20
FEB
Palmeiras perde gols e Guarani é derrotado apenas por 1 a 0

Que baita 'pose' hein Thiago Carpini, treinador do Guarani!

Pra que aquela 'esnobada' ao microfone do SporTV antes do início da partida contra o Palmeiras, quando citou que não via os desfalques de sua equipe como problema, e sim como solução?

E na entrevista coletiva, pós-derrota para o Palmeiras por 1 a 0, na Capital, manteve arrogância ao minimizar erros na saída de bola de seus jogadores, mesmo com marcação sob pressão do Palmeiras.

“Eles não erraram. Eles fazem aquilo que eu peço”, justificou.

Menos, Carpini. Menos!

Em três ocasiões ao longo da partida aquelas bolas perdidas naquela circunstância poderiam ser totalmente comprometedoras.

Evidente que o ideal é sempre valorizar saída de bola, mas não se pode ignorar que nem sempre isso é possível.

Portanto, aquele discurso de humildade do ano passado parece ter sido sepultado.

O reconhecimento da torcida pelo fato dele ter ajudado na salvação do time da Série B de 2019 resulta em autossuficiência.

Observação: não desconsidere que a estrada é longa, e você, Carpini, está apenas no começo dela.

PALMEIRAS PERDE GOLS

Evidente que derrota para o Palmeiras em São Paulo é coisa plenamente previsível e tolerável. Entretanto não fossem chances incríveis de gols perdidas pelo adversário e defesas do goleiro Jefferson Paulino, certamente a interpretação sobre o rendimento do time bugrino acompanharia um suposto placar dilatado.

Palmeiras é time envolvente e encurrala adversários em seu campo de defesa.

Logo, inevitavelmente cria chances. No total, foram seis, com apenas um aproveitamento.

Foi no lance em que a defesa bugrina ficou exposta, o atacante Willian arrancou com a bola e serviu Dudu, livre, para marcar.

Antes disso o atacante Luiz Adriano já havia acertado a trave.

PÊNALTI

No primeiro minuto do segundo tempo o goleiro Jefferson Paulino praticou defesa difícil em finalização de Luiz Adriano, e sete minutos depois defendeu pênalti praticado pelo zagueiro Romércio e cobrado por Dudu.

Depois o Palmeiras diminuiu o ritmo, ocasião em que aumentou a posse de bola do Guarani.

Todavia, o mandante retomou o controle da partida a partir dos 30 minutos, quando Carpini se equivocou em mexidas no time bugrino.

Injustificável a entrada do estreante Juninho Piauense, totalmente fora de fora, e perdendo todas jogadas.

Atacante Alemão se movimentava, vinha buscar bola e era participativo, ao passo que Matheusinho - o substituto - em nada contribuiu.

GABRIEL VERON

Quem ganhou em troca foi o Palmeiras, com a entrada do rápido Gabriel Veron, que criou e desperdiçou duas jogadas aguda.

Na primeira chutou a bola para fora. Na segunda, de frente para o gol, preferiu o passe para Dudu e a jogada foi perdida.

Evidente que por ter sido atacado a maior parte do tempo, apenas circunstancialmente o Guarani encontrou espaço para propor o jogo, sem fugir daquele estilo lento e absorvido por eficiente marcação adversária.

Apesar disso, em duas jogadas práticas teve chances através de Alemão e Giovanny, sem convertê-las.

Ainda não existem comentários.

19
FEB
Cabe um voto de confiança à chegada de João Brigatti

Coordenador de futebol da Ponte Preta, Gustavo Bueno, não deixa de ter razão quando cita que a maioria concordou com contratações de jogadores feitas pelo clube para esta temporada, na remontagem do elenco. O lapso foi apenas generalizar, e isso é contado na postagem abaixo.

Como tudo caminha para que João Brigatti (foto) seja anunciado como treinador da Ponte Preta, como sucessor de Gilson Kleina, a questão que se coloca é qual estágio ele se encontra, após ter deixado o clube em setembro de 2018?

João Brigatti
João Brigatti
Que Brigatti é um motivador de elenco por excelência, ninguém discute.

Que manja sobre mumunhas de boleiro e sabe como contorná-las, também é fato comprovado.

O desafio dele é calar quem desconfia de seus projetos táticos sobre futebol, e não subestimem que tenha agregado novos valores nesta rodagem por Norte e Nordeste do país.

GOLEIRO

Por ter sido goleiro, que aos gritos orientava defensores com frequência, é natural se esperar que em curto prazo possa ajustar o sistema defensivo pontepretano.

Resta saber como vai desenvolver o trabalho para recuperar condição técnica de jogadores como Apodi e João Paulo, que sequer renderam aquilo que foi projetado, assim como provocar crescimento de produção das chamadas apostas.

Antes da cornetagem, senhores, aguardem!

  • TIO LEI ao parceiro MARCO DA MACACA
    20/02/2020 23:49

    Caro Marco. Só pra lembrar ... o Teixerão em S.J.Rio Preto tambem JÁ FOI palco de grandes eventos e hoje esta jogado às traças. NOSSO ESTADIO é modesto e aconchegante e com uma diferença ... ÉÉÉÉ NOOOOSSOOOO se for para demoli-lo será por que CONSTRUIREMOS uma nova arena, ao contrário daquele que já está fadado ao BUUUUMMMMM por CALOTE e que se não fosse uma juiza, teriam que mandar jogos, através de MUITO FAVOR no campo do Mogiana.

  • João da Teixeira
    20/02/2020 23:48

    Estava vendo a matéria sobre o jogo na Arena WTorre Alianz Park, da EPTV 2°edição, sobre o gramado novo e sintético da arena e observo a irrigação funcionando. Gramado sintético precisa ser molhado? Estranho se molhar grama sintética, deve fazer parte do novo esquema tático do Parmitão, deixar o "gramado" escorregadio. Joguei em campo sintético e a dureza para as articulações e a velocidade da bola são surpreedentes, mas o pior é que se vc escorregar nesse piso, sairá queimado.

  • João da Teixeira
    20/02/2020 23:47

    Estou assistindo o Wild e Coric, par de vasos em campo, pode? Se fossem mulheres, já iria sair briga antes mesmo de começar a partida. Não vejo chance do Thiago Wild ganhar esse jogo, o Croata é mais agressivo. Por analogia, vejo o Thiago Wild, a Ponte e o croata, nossos adversários, sem chance... Brigatti, vc está fundido!!!

  • João da Teixeira
    20/02/2020 23:46

    Nem vcs tiveram respeito com o seu estádio, na vejo porque toda essa bronca em falar do Brinco. Realmente o jornalista João Caetano Monteiro Filho, quando da apresentação de sua maquete, ter publicado a matéria no "Correio Popular" com o título "Brinco de ouro para a "Princesa'" estava iluminado nesse dia, foi feliz com a sua visão, mas vcs foram infelizes em perder o patrimônio para o cúrinthiano dono dos relógios. Isso custou caro para o patrimônio da cidade...

  • João da Teixeira 2
    20/02/2020 23:45

    ... Isso custou caro para o patrimônio da cidade, afinal os idealizadores modernistas assinaram também o Projeto da Riviera de São Lourenço, se não me engano... Vcs que deveriam ter mais respeito com as coisas de sua história... Relapsos, Eugênio, relapsos!!!

  • Marco da Macaca
    20/02/2020 23:45

    guarani é o 8.o maior devedor da União entre os clubes brasileiros: R$ 141,5 milhões (Fonte: Valor Econômico)

  • Marco da Macaca
    20/02/2020 23:44

    . Federação Paulista de Futebol (matéria do site Globo Esporte): A. A. Ponte Preta fatura o prêmio Ouro (R$ 80 mil) de Gestão 2019 junto com outros 11 clubes igualmente premiados. . 5 clubes receberam o prêmio Prata. E outros 12 clubes receberam o prêmio Bronze. O guarani e outros 5 clubes não foram premiados, só receberam um certificado de participação.

  • Eugenio
    20/02/2020 18:26

    Caro Marco, so pra lembra-lo q o Brinco de Ouro ja foi palco de decisoes de camp brasileiro (3), paulista (2), jogos da Libertadores, da Seleçao brasileira. E o estadio do seu time ? Mais respeito ao falar do Brinco.

  • CADEPÁ PARA MARCO DA MACACA
    20/02/2020 18:25

    Pois é seu Marco, o cara só quis aparecer, a todo custo, péssimo profissional, homens tem que dar exemplo, não incitar violêcia, ele e sua família correram riscos. Este do Brasil jogando no Brinco não me lembro, lembro em um derby, o inveja recalcada desse moço em relação ao Guarani hein! e que Bugre tínhamos!

  • Marco da Macaca
    20/02/2020 14:44

    João Brigatti foi campeão paulista do interior com a Ponte Preta (2018?). Mas brilhou intensamente no dia 05 de maio de 1990, no Brinquinho Dourado da Princesinha. Jogavam seleção brasileira contra a Bulgária de Stoichkov. João Brigatti se consagrou já ao pisar no gramado com uma linda bandeira e carrega-la até o grande círculo. Nesse dia, Brigatti ofuscou Taffarel, nosso Jorginho, Aldair, Ricardo Gomes, Mauro Galvão, Branco, Silas e Muller. Brigatti saiu do jogo como o grande herói.

  • Marco da Macaca
    20/02/2020 14:43

    O pretenso escândalo da adesão do matador Juninho Piauiense ao seio bugreino, remete à outra contratação chocante num passado recente na mesma "Casa do queijo": a vinda do astro-cometa Richarlyson, o Richa. Na época, apenas uma pequena minoria das hostes bugreinas ficou constrangida. Mas a grande maioria dos tifozzi verdes (não maduros) adoraram o frisson causado e receberam o ex-sampaulino de braços abertos.

  • João da Teixeira 1
    20/02/2020 14:41

    Ontem morreu um ícone do cinema de terror tupiniquim, José Mojica Marins, o famoso Zé do Caixão, tão famoso, que em 1970, a população brasileira emprestou seu pseudônimo ao VW 4 portas, recém lançado no mercado de automóveis, por se parecer com um caixão funerário. O "Pois é" de 4 portas veio primeiro, seguido da perua VW Variant e da VW TL, um hatchback. Sem dúvida muitas novidades nessa época de crescimento industrial no governo militar. Saudades dessa época onde só os ...

  • João da Teixeira 2
    20/02/2020 14:41

    ...Saudades dessa época onde quem detestava, eram só os politicos bandidos de hoje, os vagabundos da mídia e parte dos artistas de esquerda que mamavam nas tetas do governo socialista de tempos atrás . Esse parasitismo entre governo de esquerda, parte da mídia escrita e falada e artistas eram interessantes, pois todos mamavem nas tetas do governo, onde todos tinham "rabo de palha" e ninguém botava fogo no "rabo" do outro. Todos se beneficiando do dinheuro em detrimento do povo

  • Marco da Macaca
    20/02/2020 14:40

    Nosso técnico interino, Fábio Moreno, deixa apenas uma dúvida no time da Macaca para o próximo jogo: Vinícius Zanocelo, Felipe Saraiva ou Bruno Rodrigues. Um deles ficará no banco no sábado. 4-3-3 ou 4-4-2?

  • TIO LEI - I
    20/02/2020 14:40

    Caro Ari. Esse é o nosso problema. Sempre nos pedindo para "dar tempo ao tempo". No atual estagio, não temos "tempo" para isso, temos que ter alguem que realmente venha para fazer a diferença.Claro que o PONTE PRETANO gosta e torce pelo não menos PONTE PRETANO Brigati, mas mais uma vez estamos contratando alguem que vem como "aposta". Como você bem o disse: Vamos ver qual o estágio que ele se encontra ... qual o seu "aprendizado pelas terras do nordeste ...

« Anterior : [ 1 ] 2 : Próxima »
Confiram as Postagens Anteriores:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14 
 

Jornalista esportivo há 40 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.

Fale comigo