blog. Estava muito legal sem a sua presença "chata" aqui. Só temos amigos aqui, dos 2 lados. Vai procurar sua turma!

  • MARCIAO
    06/02/2020 23:04

    Isso mesmo Marco !! São apenas esses times Paulistas que disputa a Copa do Brasil. O time falido não merece jogar essa competição. Não tem estádio, não tem dinheiro, tu acha que vai ter Ranking pra isso ??? A única coisa que eles são ótimos e´perder da Ponte e ser Rebaixados !!! Isso eles sabem como ninguém . KKKKkKK

  • ARIOVALDO ZANELLI (1)
    06/02/2020 19:12

    ... VAMOS ESCREVER SOMENTE PRESENTE E FUTURO, PASSADO JÁ ERA. NO MOMENTO O GUARANI TEM TECNICO E A PONTE NÃO TEM. NA SITUAÇÂO DA PROBALIDADE DE CLASSIFICAÇÃO: SANTOS COM 99.5% E A PONTE = 81.1%. CORINTHIANS = 82.8% / RED BULL = 56.4% / FERROVIÁRIA = 32.5% / GUARANI= 28.3%...

  • ARIOVALDO ZANELLI (2)
    06/02/2020 19:12

    ... OBS.: ESTATISTICA REALIZADA PELA PROJEÇÃO DOS JOGOS FALTANTES. BUGRINOS/PONTEPRETANOS ESTAMOS EM UMA SITUAÇÂO FINANCEIRA CRITICAS E NÃO PODEMOS TER O LUXO DE FICAR TROCANDO FARPAS, POIS O NOSSO FOCO PRECISA SER DO FUTEBOL APENAS.

  • Marco da Macaca
    06/02/2020 19:11

    Num certo time verde (não maduro) de Campinas, todos os jogadores querem jogar com um mesmo número da camisa, alegando endosso a uma certa campanha politicamente correta. Mas criaram um probleminha: o que o roupeiro vai fazer com as camisas numeradas de 1 a 23?

  • Marco da Macaca
    06/02/2020 19:11

    Eu passava pela rua Conde DEu, quando li, grafitado num muro verde: "Se arrependimento matasse, Carlos Gomes, o maestro campineiro, autor DAQUELA ópera bufa, teria morrido muito antes..."

  • Marco da Macaca
    06/02/2020 19:09

    A Macaca estréia na Copa do Brasil em Novo Hamburgo RS. O XV de Piracicaba também joga a Copa do Brasil. O Oeste também. A Ferroviária também. O Bragantino, o Santo André e o Novorizontino também. Os 4 chamados "grandes" também. Esqueci de algum time paulista na Copa do Brasil?

  • Marco da Macaca
    06/02/2020 19:09

    A camisa do Barcelona já está mais próxima da camisa da Macaca, com a mesma faixa transversal da centenária da AAPP. Agora, só falta o Barça mudar suas cores do vermelho e azul para o glorioso preto e branco. Leonel Messi, certamente, não vê a hora dessa última mudança.

  • Eugenio
    06/02/2020 14:47

    Espirito de porco? Nao sou Palmeirense ... nao se pode zoar a aapp q ficam ofendidos ... 120 anos ... perguntem ao Jorginho.

  • Eugenio
    06/02/2020 14:44

    Pelo jeito esse blog é so de pontepretanos, o Ari bloqueia comentarios com criticas e zoacao da aapp e deixa solto mensagens contra o Guarani, com comentarios agressivos e jocosos. Lamentavel. Ja que nao tem historia nem titulos q se contentem com tao pouco.

  • Eugenio
    06/02/2020 14:42

    Marco, com toda a crise do Guarani ainda temos mais vitorias em derbis, entao quem é escravo ? Vcs sao escravos de 120 anos sem titulos.

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
04
FEB
Que tal Carpini aumentar a estatura do ataque bugrino?

A despeito de o treinador Thiago Carpini (foto), do Guarani, ter buscado com frequência fórmulas de aprimoramento do time durante este Campeonato Paulista, há um detalhe que passa despercebido, e que requer avaliação.

Nos últimos dois jogos, contra Mirassol e Santo André, a equipe sofreu gols em desdobramento de bola parada, e tem gente que indevidamente culpa a defesa por suposta falha.

Ora, quais jogadores adversários ganharam as jogadas pelo alto?

Saiba que foram zagueiros.

Diante do Mirassol, o gol foi marcado por Luiz Otávio, que de fato subiu mais de que o zagueiro Bruno Silva, do Guarani, testou e empatou a partida.

Convenhamos que a preocupação inicial de Bruno Silva, no lance, seria marcar atacante adversário, e não zagueiro.

Enfim, minimize a culpa dele.

Contra o Santo André, quem ganhou a jogada por cima foi o alto zagueiro Rodrigo, e quem subiu com ele foi o meio-campista Eduardo Person, de estatura mediana.

Como Rodrigo ganhou a disputa, a bola se ofereceu ao atacante Ramon, que a empurrou à rede.

ESTATURA BAIXA

É primário no futebol se avaliar que atacante deve se incumbir de disputar a bola parada defensiva de seu time com atacante adversário, correto?

Sim, mas como cobrar de Rafael Costa e Júnior Todinho, com 1,71m de altura, para que disputem desproporcionalmente tais jogadas por cima?

Só isso já justificaria uma vaga no ataque bugrino para Bruno Sávio, 1,81m de altura.

A rigor, se bem treinado para o cabeceio, poderia ser eficiente igualmente na bola aérea ofensiva do Guarani.

O tímido futebol de Rafael Costa, por si só, já justificaria perda de vaga entre os titulares, para a entrada de Bruno Sávio.

Outro ganho, se o treinador processe a mudança, seria de velocidade pelos lados do campo, o que inibiria incursões de laterais adversários, como ocorreu com Rodrigo Luz do Santo André.

SELEÇÃO OLÍMPICA

Salta aos olhos a carência de eficientes cobradores de faltas na nova geração do futebol brasileiro.

No jogo da seleção brasileira olímpica do Brasil de segunda-feira, os colombianos abusaram de faltas nas imediações de sua área, sem que se observasse, entre a garotada brasileira, um pé calibrado para assustar o intranquilo goleiro colombiano.

Dizem que fisiologistas ordenam aos treinadores de clubes que o atleta evite treinar cobranças de faltas, com justificativa de risco de lesão muscular.

Ora, por que no passado a boleirada treinava até exaustivamente tais cobranças, e nem por isso era vitimada por problemas musculares?

  • Tito
    06/02/2020 00:04

    Ari, no gol do Santo André foi o Romércio que disputou a bola, embora o Person estivesse também no lance. Embora o Rafael Costa ainda esteja devendo futebol, ainda o vejo fora de forma física, não vejo sua estatura como problema, mesmo porque é só inverter as posições dele e do Igor Henrique nos escanteios adversários, também creio que o Carpimi está atento a isto. HSG

  • Tonhão para Eugênio
    05/02/2020 19:13

    Cai fora seu espírito de porco! Vai brincar no seu terreiro. Aqui não! Aqui é lugar de gente de bem. Ari, bloqueia esse cara

  • DE ARI - SOBRE AMORIM
    05/02/2020 18:07

    Cabe informar que o amigo Amorim, quarto-zagueiro dos bons, foi um singular cobrador de faltas. E nem tinha tempo para treinar. Foi pura vocação.

  • Amorim
    05/02/2020 18:04

    Ari se treinar cobrança de falta pode causar lesão o que seria do Rogerio Ceni que treinava bater faltas mais de uma hora depois que o treinador dispensava os boleiros Os tempos mudaram , mas isso é desculpa desses caneleiros de hoje em dia .

  • Paulo Sergio p/ José Ricardo
    05/02/2020 18:04

    Verdade meu caro José Ricardo, apesar de pontepretano, sempre gostei do futebol bonito e jogador dedicado. Me lembro que em 78 Zenon teve até problema no joelho da perna de apoio de tanto treinar falta, ficava até escurecer e as vezes pedia para acenderem um refletor, ficava ele e neneca, como mudou, não??

  • LÉO - PR
    05/02/2020 18:03

    a molecada de hoje são criada com nissin nunca mais vamos ver um Éder ou Edu Lima quebrava qualquer retranca.

  • João da Teixeira
    05/02/2020 18:02

    Pois é, hoje todos querem jogar em clubes da Europa, todos querem ser médicos, dentistas, engenheiros, pesquisadores, advogados etc, esquecendo que as profissões exigem experiências, vivências etc. Vejo no meu emprego os absurdos que aparecem lá, com o nariz empinado, querendo mostrar o que ainda não vivenciou na prática. Jogadores em início de escolinhas, no atual estágio que se encontramos, talvez 1% vai para o profissional e desses, 1% vão jogar em times conhecidos...

  • João da Teixeira
    05/02/2020 18:02

    ... será que chegarão a times grandes, será que chegarão na Europa? Caso como o Camilo da Ponte é uma exceção, quem o contratou viu nele um futebol de gosto duvidoso, bem a cara dos antigos times do velho continente. Ou também estão apostando em algo que poderá render dinheiro no futuro, após ensinar os fundamentos que faltam. Enfim, estamos feitos...

  • João da Teixeira
    05/02/2020 18:02

    Enfim, estamos feitos...feitos bobos! Estamos sendo passados para trás por times que eram horrorosos. Veja o jogo do time de Medellín contra o Táchira, seus atacantes são mais contundentes que os nossos atacantes "enceradeiras". Estamos fritos!

  • Profeta da Tribo
    05/02/2020 18:00

    Tenho cantado essa bola em alguns comentários. A baixa estatura da zaga do Guarani é um problema. Só que, por outro lado, temos que ter zagueiros rápidos, pois nosso esquema de jogo nos expõe ao contra-ataque. E zagueiros técnicos, pois saímos tocando de trás. Então o desafio é encontrarmos zagueiros com todas essas características. Não é fácil. Esses caras estão lá na Europa, nos grandes times. Queria o Igor, que tem boa estatura, mais participativo no jogo aéreo.

  • Jose Ricardo
    05/02/2020 09:46

    Ari, o Cafú, capitão do penta em 2002, afirmou que ele ficava horas e horas fazendo cruzamentos após os treinos pra se aprimorar, mas que hoje em dia os poucos que querem fazer isso só podem fazer se a comissão técnica autorizar. Diz ainda que os jogadores de hoje só tem um objetivo: jogar no Barcelona, nas demais coisas são totalmente descompromissados, ser campeão ou rebaixado tanto faz, porque no dia seguinte já estão assinando com outro clube.

Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo